PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) Homem de 42 anos se queixa de sonolência excessiva que está interferindo na sua capacidade de trabalho. Ele trabalha em uma fábrica com revezamento em turnos e passa por três turnos durante o ciclo de 4 semanas: durante a manhã (07:00 - 15:00 h), tarde (15:00 - 23:00 h) e noite (23:00 - 07:00 h). Ele percebe que o problema fica mais grave quando está no turno da noite. Adormeceu duas vezes no trabalho. Embora não tenha ocorrido nenhum acidente, foi ameaçado de perder o emprego se dormisse novamente. Seu horário preferido de sono é das 22:00 horas às 06:00 horas; entretanto, mesmo quando ele trabalha nos turnos durante o dia, ele só dorme das 22:00 - 22:30, aproximadamente, até às 05:30. Entretanto, percebe que está totalmente funcional no trabalho durante os turnos da manhã e da tarde. Após os turnos noturnos, ele tem dificuldade em dormir quando volta para casa, e, com frequência, só consegue dormir às 10:00 h ou mais tarde, e acorda aproximadamente às 15:00 h, quando as crianças chegam da escola. Toma cerca de duas xícaras de café por dia e procura evitar ultrapassar essa quantidade. Ele não ronca e o seu índice de massa corporal é de 21,3 kg/m2 . Todas as seguintes abordagens para o tratamento desse homem. São razoáveis, EXCETO:

A. Evitar uma luz forte pela manhã, após o seu turno de trabalho
B. Fazer exercício no inicio da noite, antes de ir ao trabalho
C. Melatonina, 3 mg ao deitar pela manhã após um turno noturno
D. Modafinila, 200 mg 30 a 60 minutos antes de iniciar o turno
E. Cochilo estratégico que não deve ultrapassar mais de 20 minutos durante os intervalos no trabalho.

    

 

2) Sobre o agente etiologico da dengue e CORRETO afirmar que:

A. é um virus que pertence a familia arbovirus, genero Flaviviridae
B. e composto de uma espiral dupla de DNA
C. possui 16 serotipos
D. e transmitido por mosquitos da espécie Anopheles
E. nenhuma das acima

    

 

3) Pra comprovar a replicação viral do vírus da hepatite B podemos utilizar como métodos:
(I) identificação do antígeno do nucleocapsídeo viral no tecido hepático
(II) detecção do DNA-HBV por PCR qualitativa
(III) detecção do anticorpo anti-HBc IgG no soro
(IV) detecção de anticorpo anti-HBe no soro
São CORRETAS:

A. apenas I e IV
B. apenas I
C. apenas I e II
D. apenas II e III
E. apenas I, II e III

    

 

4) Em caso de anemia falciforme pode reduzir a polimerização da hemoglobina S:

A. a velocidade baixa do sangue capilar
B. o aumento de hemoglobina F
C. a liberação de hemoglobina livre na plasma
D. a contaminação com Plasmodium malariae
E. o fenômeno de auto-esplenectomia

    

 

5) No organismo, o ferro armazenado alcança, em relação ao ferro total, um percentagem de:

A. 0,5%
B. 5%
C. 12%
D. 45%
E. 25%

    

 

6) Todas as seguintes afirmativas acerca da patogenia da sepse e do choque séptico são verdadeiras, EXCETO:

A. As hemoculturas são positivas em apenas 20 a 40% dos casos de sepse grave
B. Não há necessidade de invasão microbiana da corrente sanguínea para o desenvolvimento de sepse grave
C. Os níveis séricos de TNF-alfa estão diminuídos em pacientes com sepse grave ou choque séptico
D. A característica fundamental do choque séptico consiste em acentuada redução da resistência vascular periférica, que ocorre apesar dos níveis plasmáticos elevados de catecolaminas
E. Ocorre lesão endotelial vascular disseminada na sepse grave, mediada por citocinas e fatores procoagulantes que estimulam a trombose intravascular.

