"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (383019 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
Sobre o traumatismo esplênico, é INCORRETO:
A. Devemos evitar a esplenectomia, principalmente em crianças pelo risco de sepse por germes encapsulados que ocorre em até 1% dos casos
B. As rafias esplênicas devem ser evitadas nos traumas penetrantes pelo alto índice de infecção.
C. No trauma fechado, as indicações de laparotomia se restringem à minoria dos casos.
D. Nas lesões grau 4 e 5 de tratamento cirúrgico, a esplenectomia é a operação mais realizada
E. A observação em unidade de terapia intensiva nas primeiras 24 horas é mandatória no tratamento conservador.

  RATING: 3.23

Sobre o traumatismo esplênico, é INCORRETO:

A. Devemos evitar a esplenectomia, principalmente em crianças pelo risco de sepse por germes encapsulados que ocorre em até 1% dos casos
CORRETO: È estimado um aumento de oitenta vezes na incidência de sepse por germes encapsulados em pacientes esplenectomizados, comparativamente à da população normal, chegando a ocorrer em 0,3 a 2,3% dos pacientes, principalmente no grupo pediátrico.
B. As rafias esplênicas devem ser evitadas nos traumas penetrantes pelo alto índice de infecção.
INCORRETO : A condução do trauma esplênico deve considerar o paciente como um todo, em seus aspectos fisiológicos e de comorbidades. As decisões são diferenciadas em adultos e crianças. Em trauma pediátrico, recomenda-se com nível 2B que o baço deva ser preservado mesmo que parcialmente, e o tratamento não operatório deve ser tentado mesmo frente a pacientes com traumatismo cranioencefálico ou raquiemdular associados. Em adultos, na falha do tratamento não operatório a esplenectomia está indicada, sendo esta ainda hoje praticada em 24% a 35% dos pacientes, onde em apenas 1% a 6% se pratica a rafia do baço.
C. No trauma fechado, as indicações de laparotomia se restringem à minoria dos casos.
CORRETO : Na grande maioria das vezes, as lesões contusas podem ser tratadas de forma não cirúrgica (70% em adultos e 90% em crianças).
D. Nas lesões grau 4 e 5 de tratamento cirúrgico, a esplenectomia é a operação mais realizada
CORRETO : Nas formas mais graves de graus IV e V (Grau IV - Laceração: envolve vasos segmentares ou hilares,com desvascularização >25%.Grau V - Laceração: dilaceração completa- Vascular: lesão hilar com desvascularização), apesar das tentativas de preservação do baço serem válidas em pacientes estáveis, só tem sucesso em 18% dos casos e na maioria das vezes a esplenectomia se impõe.
E. A observação em unidade de terapia intensiva nas primeiras 24 horas é mandatória no tratamento conservador.
CORRETO : No tratamento conservador não cirúrgico, o paciente deve permanecer em observação na unidade de terapia intensiva de 24 a 48 horas, com controle dos parâmetros vitais, hematócrito e exame físico seriados.

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.23)
DISCURSIVA: (87422 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
A adolescência é uma verdadeira e autêntica fase evolutiva do ser humano e que deve ser considerada desde os vértices biológico, social e psicológico. Nessa fase, o indivíduo adota comportamentos considerados anormais ou patológicos em outras fases do desenvolvimento, o que caracteriza o que se denomina de síndrome de adolescência normal.  Para que alcance a identidade adulta o adolescente passa por três perdas fundamentais deste período evolutivo. Pede-se:
1) Cite as três perdas fundamentais por que passa o adolescente. - 0,1875 pontos
2) Cite cinco características de comportamento do adolescente que fazem parte da síndrome da adolescência normal. - 0,3125 pontos

RATING: 3.66

A adolescência é uma verdadeira e autêntica fase evolutiva do ser humano e que deve ser considerada desde os vértices biológico, social e psicológico. Nessa fase, o indivíduo adota comportamentos considerados anormais ou patológicos em outras fases do desenvolvimento, o que caracteriza o que se denomina de síndrome de adolescência normal.  Para que alcance a identidade adulta o adolescente passa por três perdas fundamentais deste período evolutivo. Pede-se:
1) Cite as três perdas fundamentais por que passa o adolescente. - 0,1875 pontos
2) Cite cinco características de comportamento do adolescente que fazem parte da síndrome da adolescência normal. - 0,3125 pontos

1) Cite as três perdas fundamentais por que passa o adolescente.
Perda do corpo infantil (0,0625 p); Perda dos pais da infância (0,0625 p); perda da identidade e do papel infantil (0,0625 p).

2) Cite cinco características de comportamento do adolescente que fazem parte da síndrome da adolescência normal. 

DEVE CITAR CINCO DAS DEZ ELENCADAS ABAIXO:  (0,0625 p de cada uma correta)
busca de si mesmo e da identidade adulta;

Tendência grupal;

  1. necessidade de intelectualizar e fantasiar;
  2. crises religiosas;
  3. deslocação temporal;
  4. evolução sexual desde o auto-erotismo até a heterossexualidade;
  5. atitude social reivindicatória;
  6. contradições sucessivas em todas as manifestações da contuta;
  7. separação progressiva dos pais;
  8. constantes flutuações do humor e do estado de ânimo.

FONTE:
Medicina do adolescente. Venorica Coates et al. Editora Sarvier, 1a Edição, 1993. p. 30-34.

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.66)

CASO CLINICO: (92373 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Um homem de 42 anos foi vítima de agressão com golpe deferido com uma pedra contra a parte lateral de sua cabeça durante uma violenta briga à saída de uma boate. De acordo com amigos que presenciaram o evento, o paciente imediatamente perdeu a consciência e ficou desacordado por cerca de 20 minutos. O paciente foi trazido até a emergência, onde permaneceu internado aguardando a realização de tomografia computadorizada (TC) de crânio, pois o técnico da TC estava atrasado. Os exames realizados foram hemograma, glicemia, eletrólitos e radiografia de crânio. Três horas após o paciente evoluiu novamente com rebaixamento do nível de consciência, anisocoria (D>E) e fez um episódio convulsivo. Foi intubado, ventilado e transportado até a radiologia, onde foi submetido à TC de crânio:

PERGUNTA-SE:
a) Qual o diagnóstico? (0,1 pontos)
b) Quais as principais alterações encontradas na TC de crânio? (0,2 pontos)
c) O que você esperaria encontrar na radiografia realizada na Emergência? (0,1 pontos)
d) Qual a possível complicação que o paciente está desenvolvendo? (0,1 pontos)


RATING: 2.99

a) Qual o diagnóstico?
Hematoma extradural agudo. (0,1 p)
b) Quais as principais alterações encontradas na TC de crânio?
Imagem lenticular hiperdensa. (0,1 p) Desvio das estruturas da linha média. (0,1 p)
c) O que você esperaria encontrar na radiografia realizada na Emergência?
Fratura linear do osso temporal. (0,1 p)
d) Qual a possível complicação que o paciente está desenvolvendo?
Herniação do uncus. (0,1 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.99)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.