"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (382984 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
Todos os seguintes agentes químicos de terrorismo estão corretamente identificados pelo seu mecanismo dele EXCETO:
A. Arsina — asfixiante
B. Gás cloro - lesão pulmonar
C. Cloreto de cianogênio — agente neural
D. Gás mostarda — vesicante
E. Sarin — agente neural

  RATING: 0

Todos os seguintes agentes químicos de terrorismo estão corretamente identificados pelo seu mecanismo dele EXCETO:

A. Arsina — asfixiante
INCORRETO: A arsina é um gás extremamente tóxico. Por ser um poderoso agente redutor, possui grande afinidade pela hemoglobina de sangue. Os primeiros sintomas de intoxicação ocorrem relativamente rápido e podem iniciar em uma ou duas horas após a exposição. O primeiro sintoma de envenenamento por arsina é a mudança da cor da urina para vermelho escuro. Outros sintomas que podem aparecer até um ou dois dias depois da exposição são: indisposição, mal-estar, forte dor de cabeça. Vertigem, náusea, vômito, diarréia, dor nos rins e fígado, icterícia e anemia. A inalação de grandes quantidades de arsina, causa uma forte hemólise intravascular, algumas vezes várias horas após a exposição. Estes sintomas podem persistir por vários dias e levar a uma insuficiência muscular e uma tubulopatia anúrica aguda. Outros sintomas são de uma intensa descoloração da pele e distúrbios gástricos. A exposição a uma concentração de 10 ppm durante uma hora é letal. Em testes de laboratório, uma exposição prolongada de animais e baixas concentrações de arsina produziu uma destruição compensada das células vermelhas, que gradativamente se deteriorou a um nível estacionário de anemia. Os danos em outros órgãos foram muito pequenos. A repetida exposição a baixas concentrações pode ter efeitos cumulativos resultando em um grave envenenamento.
B. Gás cloro - lesão pulmonar
INCORRETO : Gás cloro, cloreto de hidrogênio, óxido de nitrogênio e fosgênio são os agentes comuns que causam principalmente lesão pulmonar e síndrome do desconforto respiratório agudo.
C. Cloreto de cianogênio — agente neural
CORRETO : Os agentes químicos foram usados pela primeira vez na guerra moderna durante a I Guerra Mundial, quando os agentes químicos foram responsáveis por milhão de vitimas. Desde então, os agentes químicos têm sido usados durante a guerra e para bioterrorismo, porém a maioria desses agentes tem uma taxa de mortalidade associada bastante baixa. Em geral, os agentes químicos São classificados em uma de cinco categorias: agentes neurais asfixiantes, causadores de lesão pulmonar, vesicantes e causadores de alteração comportamental ou incapacitantes. O asfixiante mais comum é o cianeto, que é liberado por meio do cloreto de cianogênio ou cianeto de hidrogênio.
D. Gás mostarda — vesicante
INCORRETO : Os vesicantes incluem gás mostarda e oxima de fosgênio, enquanto o agente 15/BZ é a principal substancia química que causa alterações comportamentais ou incapacitação.
E. Sarin — agente neural
INCORRETO : Os agentes neurais incluem sarin ciclo-hexil, sarin, soman, tabun e VX, e em grande parte exercem seus efeitos por meio da inibição da acetilcolinesterase.

Gabarito:  C

AVALIE ESSA QUESTÃO: (0)
DISCURSIVA: (87421 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
1) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal? (0,21875 pontos)
2) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia supraventricular? (0,25 pontos)
3) O que é a taquicardia supraventricular com condução anormal ou aberrante? (0.03125 pontos)

RATING: 3.06

1) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal? (0,21875 pontos)
2) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia supraventricular? (0,25 pontos)
3) O que é a taquicardia supraventricular com condução anormal ou aberrante? (0.03125 pontos)

1) As alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal incluem:
- A frequência cardíaca é geralmente < 220 bpm em lactentes (0.03125 p), < 180 bpm em crianças (0.03125 p).
- As ondas P estão presentes com aparência normal (0.03125 p).
- O intervalo PR é constante (0.03125 p) e apresenta duração normal para a idade. (0.03125 p)
- O intervalo R-R é variável. (0.03125 p)
- O complexo QRS é estreito. (0.03125 p)