    

 

7) A tireóide pode concentrar os seguintes íons, EXCETO:

A. perclorato
B. nitrito
C. tiocianato
D. tecnécio
E. fluoreto

    

 

8) Homem de 70 anos, desenvolve quadro de febre, tosse com expectoração amarelada, dispnéia e diarréia. Considerando que ele é fumante, não conta história de perda de consciência ou alcoolismo, qual o agente etiológico mais provável para sua infecção?

A. Klebsiella pneumoniae
B. Anaeróbios
C. Haemophillus influenzae
D. Pseudomonas aeruginoosa
E. Mycoplasma pneumoniae

    

 

9) Os seguintes agentes infecciosos podem estar envolvidos na gênese das doenças linfoproliferativas:

A. HIV, BK, H.pylori
B. HTLV-1, BK, virus Epstein Barr
C. VHC, HIV, Leishmania donovani
D. Vírus Epstein Barr, HTLV-1, H pylori
E. HIV, Leishimania donovani, vírus Epstein Barr

    

 

10) Mulher de 30 anos procura ambulatório de clínica geral com queixa de dor em punhos e joelhos há 5 meses, cansaço aos esforços há 4 meses, dor em hemitórax esquerdo que piora com a respiração há 1 mês e inchaço de rosto e pernas nos últimos dias. Encontra-se descorada, ictérica, com eritema em região malar, pressão arterial de 150 / 90 mmHg, pulso de 100 bpm, atrito pleural esquerdo, artrite de joelhos e edema de pálpebras e pernas. Os exames mostram hemoglobina de 8,5 g/dL, VCM de 85 fL, creatinina de 2,1 mg/dL, aumento marcante de bilirrubina indireta e de desidrogenase lática, além de hematúria e proteinúria de 2,3 gramas em 24 horas.
Espera-se encontrar nesta paciente as seguintes alterações laboratoriais, EXCETO:

A. hipergamaglobulinemia policlonal.
B. anticorpo antiácido desoxirribonucleico.
C. redução do nível sérico de complemento.
D. anticorpo anti-mitocôndria.
E. teste de Coombs direto positivo.

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) A terapia com bomba de compressão pneumática é outro método efetivo para reduzir o volume do membro com linfedema:

A. o princípio é similar ao da drenagem linfática
B. usa uma camera hiperbarica com inclinação de 15 graus
C. nunca precisa de hospitalização
D. a insuficiencia renal o cardiaca e terminamente contraindicada
E. ao término do procedimento, o membro é envolvido com uma faixa pouco elástica

    

 

12) Estes receptores das células parietais gástricas são membros da família dos receptores clássicos da proteína G-acoplados ao envoltório transmembrana-7, EXCETO:

A. CCK - A
B. CCK - B
C. o subtipo M3 da família dos receptores muscarínicos
D. os receptores da histamina
E. os receptores da somatostatina

    

 

13) As síndromes paraneoplásicas são manifestações a distância do câncer pulmonar. Qual dos enumerados entra nesta categoria:

A. sindrome opsomioclonica
B. mal estar geral
C. nódulos interdigitais
D. alopecia
E. hemianopsia

    

 

14) Assinale a causa de hipertensão porta que cursa com aumento da resistência ao fluxo pós-hepático:

A. Trombose da veia porta
B. Hemocromatose
C. Síndrome de Budd-Chiari
D. Hepatite alcoólica
E. Esquistossomose

    

 

15) No tratamento da pancreatite aguda:

A. não é necessária uma via alternativa de nutrição
B. não há beneficio nenhum em aplicar antibioticoprofilaxia aos pacientes com pancreatite aguda
C. o uso da sonda Swan Ganz é util para avaliar os resultados da reposição liquidiana
D. a diálise peritoneal é toda vez necessaria quando a evolução da pancreatite e grave
E. tem contraindicação absoluta a administração de antiácidos, antagonistas dos receptores H2, ou inibidores da bomba de prótons

    

 

16) Morfologia aneurismática mais comum:

A. lobulado, com varias tráveas entre quais alojam-se coagulos e ateromas
B. saculares, com degeneração aneurismática afetando somente parte da circunferência arterial
C. piriforme, com alargamento elipsoidal
D. aciniforme, em forma de cacho, especialmente aqueles complicadas com trombose
E. fusiforme, com alargamento circunferencial simétrico

