"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (376614 votos)..........88.5% das questões objetivas receberam votos.
Ao exame de fundo de olho pode-se afirmar que:
A. A palidez da pupila não justifica a redução da acuidade
B. O borramento dos limites da papila afasta o diagnóstico de vícios de refração não corrigidos
C. A presença de buraco na medula não justifica a redução da acuidade visual
D. O aumento da escavação da papila pode ser um sinal de glaucoma
E. A presença de aumento de espessura da camada de fibra nervosas é sinal de glaucoma

  RATING: 3.09

Ao exame de fundo de olho pode-se afirmar que:

A. A palidez da pupila não justifica a redução da acuidade
CORRETO: veja a resposta da alternativa D
B. O borramento dos limites da papila afasta o diagnóstico de vícios de refração não corrigidos
CORRETO : veja a resposta da alternativa D
C. A presença de buraco na medula não justifica a redução da acuidade visual
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D
D. O aumento da escavação da papila pode ser um sinal de glaucoma
CORRETO : O nervo óptico é constituído por milhões de fibras nervosas que conectam os estímulos luminosos captados pela retina (no olho), os quais são transformados em impulsos elétricos e conduzidos ao cérebro (pelo nervo óptico) para que tenhamos uma sensação chamada visão. Há no nervo óptico, uma área anatômica e normal, que não tem fibras nervosas, por isso também chamada de mancha cega, que é normalmente escavada, é a escavação fisiológica, com um tamanho normal (um pires). Quando o nervo óptico tem por natureza, pouca nutrição, poucos vasos sanguíneos, há uma tendência com o tempo, de ocorrer morte lenta e progressiva do nervo, formando um aumento da escavação do nervo, daí o termo escavação aumentada do nervo óptico,( um prato fundo ) sugerindo sofrimento deste nervo. Se a pressão do olho aumenta, o sangue foge do nervo e a escavação aumenta(pressione sua unha, veja,o sangue foge)A pressão do olho é um fator de risco para o glaucoma.
E. A presença de aumento de espessura da camada de fibra nervosas é sinal de glaucoma
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.09)
DISCURSIVA: (86734 votos) ..........98.25% das questões discursivas receberam votos.
1) Quais são os principais recursos bem-sucedidos dos programas educacionais de autismo?
2) Quais são as principais indicações da farmacoterapia no tratamento do autismo?

RATING: 3.95

1) Quais são os principais recursos bem-sucedidos dos programas educacionais de autismo?
2) Quais são as principais indicações da farmacoterapia no tratamento do autismo?

1) Quais são os principais recursos bem-sucedidos dos programas educacionais de autismo?
Os principais recursos dos programas educacionais de autismo bem-sucedidos incluem:

  • Uma alta proporção de funcionários/alunos (1:1 ou 1:2) (0, 02 p);
  • Programação individualizada para cada criança; (0, 02 p)
  • Professores com experiência especial em trabalhar com crianças com autismo; (0, 02 p)
  • Mínimo de 25 horas por semana de serviços; (0, 02 p)
  • Avaliação e ajuste contínuo do programa; (0, 02 p)
  • Um currículo enfatizando atenção, imitação, comunicação, brincadeira, interação social, regulamentação e auto-defesa.; (0, 02 p)
  • Um ambiente de ensino altamente favorável (0, 02 p)
  • Previsibilidade (0, 02 p) e estrutura (0, 02 p)
  • Análise funcional de problemas de comportamento (0, 02 p)
  • Planejamento de transição (0, 02 p)
  • Envolvimento familiar (0, 02 p)
  • Monitoramento e modificação rigorosos conforme as necessidades da criança mudam (0, 02 p)
2) Quais são as principais indicações da farmacoterapia no tratamento do autismo:

  • Hiperatividade (0, 02 p), desatenção (0, 02 p) e impulsividade (0, 02 p)
  • Agressão (0, 02 p), impulsividade (0, 02 p) e autolesões (0, 02 p)
  • Ansiedade (0, 02 p)
  • Comportamentos obsessivo-compulsivos (0, 02 p), rigidez (0, 02 p) e comportamentos repetitivos (0, 02 p)
  • Sintomas depressivos (0, 02 p)
  • Disfunção do sono (0, 02 p)

FONTE:
Autism spectrum disorder in children and adolescents: Overview of management Author: Laura Weissman, MD Section Editors: Marilyn Augustyn, MD, Marc C Patterson, MD, FRACP Deputy Editor: Mary M Torchia, MD (artigo com direitos autorais, somente para assinantes). UpToDate www.uptodate.com ©2019 UpToDate, Inc. and/or its affiliates. All Rights Reserved.

