"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (339414 votos)..........94.94% das questões objetivas receberam votos.
Lactente de 23 meses, sexo feminino, com história de prematuridade e enterocolite necrotizante, foi submetida à resseção intestinal, permanecendo com 30 cm de intestino delgado e sem válvula ileocecal. Desde que se iniciou a alimentação oral, foram necessários alguns ciclos de sete a quatorze dias de metronidazol ou ciprofloxacino para melhora da diarreia e distensão abdominal. Nesse tipo de complicação, a medida dietética que pode ser benéfica consiste em:
A. retirar alimentos ricos em fibras solúveis
B. suplementar com altas doses de vitamina E
C. oferecer doses crescentes de micronutrientes
D. usar dieta rica em gorduras e pobre em carboidratos
E. utilizar formulas lácteas sem lactose e dieta sem gluten

  RATING: 3.06

Lactente de 23 meses, sexo feminino, com história de prematuridade e enterocolite necrotizante, foi submetida à resseção intestinal, permanecendo com 30 cm de intestino delgado e sem válvula ileocecal. Desde que se iniciou a alimentação oral, foram necessários alguns ciclos de sete a quatorze dias de metronidazol ou ciprofloxacino para melhora da diarreia e distensão abdominal. Nesse tipo de complicação, a medida dietética que pode ser benéfica consiste em:

A. retirar alimentos ricos em fibras solúveis
INCORRETO: O uso de fibras solúveis pode ser útil em pacientes com grande volume de perda fecal, não justificando sua retirada.
B. suplementar com altas doses de vitamina E
INCORRETO : Altas dose de vitamina E assim com o uso de micronutrientes não têm função especifica em relação à melhora clínica em casos de sobrecrescimento bacteriano.
C. oferecer doses crescentes de micronutrientes
INCORRETO : veja a resposta da alternativa B
D. usar dieta rica em gorduras e pobre em carboidratos
INCORRETO : Neste caso trata-se de lactente que foi submetido à resseção de grande porção do intestino delgado com retirada da válvula ileocecal e o sobrecrescimento bacteriano é uma complicação frequente. O uso de ciclos de antibióticos, dentre eles o ciprofloxacino e o metronidazol, é o pilar do tratamento nestes casos, como se percebe no enunciado da questão. Em casos assim, o uso de dieta rica em gorduras e pobre em carboidratos pode ser útil na diminuição do sobrecrescimento bacteriano.
E. utilizar formulas lácteas sem lactose e dieta sem gluten
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.06)
DISCURSIVA: (79876 votos) ..........99.06% das questões discursivas receberam votos.
I) Quais são os efeitos do veneno bothropico? 0,15 pontos
II) Quais são os efeitos do veneno crotalico? 0,15 pontos
III) Em quais dos acidentes com animais peçonhentos encontramos a fácies neurotóxica de Rosenfeld e qual é a descrição da mesma? 0,2 pontos


RATING: 3.03

I) Quais são os efeitos do veneno bothropico? 0,15 pontos
II) Quais são os efeitos do veneno crotalico? 0,15 pontos
III) Em quais dos acidentes com animais peçonhentos encontramos a fácies neurotóxica de Rosenfeld e qual é a descrição da mesma? 0,2 pontos

I) Quais são os efeitos do veneno bothropico?
Os efeitos do veneneo bothropico são:
- coagulante 0,05 p
- hemorragico 0,05 p
- proteolitico 0,05 p
Discussão: Proteolítica: As lesões locais, como edema, bolhas e necrose, atribuídas inicialmente à “ação proteolítica”, têm patogênese complexa. Possivelmente, decorrem da atividade de proteases, hialuronidases e fosfolipases, da liberação de mediadores da resposta inflamatória, da ação das hemorraginas sobre o endotélio vascular e da ação pró-coagulante do veneno.
Coagulante: A maioria dos venenos botrópicos ativa, de modo isolado ou simultâneo, o fator X e a protrombina. Possui também ação semelhante à trombina, convertendo o fibrinogênio em fibrina. Essas ações produzem distúrbios da coagulação, caracterizados por consumo dos seus fatores, geração de produtos de degradação de fibrina e fibrinogênio, podendo ocasionar incoagulabilidade sangüínea. Este quadro é semelhante ao da coagulação intravascular disseminada. Os venenos botrópicos podem também levar a alterações da função plaquetária bem como plaquetopenia.
Hemorragica: As manifestações hemorrágicas são decorrentes da ação das hemorraginas que provocam lesões na membrana basal dos capilares, associadas à plaquetopenia e alterações da coagulação.
II) Quais são os efeitos do veneno crotalico?
Os efeitos do veneno crotalico são:
- neurotoxico 0,05 p
- miotoxico 0,05 p
- coagulante 0,05 p
Discussão: Neurotoxica: produzida principalmente pela fração crotoxina, uma neurotoxina de ação pré-sináptica que atua nas terminações nervosas inibindo a liberação de acetilcolina. Esta inibição é o principal fator responsável pelo bloqueio neuromuscular do qual decorrem as paralisias motoras apresentadas pelos pacientes.
Miotoxica: produz lesões de fibras musculares esqueléticas (rabdomiólise) com liberação de enzimas e mioglobina para o soro e que são posteriormente excretadas pela urina. Não está identificada a fração do veneno que produz esse efeito miotóxico sistêmico. Há referências experimentais da ação miotóxica local da crotoxina e da crotamina. Estudos mais recentes não demonstram a ocorrência de hemólise nos acidentes humanos.
Coagulante: Decorre de atividade do tipo trombina que converte o fibrinogênio diretamente em fibrina. O consumo do fibrinogênio pode levar à incoagulabilidade sangüínea. Geralmente não há redução do número de plaquetas. As manifestações hemorrágicas, quando presentes, são discretas.
III) Em quais dos acidentes com animais peçonhentos encontramos a fácies neurotóxica de Rosenfeld e qual é a descrição da mesma?
O fácies miastênica (fácies neurotóxica de Rosenfeld) é caracterizada pela ptose palpebral uni ou bilateral (0,05 p), flacidez da musculatura da face (0,05 p), alteração do diâmetro pupilar (0,05 p), incapacidade de movimentação do globo ocular (oftalmoplegia) (0,05 p). É caracteristico para o acidente crotalico grave (0,05 p).