    

 

17) A maioria dos pacientes com tecido pancreático ectópico se apresentam com sintomas similares aos de uma doença ulcerosa péptica. O sintoma de apresentação mais comum e:

A. dor abdominal
B. desconforto epigástrico
C. náuseas
D. sangramento
E. vómitos

    

 

18) Há duas opções cirúrgicas para a insuficiência mitral: o reparo valvular mitral ou a troca valvular mitral. A decisão final sobre qual destas opções empregar é feita em função de/da:

A. fração de ejeção ventricular esquerda
B. diâmetro diastólico final (DDF) ventricular esquerdo
C. presença da sintomatologia respiratoria
D. idade do paciente
E. intra-operatório, após a inspeção valvular

    

 

19) Quais as alterações metabólicas que podem ser observadas durante uma cirurgia eletiva?

A. diminuição do cortisol com mobilização dos ácidos graxos do fígado
B. elevação dos níveis plasmáticos das interleucinas e redução dos níveis de glucagon
C. estímulo da síntese protéica muscular por ação direta da noradrenalina
D. redução da aldosterona e hormônio antidiurético
E. elevação dos níveis de cortisol, glicogenólise e gliconeogênese

    

 

20) Qual situação associada está relacionada com alto risco de ruptura de aneurisma aórtico abdominal?

A. Diâmetro de 7 cm, expansão de 0,7 cm/ano e sexo feminino
B. Expansão de 0,3 cm/ano, tabagismo moderado e sexo masculino
C. Diâmetro de 4 cm, expansão de 0,6 cm/ano e sexo masculino
D. Diâmetro de 6 cm, expansão de 0,4 cm/ano e sexo masculino
E. Diâmetro de 5 cm, expansão de 0,5 cm/ano e sexo feminino.

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) Quanto ao aleitamento materno é CORRETO afirmar que:

A. o aleitamento materno exclusivo deve ser mantido até quatro a seis meses de idade. pois a partir desta data a criança necessita de aporte protéico só atingido completando-se a dieta com leite de vaca
B. a partir dos seis meses de idade deve-se iniciar o processo de desmame lento e gradual das crianças em aleitamento exclusivo, pois se torna necessário aporte calórico só alcançado oferecendo-se um alimento de maior aporte calórico.
C. as crianças em aleitamento materno exclusivo até seis meses devem sempre receber complemento de vitamina D e ferro a partir do segundo ou terceiro mês de vida, pois o leite materno não garante um aporte adequado desses nutrientes.
D. nas crianças em aleitamento materno exclusivo não se deve retardar o início do desmame após o sexto mês de vida, porque isto dificulta a introdução de alimentos salgados e/ou semi-sólidos.
E. crianças com baixo peso ao nascimento devem sempre receber complemento de leite de vaca, pois o leite materno exclusivo poderia impedir a recuperação de seu crescimento estatural.

    

 

22) Qual dos seguintes depende do hormônio tireoidiano?

A. crescimento somático
B. crescimento ósseo
C. erupção dentária
D. desenvolvimento mental
E. todas as alternativas

    

 

23) O achado de onda T positiva em todas as derivações precordiais em uma criança de 1 mês de vida pode ser sinal de:

A. Sobrecarga ventricular direita
B. Sobrecarga ventricular esquerda
C. Sobrecarga atrial esquerda
D. Sobrecarga atrial direita
E. É o padrão mais frequente de normalidade nesta idade.

    

 

24) Qual é a via de absorção mais eficaz e de eleição para a adrenalina na anafilaxia?