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.95)

CASO CLINICO: (91376 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Homem, 50 anos, diabetico e hipertenso, nega antecedentes mórbidos até a idade de 42 anos, época em que, durante exame médico de rotina no trabalho, foram detectados valores de pressão arterial de 140/96 mmHg. Nessa ocasião, o paciente era completamente assintomático do ponto de vista cardiovascular.

Exames laboratoriais normais, exceto por uma glicemia de 136 mg/dl etriglicérides de 180 mg/dl. Tais exames foram repetidos e confirmaram-se valores de glicemia e triglicérides anormais, tendo sido, na ocasião, feito diagnóstico de hipertensão arterial, diabetes melito e dislipidemia.

Desde o diagnóstico inicial, o paciente vem tomando regularmente 50 mg de hidroclorotiazida e 100 mg de atenolol. Foi orientada dieta com pouco sal e hipocalórica, sem adição de açúcar. Recentemente, o paciente foi encaminhado ao oftalmologista, que diagnosticou microaneurisma em vãos de retina, tendo sido realizada laserterapia.

Há três meses, foi reavaliado e, ao exame físico, apresentava um peso de 106 kg, pressão arterial na posição supina de 170/112 mmHg com freqüência cardíaca de 72 batimentos por minuto.

Apresentava hipotensão postural (PA = 130/90 mmHg em pé) sem variação de pulso.

Exame físico:

Paciente em bom estado geral, peso de 106 kg e altura de 1,70 m, apresentando fundo de olho com espasmo segmentar arteriolar, perda da relação arteriovenosa nos vasos da retina, alguns pontos sugestivos de microaneurismas em ambas as retinas e sinais cicatriciais de laserterapia prévia. A pressão arterial na posição supina estava em 160/104 mmHg e a freqüência cardíaca era de 68 batimentos por minuto. A pressão arterial na posição ortostática era de 120/88 mmHg, sem variação da freqüência cardíaca. Ausculta cardiopulmonar normal. Ausência de sopros carotídeos. Abdômen flácido, indolor, com fígado e baço não-palpáveis. Ruídos hidroaéreos anormais presentes . Ausência de sopros abdominais.

Extremidades com alterações tróficas de fâneros; pulsos presentes e simétricos, ausência de edemas.

Exames laboratoriais:

Glicemia de jejum de 172 mg/dl, potássio plasmático de 3,7 mEq/l, ácido úrico de 8 mg/dl, colesterol total de 230 mg/dl, HDL-colesterol de 28 mg/dl, LDLcolesterol não calculado devido aos valores elevados de triglicérides (450 mg/dl). Creatinina sérica de 1,8 mg/dl e uréia de 96 mg/dl.

Exame de Urina Rotina demonstrando a presença de proteínas. Proteinúria de 24 horas de 1,2 g/24 horas. Exames complementares: Eletrocardiograma e raios X de tórax dentro da normalidade para o biótipo do paciente.
Ecocardiograma mostrando alterações do relaxamento ventricular esquerdo, sem aumento da massa ventricular. Função sistólica preservada.

1) Definem uma relação entre os fatores de risco e patologia deste paciente (0,2 p)

2) Qual é o exame eletivo para diagnosticar, neste caso, o acometimento renal? Ele já foi realizado, examinando o historico do paciente?(0,1 p)

3) O paciente pergunta se ele corre risco de cegueira, mesmo com tratamento para hipertensão e diabetes. Qual vai ser a sua resposta? (0,2 p)




RATING: 4.24

1) Este caso demonstra a associação de diabetes, hipertensão e dislipidemia além de obesidade, todos sendo considerados fatores de risco para o desenvolvimento de doenças cardiovasculares.
Este paciente apresentou como lesão de órgão-alvo o desenvolvimento de retinopatia diabética e nefropatia que, provavelmente, é o resultado da associação de diabetes e da hipertensão arterial

2) O diagnóstico de certeza da nefropatia somente poderia ser feito através da biópsia renal, exame que não foi realizado neste caso .

3) Retinopatia diabética é uma das principais causas tratáveis de cegueira. A observação preventiva periódica é fundamental no paciente diabético.

FONTE: http://departamentos.cardiol.br/dha/revista/8-4/casoclinico.pdf

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (4.24)

 

1227 USUARIOS INSCRITOS

243 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7294 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1715 DE CLINICA, 3410 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 231 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
114 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.