FONTE:
Manual de Diagnóstico e Tratamento de Acidentes por Animais Peçonhentos

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.03)

CASO CLINICO: (83966 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Uma mulher de 80 anos foi admitida em nosso serviço com história de um ano de parestesias em membros inferiores, queda do estado geral e piora cognitiva progressiva. A um mês da internação parou de deambular e evoluiu com disfagia orofaríngea. Na admissão apresentava-se em regular estado geral, descorada, confusa e hiporresponsiva. Não reconhecia familiares e apresentava déficit da memória recente. Exame tóraco-abdominal normal. Ao exame neurológico evidenciou-se déficit de sensibilidade em membros inferiores, incoordenação motora, Babinski bilateral, paraparesia crural e desorientação têmporo-espacial. Necessitou de sondagem enteral para alimentação. No laboratório, apresentava Hb: 8,4 g/dL, VCM:110 fl, hipersegmentação de neutrófilos, vitamina B 12 diminuída (182 pg/mL), TSH normal, tomografia de crânio normale endoscopia com gastrite atrófica confirmada por biópsia, com pesquisa negativa para Helicobacter pylori.
PERGUNTA-SE:
1) Qual é o diagnóstico provável desta paciente? Justifique!  (0,20 p)
2) Quais são os exames clínicos de confirmação? (0,10 p)
3) Qual é a esquema de tratamento que deve ser aplicada? (0,20 p)


RATING: 3.02

1) ANEMIA PERNICIOSA (BIERMER)
Justificativa:
- sintomatologia neurologica - megaloblastose VCM:110 fl-
- baixo nivel de hemoglobina  - hipersegmentação de neutrófilos - A hipersegmentação dos neutrófilos (polilobocitose) é achado específico e precoce. O achado de mais de 5% de neutrófilos com 5 lobos ou uma ou mais células com 6 ou mais lobos é o critério citológico mais utilizado para definir a polilobocitose.  - gastrite atrofica comprovada  - pesquisa negativa para Helicobacter pylori.
2) MÉTODOS DE DIAGNÓSTICO:
- gastroscopia e biópsia gástrica de corpo e fundo - pesquisa de anticorpos antimucosa gástrica (positiva em 85% dos casos, baixa especificidade)
- mais específicos: anticorpos antifator intrínseco (baixa sensibilidade)
- teste de Schilling - método diagnóstico que utiliza a dosagem urinária de cobalamina marcada radioativamente e ingerida previamente pelo paciente. 
3) TRATAMENTO
1) VITAMINA B12 (CITONEURIN) ampolas 50 μg no XLII
DS: injetável:
100 μg/dia durante 7 dias
100 μg dias sim, dia não, 2 semanas
100 μg de 3 em 3 dias 3 semanas

2) ACIDOPEPS cpm XX
DS int: 1 comprimido dissolvido/copo de agua a cada almoço

3) SULFATO FERROSO cpm. XC
DS int: 1 cpm 3 vezes ao dia

4) SLOW K cpm 600 mg cx. I
DS: int, 1 cpm 3 vezes/dia 1 dia

5) ENDOFOLIN cpm 5 mg cx I
DS: int. 1 cpm 3 vezes ao dia

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.02)

 

1128 USUARIOS INSCRITOS

225 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6586 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1529 DE CLINICA, 2947 DE PEDIATRIA, 1272 DE CIRURGIA, 219 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 368 DE SAUDE PUBLICA
106 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 139 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.