A. IM (músculo deltoide)
B. EV (acesso periférico)
C. IO (tíbia)
D. EV (acesso central)
E. IM (músculo vasto lateral da coxa)

    

 

25) O diagnóstico diferencial de anafilaxia deve ser feito com a:

A. mastocitose sistêmica
B. reação vasovagal
C. angioedema hereditário
D. feocromocitoma
E. escromboidismo

    

 

26) Sobre a tetralogia Fallot é CORRETO afirmar:

A. a comunicação interventricular é, na maioria dos casos, restritiva
B. é muito associada com a síndrome de Turner e de Klinefelter
C. o hipocratismo digital é um sinal patognomonico
D. depois de dois anos de idade pode ser causa de episódios cianóticos
E. pode retardar o crescimento e desenvolvimento

    

 

27) O tratamento da apendicite aguda não é diferente daquele dispensado aos adultos. Entretanto, há uma importante diferença que reside:

A. no uso da antibioticoterapia
B. na duração da alimentação parenteral pós-operatória
C. no tipo de fio cirúrgico utilizado
D. no tipo de anestesia utilizada
E. na escolha da incisão cirúrgica

    

 

28) Recém-nascido de termo e peso de nascimento 2500g, é trazido ao serviço médico aos 20 dias de idade, com história de choro à manipulação desde o quarto dia de vida. Sua mãe, com 17 anos de idade, não fez pré-natal. Ao exame físico o recém-nascido mostrava-se em regular estado geral, com palidez cutâneo-mucosa, fígado palpável a 4cm do rebordo costal direito e baço palpável a 2,5 cm abaixo do rebordo costal esquerdo. Radiografia de ossos longos revela lesões periostais no úmero, bilateralmente. O diagnóstico provável é:

A. rubéola congênita
B. raquitismo
C. osteomielite por Staphylococcus aureus
D. toxoplasmose
E. lues congênita

    

 

29) A transmissão do agente etiológico da coqueluche se dá através da:

A. gotículas de secreção da orofaringe eliminadas durante a fala, a tosse e o espirro
B. via fecal-oral, podendo ocorrer também por via respiratória
C. inalação das formas leveduriformes do ambiente
D. contato direto pessoa a pessoa, pela via fecal-oral (mais frequentemente), por objetos, alimentos e água contaminados com fezes de doentes ou portadores
E. objetos contaminados com secreções de vesículas e membranas mucosas de pacientes infectados

    

 

30) Adolescente chega ao consultório para atualização do esquema vacinal. A última vacina que recebeu foi aos 6 anos de idade, a DPT. Das viroses comuns da infância teve somente varicela. A indicação é de:

A. 3 doses de DT, 3 doses de hepatite B, 2 doses de hepatite A, reforço da tríplice viral
B. reforço de DT, 3 doses de hepatite B, 2 doses de hepatite A, reforço da tríplice viral
C. reforço de DT, 3 doses de hepatite B, 2 doses de hepatite A, reforço da tríplice viral, reforço da Sabin
D. reforço de DT, 2 doses de hepatite B, 3 doses de hepatite A, reforço da tríplice viral
E. 3 doses de DT, reforço de hepatite B, 2 doses de tríplice viral

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) Sobre o trabalho de parto são VERDADEIRAS as afirmações:

I) o numero das contrações e um dos principais parâmetros pelos que o medico vai se orientar, para decidir se esta ou não frente a um parto
II) e a dilatação for inferior do 4 cm e o feto e a mãe estão bem, pode mandar a grávida para casa
III) a episiotomia medial direita e universalmente indicada no trabalho de parto
IV) a analgesia influencia negativamente o parto, por isso, é evitada de muito obstetras

São verdadeiras:

A. há uma resposta correta
B. há duas respostas corretas
C. ha tres respostas corretas
D. não há resposta correta
E. todas as respostas são corretas

    

 

32) Mulher gestante com diagnóstico de linfogranuloma venéreo é mais bem tratada com:

A. ciprofloxacino.
B. eritromicina.
C. tianfenicol.
D. sultametoxazol / trimetoprim.
E. penicilina benzatina.

    

 

33) Hemorragia na primeira metade de gestação pode ser causada pela:

I) mola hidatiforme
II) gravidez ectopica
III) aborto
IV) placenta praevia

São verdadeiras:

A. I, II, III, IV
B. I, II, III
C. II, III, IV
D. I, III, IV
E. apenas IV

    

 

34) Sobre o tipo II de crescimento intrauterino retardado é CORRETO afirmar que:

I) o prognostico desfavorável reside em inexistência de um tratamento eficaz
II) mecanismos de adaptação da circulação fetal são acionados no sentido de poupar órgãos mais nobres
III) é a mais frequente forma de CIUR
IV) o perímetro cefálico é nitidamente abaixo do esperado

