"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (339397 votos)..........94.94% das questões objetivas receberam votos.
R. M. N. P. 1 ano, feminina, admitida com quadro de febre, tosse, taquipneia com redução do murmúrio vesicular e estertores crepitantes em base pulmonar à direita. A radiografia de tórax apresentava condensação em lobo superior esquerdo e assim, foi iniciada antibioticoterapia com óbvia internação. Evoluiu com piora do quadro, feito nova radiografia de tórax e ultrassonografia de tórax que evidenciou opacificação difusa com apagamento do seio costo-frênico e derrame pleural. Realizado toracocentese com drenagem de liquido citrino e mantido dreno de tórax. No 10° dia de internação, seguiu sem melhora, sendo realizado tomografia de tórax que evidenciou consolidação com áreas cavitadas em lobo superior esquerdo, optado por realizar toracotomia com presença de conteúdo fibropurulento pulmonar difusamente em toda cavidade torácica e necrose em lobo superior com fístula broncopleural.

O quadro acíma sugere o diagnóstico de:
A. pneumonia com Klebsiella spp.
B. pleuresia parapneumonica purulenta
C. sindrome de McLeod
D. fibrose cistica suprainfectada com stafilococo
E. pneumonia necrotizante

  RATING: 2.83

R. M. N. P. 1 ano, feminina, admitida com quadro de febre, tosse, taquipneia com redução do murmúrio vesicular e estertores crepitantes em base pulmonar à direita. A radiografia de tórax apresentava condensação em lobo superior esquerdo e assim, foi iniciada antibioticoterapia com óbvia internação. Evoluiu com piora do quadro, feito nova radiografia de tórax e ultrassonografia de tórax que evidenciou opacificação difusa com apagamento do seio costo-frênico e derrame pleural. Realizado toracocentese com drenagem de liquido citrino e mantido dreno de tórax. No 10° dia de internação, seguiu sem melhora, sendo realizado tomografia de tórax que evidenciou consolidação com áreas cavitadas em lobo superior esquerdo, optado por realizar toracotomia com presença de conteúdo fibropurulento pulmonar difusamente em toda cavidade torácica e necrose em lobo superior com fístula broncopleural.

O quadro acíma sugere o diagnóstico de:

A. pneumonia com Klebsiella spp.
INCORRETO: veja a resposta da alternativa E
B. pleuresia parapneumonica purulenta
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
C. sindrome de McLeod
INCORRETO : A síndrome de Swyer-James-MacLeod, também conhecida como síndrome do pulmão hiperluzente unilateral, trata-se de uma desordem rara ligada à bronquite e bronqueolite obliterante. Foi primeiramente descrita por Swyer e James, no ano de 1953, em um menino de 6 anos de idade e é caracterizada por hipoplasia e/ou agenesia das artérias pulmonares, resultando em hipoperfusão das artérias pulmonares.
D. fibrose cistica suprainfectada com stafilococo
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
E. pneumonia necrotizante
CORRETO : A pneumonia necrotizante é uma complicação rara e grave da pneumonia adquirida na comunidade associada à desvitalização do tecido pulmonar durante a infecção e aparecimento subsequente de focos de necrose em áreas consolidadas.
Apesar de rara, é de fundamental importância no diagnóstico diferencial de pneumonias de maior gravidade, sendo que seu reconhecimento precoce e tratamento estão associados a diminuição de morbimortalidade.

Gabarito:  E

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.83)
DISCURSIVA: (79875 votos) ..........99.06% das questões discursivas receberam votos.
Responda ás seguintes questões:
1) Qual é a causa mais comum de dor de ouvido na criança pequena? (0,25 pontos)
2) O que é a miringite bolhosa e como é feito o diagnostico? (0,25 pontos)

RATING: 3.05

Responda ás seguintes questões:
1) Qual é a causa mais comum de dor de ouvido na criança pequena? (0,25 pontos)
2) O que é a miringite bolhosa e como é feito o diagnostico? (0,25 pontos)

1) A otite media aguda, infecção bacteriana ou viral, associando-se a dor (otalgia) e febre. - 0,25 p.
2) É uma infecção da membrana timpanica cuja caracteristica é a formação de bolhas na sua superficie. Streptococcus pneumoniae, Haemophilus e Mycoplasma são agentes comuns. - 0,25 p

FONTE:
Segredos em emergência pediatrica - Steven M. Selbst MD, Kate Cronan MD

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.05)

CASO CLINICO: (83960 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
E.O.S. , sexo feminino , 3 meses , negra ,natural e procedente de Salvador - BA
QP: tosse e dispnéia há 2 dias
HMA : criança vinha bem quando há 2 dias passou a cursar com tosse seca e desconforto respiratório. Nega febre, vômitos, obstrução nasal ou coriza.. Refere diminuição da ingesta alimentar e irritabilidade neste período. Procurou assistência médica em Unidade de Saúde Leite materno exclusivo até 1 mês. Após esse período foi introduzido Leite Ninho + Cremogema. Recebeu as 2 doses de BCG e Hepatite B, além da 1ª dose de HIB, Polio e DPT. AM : nega alergias,cirurgia, internamentos,acidentes ou episódios de dispnéia anteriores.  Moradia própria com saneamento básico, onde residem 4 pessoas. Renda familiar de R$ 200,00. Em REG e N, afebril, ativa, descorada ++/IV, hidratada, acianótica, anictérica, taquidispnéica com TIC e TSD Peso: 5040 g (p 10-25) FR : 55 ipm FC : 125 bpm. MV rude, com sibilos expiratórios difusos bilaterais, estertores grosseiros, móveis , bilaterais AUSCULTA CV : BRNF em 2T sem sopros ABDÔMEN : plano, flácido, indolor. Fígado palpável a 3cm do RCD. Baço não palpável. RHA presentes. EXTREMIDADES :sem edemas, bem perfundidas.
HEMOGRAMA:
RBC : 4.030.000 Hb: 9,8 g/dL Hct: 27,6% VCM : 79,7 HCM : 28,3 CHCM : 35,5 RDW : 12% Leucograma : 3700 Bt- 2% Seg- 69% Eo - 1% Linf- 26% M-2% 

Pergunta-se:
1) Quais são as principais suspeitas diagnosticas? 0,15 p 2) Indiquem 5 fatores determinantes que contribuem para a deficiência de ferro na infância. 0,2 p 3) Indiquem a esquema terapeutica adequada conforme os diagnosticos feitos no caso apresentado. 0.15 p


RATING: 3.02

1) Suspeitas diagnosticas:

a) Broncoespasmo sec bronquiolite 0,05 p
b) Broncopneumonia 0,05 p
c) Anemia ferropriva 0,05 p

2) Fatores determinantes que contribuem para a deficiência de ferro na infância:

a) Necessidade de ferro para o crescimento 0,04 p
b) Perda sanguínea gastrointestinal 0,04 p
c) Dieta pobre em ferro 0,04 p
d) Limitada capacidade de absorção do ferro da dieta 0,04 p
e) Alta prevalência de parasitose intestinal 0,04 p

3) Esquema de tratamento:

a) aumentar o aporte hídrico 0,05 p
b) hidrocortisona e nebulizações 0,05 p
c) Sulfato Ferroso na dose de 1,5 mg/kg/dia (3 gotas antes do almoço e jantar), além de Protovit 5 gotas 12/12h. 0,05 p

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.02)

 

1128 USUARIOS INSCRITOS

225 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6586 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1529 DE CLINICA, 2947 DE PEDIATRIA, 1272 DE CIRURGIA, 219 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 368 DE SAUDE PUBLICA
106 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 139 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.