"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

OBJETIVA: (339385 votos)..........94.94% das questões objetivas receberam votos.
NÃO representa contraindicação de adenoidectomia:
A. idade pequena da criança
B. presença de fenda palatina
C. Vacinação recente contra poliomielite
D. Impetigo peri-orificial em face
E. discrasias sangüíneas não corrigidas

  RATING: 3.3

NÃO representa contraindicação de adenoidectomia:

A. idade pequena da criança
CORRETO: A idade do paciente é de pouco importância para a realização da adenoidectomia, podendo ser realizada desde os primeiros meses de vida; entretanto, o período mais favorável é entre os 2 e 4 anos de vida. Aconselha-se amigdalectomia após os 2 anos de vida porque pequenas perdas sangüíneas em crianças pequenas demais já podem provocar alterações hemodinâmicas.
B. presença de fenda palatina
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
C. Vacinação recente contra poliomielite
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
D. Impetigo peri-orificial em face
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
E. discrasias sangüíneas não corrigidas
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.3)
DISCURSIVA: (79862 votos) ..........99.06% das questões discursivas receberam votos.
Enumeram os achados diagnósticos em caso de apendicite na Rotina de Abdome Agudo.

RATING: 3.87

Enumeram os achados diagnósticos em caso de apendicite na Rotina de Abdome Agudo.

Achados diagnósticos em caso de apendicite na Rotina de Abdome Agudo:

  1. fecalito na área de projeção do apêndice.

  2. distensão gasosa na projeção íleo-cecal, traduzindo 'alça sentinela'.

  3. desaparecimento da gordura pré-peritoneal à direita, significando processo inflamatório na fossa ilíaca direita ou próximo à ela.

  4. presença de níveis líquidos na fossa ilíaca direita.

  5. apagamento do psoas à direita.

  6. posição antálgica, isto é, desvio da coluna para o lado esquerdo, em decorrência da contratura muscular. Esses achados contribuem com a hipótese diagnóstica de apendicite.

  7. ultra-sonografia abdominal: tem limitações se houver grande distensão, ou o paciente for obeso. É extremamente útil para a avaliação de afecções ginecológicas e detecção de coleções anexiais ou líquido fora da alça.

  8. tomografia computadorizada e Ressonância Magnética: revelam maior sensibilidade e especificidade, estando indicada na avaliação mais pormenorizada das complicações e nos casos de dúvida diagnóstica, entretanto a TC vem sendo largamente utilizada com contraste oral, mostrando falha de enchimento do apêndice em fase inicial da apendicite.

  9. laparoscopia diagnóstica: como último recurso, persistindo a dúvida diagnóstica, esta pode ser realizada como investigação e concomitantemente tratamento terapêutico.

FONTE:
http://www.hse.rj.saude.gov.br/profissional/revista/37b/apendi.asp

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.87)

CASO CLINICO: (83952 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Um médico foi contratado por uma Prefeitura do interior para trabalhar em uma Unidade Básica de Saúde implantada em um novo bairro da sede do Município. Após realizar o diagnóstico da realidade da saúde no bairro, o médico adotou as fases preconizadas pelo Ministério da Saúde, quais sejam:
1) Programação (0,175 pontos)
2) Execução (0,15 pontos)
3) Avaliação (0,175 pontos)
A partir desses dados, como esse médico deve realizar as fases citadas?


RATING: 2.95

1) Programação (0,025 p): são definidos os objetivos (0,025 p), as metas (0,025 p), as estratégias que serão utilizadas (0,025 p), a caracterização dos Recursos Humanos (0,025 p) e as estruturas existentes (0,025 p), bem como a disponibilidade dos Recursos Financeiros (0,025 p).
2) Execução (0,025 p): será realizada com prazos bem definidos (0,025 p): curto, (0,025 p) médio (0,025 p) e longo (0,025 p), conforme a programação (0,025 p).
3) Avaliação (0,025 p): é realizada durante as fases anteriores de programação (0,025 p) e de execução (0,025 p), com utilização de indicadores da Saúde (0,025 p), visando avaliar três aspectos: a estrutura (0,025 p), o processo (0,025 p) e os resultados (0,025 p).

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.95)

 

1128 USUARIOS INSCRITOS

225 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6586 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1529 DE CLINICA, 2947 DE PEDIATRIA, 1272 DE CIRURGIA, 219 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 368 DE SAUDE PUBLICA
106 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 139 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.