"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (383010 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
A(s) síndrome(s) genética(s) associada(s) em 10-20% dos casos com o transtorno de espectro autista são:

(I) duplicação do cromossomo 15q
(II) deleção de parte do braço curto do cromossomo 4
(III) a síndrome do X frágil
(IV) aneuploidia de três cópias do cromossomo 22
(V) baixa estatura, defeitos na pituitária e cerebelar

A. I, III, IV e V
B. II e III
C. I e III
D. II e IV
E. todas

  RATING: 3.09

A(s) síndrome(s) genética(s) associada(s) em 10-20% dos casos com o transtorno de espectro autista são:
(I) duplicação do cromossomo 15q
(II) deleção de parte do braço curto do cromossomo 4
(III) a síndrome do X frágil
(IV) aneuploidia de três cópias do cromossomo 22
(V) baixa estatura, defeitos na pituitária e cerebelar

A. I, III, IV e V
INCORRETO: veja a resposta da alternativa C
B. II e III
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C
C. I e III
CORRETO : Uma síndrome genética como a síndrome do X frágil ou duplicação do cromossomo 15q está presente em 10-20% dos casos. Essa porcentagem pode aumentar com novas tecnologias para diagnosticar variação no número de cópias (microarranjo) e mutações (sequenciamento do exoma completo).
D. II e IV
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C
E. todas
INCORRETO : veja a resposta da alternativa C

Gabarito:  C

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.09)
DISCURSIVA: (87422 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
1) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal? (0,21875 pontos)
2) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia supraventricular? (0,25 pontos)
3) O que é a taquicardia supraventricular com condução anormal ou aberrante? (0.03125 pontos)

RATING: 3.06

1) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal? (0,21875 pontos)
2) Quais são as alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia supraventricular? (0,25 pontos)
3) O que é a taquicardia supraventricular com condução anormal ou aberrante? (0.03125 pontos)

1) As alterações típicas do ECG em pacientes com taquicardia sinusal incluem:
- A frequência cardíaca é geralmente < 220 bpm em lactentes (0.03125 p), < 180 bpm em crianças (0.03125 p).
- As ondas P estão presentes com aparência normal (0.03125 p).
- O intervalo PR é constante (0.03125 p) e apresenta duração normal para a idade. (0.03125 p)
- O intervalo R-R é variável. (0.03125 p)
- O complexo QRS é estreito. (0.03125 p)

2) Resultados de ECG típicos em pacientes com TPSV incluem:
- A frequência cardíaca é geralmente > 220 bpm em recém-nascidos (0.03125 p), > 180 bpm em crianças (0.03125 p), e não existe variabilidade batimento a batimento.
- Ondas P estão ausentes (0.03125 p) ou anormais (0.03125 p).
- O intervalo PR pode não estar presente (0.03125 p) ou o intervalo PR é curto (0.03125 p), com taquicardia atrial ectópica.
- O intervalo R-R é geralmente constante. (0.03125 p)
- O complexo QRS é geralmente estreito. (0.03125 p)

3) Atraso na condução ao longo do sistema ventricular pode conduzir a um aspecto de taquicardia com complexo alargado, conhecida como TPSV com condução anormal ou aberrante. (0.03125 p)

FONTE:
Urgências e emergências em pediatria geral : Hospital Universitário da Universidade de São Paulo / editores Alfredo Elias Gilio... [et al.]. -- São Paulo : Editora Atheneu, 2015. Outros editores: Sandra Grisi, Albert Bousso, Milena De Paulis (pagina 137)

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.06)

CASO CLINICO: (92373 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
J. B., M de 3 anos e 5 meses, em tratamento para 'imunidade baixa' (sic) é trazido pela mãe no serviço de pronto-atendimento relatando que a criança começou a apresentar repentinamente sudorese fria, confusão mental, não urina faz 24 horas, apresentando 'coração acelerado' e adinamia. No exame clinico a criança apresenta taquisfigmia filiforme, hipotensão arterial (65/55 mm Hg). Respiratório - leves estertores na base, dispneico, saturação 90%. Rx de tórax normal. Cardiovascular: FC 133/min, eletrocardiograma com sinais de sobrecarga do ventrículo esquerdo. Digestivo - normal. Mãe mostra no antebraço do filho uma mancha vermelha e saliente, que surgiu 2 semanas atrás e está aumentando (veja abaixo). Relata ainda que a criança vai no sítio dos avós no fim da semana.

Sobre o caso relatado, as perguntas são:
1) Que quadro clinico emergencial apresenta essa criança? - 0,125 pontos
2) Qual é a principal causa suspeitada neste quadro descrito? - 0,125 pontos
3) Que tipo de lesão cutânea a criança apresenta? - 0,125 pontos
4) Considerando os dados clínicos e epidemiológicos, qual é a principal suspeita diagnostica? - 0,125 pontos.


RATING: 3.02

1) Que quadro clinico emergencial apresenta essa criança?
Choque cardiogênico é a primeira suspeita. (0,125 p)
Discussão: Sudorese fria, confusão mental, oligúria, taquicardia e taquisfigmia filiforme, hipotensão arterial com aproximação dos níveis sistólicos e diastólicos da PA, são achados freqüentes e refletem a situação de baixo débito.
2) Qual é a principal causa suspeitada neste quadro descrito?
Miocardite aguda. (0,125 p)
Discussão: A miocardite é uma inflamação no músculo do coração, geralmente secundária a um quadro viral, que pode acometer desde o bebê ainda na barriga da mãe até adultos e é a causa mais comum de dilatação e disfunção do coração na infância. No adulto, ela aparece mais como consequência de infarto, mas na criança as infecções do miocárdio são frequentes.
3) Que tipo de lesão cutânea a criança apresenta?
Eritema migratório (0,125 p)
Discussão: O rash cutâneo demonstra expansão centrífuga e lenta, com a região central mais clara ou avermelhada.
4) Considerando os dados clínicos e epidemiológicos, qual é a principal suspeita diagnostica?
Doença de Lyme. (0,125 p)
Discussão: A doença de Lyme ou borreliose de Lyme é uma doença infecciosa causada por bactérias do género Borrelia transmitidas por carraças. O sinal de infeção mais comum é uma mancha vermelha e saliente no local da mordedura, denominada eritema migratório. A imunidade patogênica contra Borrelia burgdoferi desencadeia reações auto-imunes que podem causar lesões cardíacas e artrite.

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.02)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.