São verdadeiras:

A. apenas II
B. I, II e III
C. III e IV
D. I e IV
E. II e III

    

 

35) A mais encontrada doença dos seios é:

A. o papiloma intraductal
B. a displasia mamar
C. o tumor filóide
D. o fibroadenoma
E. a mastodinia

    

 

36) Entre os exames paraclinicos abaixo de maior utilidade para o diagnostico de descolamento de placenta é:

A. um exame de urina que mostra proteinuria (albuminuria)
B. área linear ou bicôncava, bem delimitada e sem eco na ultrassonografia
C. o teste do Kleihauer positivo
D. modificações do liquido amniótico na amnioscopia
E. prorrogação do Tempo Quick (protrombina) e Howell (tromboplastina)

    

 

37) Uma grávida está sendo considerada em trabalho de parto se as seguintes condiçoes forem cumpridas:

I) existem contrações uterinas ritmicas cuja frequência e pelo menos 2-5 em 10 minutos
II) quando as contrações Braxton-Hicks viram percebíveis e doloridas
III) os movimentos uterinos podem produzir dilatação do orifício do colo
IV) a pressão intrauterina passa de 50 mm Hg

São verdadeiras:

A. apenas I, II e III
B. apenas I e II
C. apenas I e III
D. apenas II e III
E. apenas II e IV

    

 

38) A localização mais freqüente da gestação ectópica:

A. tubaria proximal
B. intraabdominal
C. tubária ampular
D. tubária istmica
E. angular

    

 

39) Na gravidez ectopica o sintoma mais presente é:

A. Dor abdominal
B. Atraso menstrual
C. Sangramento vaginal
D. Massa anexial dolorosa
E. Mobilização dolorosa do colo uterino

    

 

40) Sobre os pólipos endometriais é CORRETO afirmar:

I) têm baixo potencial de malignidade
II) manifestam-se sintomatico preponderente na menopausa,durante a menacme as sintomas leves sendo mascarados pelo ciclo menstrual
III) a ocorrência na menacme resulta em diminuiçãode receptores estrogênicos e progesteronicos
IV) a sintoma mais comum , tanto na menacme quanto pós-menopausa é a dor hipogástrica

São verdadeiras:

A. I, II, III
B. I e II
C. I e III
D. III e IV
E. apenas II

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) Todas as seguintes afirmativas são verdadeiras sobre os resultados da detonação de um dispositivo nuclear de baixa potência por um grupo terrorista, EXCETO:

A. Após recuperação dos sintomas iniciais à exposição, o paciente continua correndo risco de doença sistêmica por até 6 semanas
B. O tratamento clínico adequado pode modificar a DL50 de aproximadamente 4 a 8 gray (Gy)
C. A mortalidade inicial causada principalmente pelo choque da explosão e lesão térmica
D. A maior parte da taxa de mortalidade total está relacionada com a liberação de partículas alfa e beta
E. Os sistemas hematopoético, gastrintestinal e neurológico estão mais provavelmente acometidos na síndrome aguda da radiação.

    

 

42) Sobre o coeficiénte de fecundidade e FALSO:

A. está relacionado com o tamanho da população
B. e expresso em média de filhos por mulher
C. utiliza o numero de mulheres entre 15 e 49 anos
D. é um coeficiente de natalidade
E. depende de numero de nascidos vivos em determinada área e período

    

 

43) São agravos de notificação compulsória:

A. Cólera, Pneumonia, Dengue, Difteria
B. HIV, leishmaniose visceral, Cólera, Peste
C. Doença de Creutzfeldt-Jakob, Tularemia, Hepatite A, Doença de Chagas Crônica
D. Hantavirose, Febre do Nilo, Tuberculose, Toxoplasmose
E. Leishmaniose tegumentar, Hepatite B, sarampo, dengue

    

 

44) Sobre os estudos observacionais é CORRETO afirmar:

