"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (377549 votos)..........88.31% das questões objetivas receberam votos.
Das seguintes, qual das doenças evolui mais freqüentemente com pulso paradoxal?
A. Pericardite constritiva
B. Angina estável
C. Insuficiência aórtica
D. Estenose aórtica
E. Bloqueio átrio-ventricular total

  RATING: 2.95

Das seguintes, qual das doenças evolui mais freqüentemente com pulso paradoxal?

A. Pericardite constritiva
CORRETO: Denomina-se pulso paradoxal ao pulso que desaparece ou diminui durante a inspiração. Normalmente, o pulso acelera-se durante a inspiração e é mais lento na expiração, mas sem alteração importante de volume. Apresenta-se na pericardite constrictiva, no derrame pericárdico sob tensão (tamponamento cardíaco), nas obstruções respiratórias altas e em alguns casos de enfisema, em certos casos de miocardiopatia com volume/minuto baixo e, de forma unilateral, na síndrome do escaleno.
B. Angina estável
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
C. Insuficiência aórtica
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
D. Estenose aórtica
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
E. Bloqueio átrio-ventricular total
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.95)
DISCURSIVA: (86882 votos) ..........98.25% das questões discursivas receberam votos.
A síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH) é caracterizada pela secreção contínua ou pelo aumento da atividade do hormônio arginina-vasopressina (A-VP) e responde por 14 a 40% do total de casos de hiponatremia. Está relacionada a uma extensa gama de doenças, terapias medicamentosas e procedimentos cirúrgicos, sendo muitas vezes subdiagnosticada. Referente á essa entidade clinica, respondam ás seguintes questões:
1) Quais são os principais quatro grupos de etiologias do SIADH?
2) Enumeram os criterios diagnosticos essenciais.

RATING: 3.05

A síndrome da secreção inapropriada do hormônio antidiurético (SIADH) é caracterizada pela secreção contínua ou pelo aumento da atividade do hormônio arginina-vasopressina (A-VP) e responde por 14 a 40% do total de casos de hiponatremia. Está relacionada a uma extensa gama de doenças, terapias medicamentosas e procedimentos cirúrgicos, sendo muitas vezes subdiagnosticada. Referente á essa entidade clinica, respondam ás seguintes questões:
1) Quais são os principais quatro grupos de etiologias do SIADH?
2) Enumeram os criterios diagnosticos essenciais.

1) Quais são os principais quatro grupos de etiologias do SIADH?
As principais etiologias podem ser divididas em quatro grupos:
a) neoplasias,(0,0625 pontos)
b) distúrbios do sistema nervoso central (SNC),(0,0625 pontos)
c) doenças pulmonares(0,0625 pontos)
d) uso de medicamentos(0,0625 pontos)

2) Enumeram os critérios diagnósticos essenciais:
Os critérios diagnósticos da SIADH são basicamente os mesmos descritos por Bartter e Schwartz em 1967 e são atualmente divididos em critérios essenciais e suplementares. A questão solicita só os essenciais.
a) Diminuição da osmolalidade efetiva do líquido extra-celular (Posm < 275 mOsm/kg H2O);(0,05 pontos)
b) Concentração urinária inadequada (Uosm > 100 mOsm/kg H2O com função renal normal) para determinado nível de hiposmolaridade;(0,05 pontos)
c) Euvolemia clínica, definida pela ausência de sinais de hipovolemia (ortostase, taquicardia, diminuição do turgor da pele, mucosas secas) ou hipervolemia (edema subcutâneo e ascite);(0,05 pontos)
d) Excreção aumentada de sódio urinário na presença de ingesta adequada de água e sal;(0,05 pontos)
e) Ausência de outras causas de hipoosmolaridade euvolêmica: (hipotireoidismo, hipocortisolismo e utilização de diuréticos (0,05 pontos);

FONTE:
http://www.fcmsantacasasp.edu.br/images/Arquivos_medicos/2012/57_1/08-Artigo%20Original%2011.pdf

