"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (383077 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
Um lactente de três meses, sexo masculino, que nasceu com 3,5 quilos, 52 cm de estatura e perímetro cefálico de 35 cm, deverá apresentar em média, as seguintes medidas:
A. 5,6 quilos, 61 cm de estatura e PC de 41 cm
B. 6,5 quilos, 55,5 cm de estatura e PC de 39 cm
C. 4,5 quilos, 58 cm de estatura e PC de 38 cm
D. 6,5 quilos, 58 cm de estatura e PC de 37 cm
E. 7 quilos, 61 cm de estatura e PC de 43 cm

  RATING: 3.29

Um lactente de três meses, sexo masculino, que nasceu com 3,5 quilos, 52 cm de estatura e perímetro cefálico de 35 cm, deverá apresentar em média, as seguintes medidas:

A. 5,6 quilos, 61 cm de estatura e PC de 41 cm
CORRETO: Fazer as pessoas decorarem cálculos está no mínimo ultrapassado. A ênfase atual é na utilização correta dos gráficos de crescimento que devem estar presentes em todos os prontuários de todos os serviços de saúde que atendem crianças e adolescentes. Com os gráficos, para se saber qualquer valor médio basta procurar o percentil 50 para a idade da criança. Mas, a questão aí está e é necessário respondê-la e comentá-la. A 'decoreba' é a seguinte: o peso aumenta no primeiro trimestre de vida cerca de 700 g por mês. O comprimento (e não a estatura, que se refere a uma medida em pé e que só é feita a partir dos dois anos de idade) cerca de 3cm por mês e o perímetro cefálico 6 cm no primeiro trimestre. Logo, a aritmética é 3,5 + 2,1 = 5,6 kg, 52 + 9 = 61 cm e 35 + 6 = 41 cm.
B. 6,5 quilos, 55,5 cm de estatura e PC de 39 cm
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
C. 4,5 quilos, 58 cm de estatura e PC de 38 cm
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
D. 6,5 quilos, 58 cm de estatura e PC de 37 cm
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
E. 7 quilos, 61 cm de estatura e PC de 43 cm
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.29)
DISCURSIVA: (87424 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
Respondam ás questões seguintes:
1) Quais são os reservatórios de suscetíveis com grande importância para o controle da doença coqueluche? (0,1 pontos)
2) Qual é a faixa etária de maior risco para coqueluche? (0,05 pontos)
3) Quais são os quadros clínicos atípicos da coqueluche? (0,2 pontos)
4) Qual é o aspecto característico frequentemente encontrando no Rx de tórax no paciente com coqueluche? (0,15 pontos)

RATING: 3

Respondam ás questões seguintes:
1) Quais são os reservatórios de suscetíveis com grande importância para o controle da doença coqueluche? (0,1 pontos)
2) Qual é a faixa etária de maior risco para coqueluche? (0,05 pontos)
3) Quais são os quadros clínicos atípicos da coqueluche? (0,2 pontos)
4) Qual é o aspecto característico frequentemente encontrando no Rx de tórax no paciente com coqueluche? (0,15 pontos)

1) Quais são os reservatórios de suscetíveis com grande importância para o controle da doença coqueluche?
R: crianças menores de um ano que ainda não completaram o esquema básico (0,05 p) e adolescentes e adultos que perderam a imunidade (0,05 p) DISCUSSÃO: A vacina (componente pertussis da DTP, seja acelular ou de células inteiras), não confere imunidade completa e permanente. Segundo Jenkinson, a imunidade é completa somente no primeiro ano após a imunização e cai gradualmente com o passar do tempo, tendo ainda 84% de eficácia após 4 anos, chegando a cerca de 50% nos três anos seguintes e após 12 anos nenhuma proteção é evidente com o amplo uso da vacinação nos últimos anos, com a atual vacina que não permite reforços acima dos 7 anos, dois reservatórios de suscetíveis passam a ter grande importância para o controle da doença, a saber: crianças menores de um ano, que ainda não completaram o esquema básico, adolescentes e adultos que perderam a imunidade. 2) Qual é a faixa etária de maior risco para coqueluche?
R: A faixa etária de maior risco continua sendo a de menores de um ano. (0,05 pontos) 3) Quais são os quadros clínicos atípicos da coqueluche?
R: Quadros atípicos:
Em lactentes: a tosse, em geral, não se desenvolve em paroxismos (0,025 p) e os guinchos estão ausentes (0,025 p) ; no entanto, crises de apneia são comuns (0,025 p) e podem resultar em hipóxia significante (0,025 p) .
Em crianças maiores e adultos, em geral, o quadro é mais brando, com tosse persistente devido a traqueobronquite (0,025 p) , dificultando o diagnóstico, particularmente porque os paroxismos (0,025 p) , o guincho (0,025 p) e a leucocitose (0,025 p) podem estar ausentes.
4) Qual é o aspecto característico frequentemente encontrando no Rx de tórax no paciente com coqueluche?
R: O raio X de tórax pode mostrar infiltrados, principalmente peri-hilar resultando no chamado “coração borrado ou franjado” (0,05 p) porque as bordas da imagem cardíaca não são nítidas. Pode ocorrer ainda, atelectasia (0,05 p) ou enfisema. (0,05 p)

FONTE:
COQUELUCHE – NORMAS E INSTRUÇÕES - 2000

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3)

CASO CLINICO: (92377 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Paciente com idade de 55 anos, em uso de terapia de reposição hormonal há 15 meses, usando estrogênio conjugado 0,625 mg com acetato de medroxiprogesterona 2,5 mg, de forma contínua. Comparece ao ambulatório do hospital queixando-se de sangramento vaginal há 12 dias. Pergunta-se:
a) Qual as hipóteses diagnosticas - 0,3 pontos
b) Proponha conduta propedêutica. - 0,2 pontos



RATING: 2.97

a) Qual as hipóteses diagnosticas justificando-as.
1.) Hemorragia uterina disfuncional e/ou hiperplasia de endométrio = 0,1 p
2.) Adenocarcinoma de endométrio = 0,1 p
3.) Outros (CA de colo uterino, pólipo EM ou EC, miomas) = 0,1 p
b) Propedêutica:

1.) USTV - 0,04 p
2.) VT histeroscopia - 0,04 p
3.) Ctg fracionado - 0,04 p
4.) Biópsia de EM - 0,04 p
5.) CCO - 0,04 p

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.97)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.