2) Resultados de ECG típicos em pacientes com TPSV incluem:
- A frequência cardíaca é geralmente > 220 bpm em recém-nascidos (0.03125 p), > 180 bpm em crianças (0.03125 p), e não existe variabilidade batimento a batimento.
- Ondas P estão ausentes (0.03125 p) ou anormais (0.03125 p).
- O intervalo PR pode não estar presente (0.03125 p) ou o intervalo PR é curto (0.03125 p), com taquicardia atrial ectópica.
- O intervalo R-R é geralmente constante. (0.03125 p)
- O complexo QRS é geralmente estreito. (0.03125 p)

3) Atraso na condução ao longo do sistema ventricular pode conduzir a um aspecto de taquicardia com complexo alargado, conhecida como TPSV com condução anormal ou aberrante. (0.03125 p)

FONTE:
Urgências e emergências em pediatria geral : Hospital Universitário da Universidade de São Paulo / editores Alfredo Elias Gilio... [et al.]. -- São Paulo : Editora Atheneu, 2015. Outros editores: Sandra Grisi, Albert Bousso, Milena De Paulis (pagina 137)

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.06)

CASO CLINICO: (92371 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
AJA, dois dias de vida, masculino, branco, natural de Cáceres-MT. Informante a mãe.

Queixa Principal: gemência e dificuldade respiratória.

HDA: RN de 1.630 g, 32 semanas de idade gestacional, mãe com 25 anos, segunda gestação. Trabalho espontâneo de parto com nascimento de RN pré-termo, Apgar: 6 e 8 (10 e 50 min).

Evoluiu com leve desconforto respiratório logo após o nascimento, sendo colocado em incubadora aquecida e oxigenoterapia a 3 litros por minuto na própria incubadora. Com 4 horas de vida a FR era de 72 irpm, com retrações e gemência, sendo o RN transferido para a UTI neonatal. HPF: Mãe com saúde, 25 anos. Pai com 29 anos com saúde. HGP: Gesta 2/Para 2. Na primeira gestação recém-nascido com 30 semanas e 1.430g, falecendo com 24 horas de vida por distúrbio respiratório.
Exame Físico: Peso: 1.630g, Comprimento: 41 cm, FC: 156 bpm, FR: 72 irpm, Tax: 36,50  C. Retração esternal, gemência, cianose de extremidades e distúrbio de perfusão. Evolução: radiografia de tórax mostrou padrão reticulo-granular com broncograma aéreo visível em ambas as bases.

Foi instalado um cateter em artéria umbilical e colhido sangue para exames. Gasometria Arterial mostrou pH: 7,10 – PO2: 38 mmHg-PCO2: 72 mmHg – HCO3: 13 mEq/l.

A pressão arterial era de 45/25 mmHg. Hematócrito de 37%, cálcio de 7,5 mg/dl e glicemia de 60 mg/dl.

1) Qual a primeira hipótese diagnóstica e justifique citando quatro achados da história que fazem pensar neste diagnóstico. - 0,125 pontos
2) Cite quatro diagnósticos diferenciais mais importantes. - 0,125 pontos
3) Interprete o resultado da Gasometria. - 0,125 pontos
4) Qual a conduta neste caso? - 0,125 pontos




RATING: 3.05

  1. Doença da membrana hialina (0,025 p), prematuridade (0,025 p), dificuldade respiratória logo após o nascimento (0,025 p), dificuldade respiratória crescente (0,025 p), radiografia com padrão característico retículo-granular. (0,025 p)
  2. Pneumonia intra-uterina, taquipnéia transitória neonatal, cardiopatia congênita, distúrbio metabólico (aceita-se também pneumotórax). (0,125 p)
  3. Hipóxia e ácidose mista não compensada (0,125 p)
  4. Assistência ventilatória, surfactante exógeno, medidas de suporte como: hidratação com reposição de eletrólitos. (manutenção do equilíbrio hidroeletrolítico e ácido-básico, correção da anemia, manutenção da temperatura corporal, monitorização cardiorespiratória, prevenção de infecções, monitorização dos gases arteriais são medidas corretas para a resposta, mas, a falta destas não  implicará em perda de pontos) 0,125 p

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.05)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.