A. não existe nenhuma manipulação do fator de estudo
B. podem ser subdivididos em descritivos e analíticos, mutuamente exclusivos
C. para uma doença cuja freqüencia e história natural e desconhecida os estudos observacionáis descritivos são improprios
D. sempre as amostras são de tipo aleatório
E. para estudar hipóteses o mais apropriado é o estudo tipo descritivo

    

 

45) “A eficácia deste esquema de tratamento no Brasil é elevada (98%). Considerando-se a ocorrência de óbitos e taxa de abandono de 12%, a efetividade cai para 83%, mas continua adequada.” Esse texto foi retirado do guia de vigilância epidemiológica do Ministério da Saúde (2005) sobre o tratamento da tuberculose. O que se entende por eficácia e efetividade de um tratamento medicamentoso?

A. a eficácia significa o resultado do medicamento em condições ideais e a afetividade o resultado do medicamento em condições reais.
B. a efetividade significa a eficiência menos os casos que abandonaram do tratamento
C. a eficácia depende da aderência do tratamento, enquanto a efetividade não depende deste fator
D. tanto a eficácia quanto a efetividade dependem da aderência ao tratamento e da quantidade de óbitos causadas por ele
E. se nenhum paciente morrer durante o tratamento, afirmamos que a efetividade foi de 100%.

    

 

46) Criança nascida de parto normal aos 7 meses, aproximadamente, após gestação sem intercorrências. A mãe apresentou descolamento prematuro de placenta, chegando ao hospital em choque. A criança faleceu 1 hora após o nascimento. Com relação ao preenchimento da declaração de óbito da criança, pode-se afirmar que a causa básica e a terminal são, respectivamente:

A. descolamento prematuro de placenta e choque hemorrágico
B. descolamento prematuro de placenta e anóxia
C. anóxia e descolamento prematuro de placenta
D. anóxia e choque hemorrágico
E. anóxia e anóxia neonatal

    

 

47) Em Medicina do Trabalho, Número de acidentes de trabalho fatais/Número de acidentes de trabalho ocorridos×100 é um indicador de:

A. densidade de incidência
B. coeficiente de mortalidade
C. coeficiente de prevalência
D. coeficiente de gravidade
E. incidência acumulada

    

 

48) Um estudo epidemiológico foi realizado para investigar possíveis fatores de risco ou de proteção para doença ulcerosa péptica em etilistas inveterados com idade entre 28 e 35 anos. Foram entrevistados 191 etilistas entre 28 e 35 anos de idade, cuja endoscopia digestiva alta indicava doença ulcerosa péptica, assim como 301 não etilistas na mesma faixa etária sem doença ulcerosa péptica. Este é um exemplo de:

A. estudo de corte transversal
B. estudo de coorte retrospectivo
C. estudo de coorte prospectivo
D. ensaio clínico controlado
E. estudo caso-controle

    

 

49) Um paciente solicita ao seu médico, por telefone um atestado para justificar sua falta ao trabalho. Sabendo-se que o paciente estava, de fato, doente o médico forneceu-lhe o atestado sem o ter examinado, pergunta-se:

A. O atestado é válido mais o ato médico é anti ético
B. O atestado é válido e legal e o ato médico é ético
C. O atestado é válido mais ilegal, embora o ato médico seja ético
D. O atestado é válido e legal, mas o ato médico é anti ético
E. O atestado não é válido porquê é ilegal, além de ser anti ético

    

 

50) O Piso de Atenção Basica e calculado do modo seguinte:

A. pontuação estabelecida conforme o numero dos atendimentos no ambulatorio e hospital, cada ponto representando uma quantia financeira estabelecida pelo Ministerio da Saúde
B. participação dos convenios mediante cadastramento da população dos municipios que repassem os fundos municipais em função do numero das pessoas desfavorecidas e natalidade no tal territorio
C. separação dos fundos em 'per capita' e 'per serviço', os fundos sendo repartizados pela gestão de um plano nacional de assitencia medica direto ás instituçoes sanitarias, sejam elas consultorios medicos ou hospitais
D. percentual, em função do nivel economico do respetivo municipio, levando em consideração a contribuição local dos impostos no Fundo Nacional da Saúde
E. multiplicação de um valor per capita nacional pela população de cada município

    

 

 

SAIR