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.05)

CASO CLINICO: (91552 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Paciente do sexo masculino, 42 anos de idade, oriundo do município de Itapiranga, SC.Em sua história pregressa narrou que seus exames laboratoriais sempre apresentaram anemia. Seu hemograma apresentou alterações significativas em alguns índices hematimétricos, como pode ser visto abaixo:



 Valores de Referência: ERI= Eritrócitos (4,00 – 6,00 x 106/μL); HCT= Hematócrito (35,0 -60,0%); Hb= Hemoglobina (11,0 – 18,0g/dL); VCM= Volume Corpuscular Médio (80,0 -100,0 fL); HCM= Hemoglobina Celular Média (27,0 – 31,0 pg); CHCM=Concentração de Hemoglobina Corpuscular Média (33,0 – 35,5 g/dL); RDW= Amplitude da Distribuição dos Eritrócitos (11,5 – 14,5%).
No esfregaço, o paciente apresentou: anisocitose, hipocromia, microcitose, policromasia, ponteado basófilo, eliptócito, dacriócito.

Bioquimica: Ferro (μg/dL) 136,0 Ferritina (ng/mL) 1.153,0
Valores de Referência (ferro sérico): Homens – 59,0 a 158,0 μg/dL e Mulheres – 37,0 a 145,0 μg/dL.Valores de Referência (ferritina): Homens – 30,0 a 40,0 ng/mL; Mulheres – 13,0 a 150,0 ng/mL e Crianças (4 meses a 16 anos) – 20,0 a 200,0 ng/mL.

PERGUNTA-SE:

1) Quais são os principais achados que chamam atenção na eritrograma? Justifiquem e caracterizam a eritrograma. (0,35 p)
2) Que importante exame laboratorial está faltando? Qual seria a justificativa? (0,1 p)
3)  Qual é a importância do dosagem da ferritina para esse paciente? (0,05 p)


RATING: 2.97

O paciente de 42 anos do presente caso em estudo apresentou valor de hemoglobina e hematócrito dentro dos valores de referência e no limite inferior, respectivamente. A microcitose (VCM= 65,5 fL) e a hipocromia (HCM = 22,4 pg) chama atenção neste eritrograma. A hipocromia foi difícil de ser visualizada na extensão sanguínea (CHCM =34,2 g/dl), mas ela estava presente porque o HCM está abaixo do valor de referência (27 pg). A hipocromia foi marcada em função do valor do HCM. A anisocitose foi outro achado consistente, pois o RDW foi de 16%. Este eritrograma pode ser classificado como sendo microcítico e hipocrômico e tendo uma população eritrocitária heterogênea. Para dosagem da ferritina pode ser afastada a possibilidade de anemia ferropriva. QUESTÃO 1: A microcitose (VCM= 65,5 fL) e a hipocromia (HCM = 22,4 pg) chamam a atenção neste eritrograma. A hipocromia, difícil de ser visualizada na extensão sanguínea (CHCM =34,2 g/dl), esta presente porque o HCM está abaixo do valor de referência (27 pg). A hipocromia foi marcada em função do valor do HCM.(2 x 0,1 p = 0,2 p) A anisocitose é outro achado consistente, pois o RDW foi de 16%. (0,1 p) O paciente de 42 anos do presente caso em estudo apresentou valor de hemoglobina e hematócrito dentro dos valores de referência e no limite inferior, respectivamente.Este eritrograma pode ser classificado como sendo microcítico e hipocrômico e tendo uma população eritrocitária heterogênea. (0,05 p)
QUESTÃO 2: falta a eletroforese das hemoglobinas, para avaliar a possibilidade de existência de alguma hemoglobinopatia (por exemplo, talassemia). (0,1 p)
QUESTÃO 3: Através do dosagem da ferritina pode ser afastada a possibilidade de anemia ferropriva. (0,05 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.97)

 

1231 USUARIOS INSCRITOS

243 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7323 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1740 DE CLINICA, 3413 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
114 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.