"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (382967 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
Sobre a reposição volúmica com cristaloides nos pacientes críticos é CORRETA a afirmação:
A. os cristaloides ricos em cloro, como o soro fisiológico estão de grande utilidade no choque séptico, especialmente quando há problema renal
B. as soluções equilibradas, como Plasmalyte, são associadas com aumento da mortalidade do paciente séptico, pelo aumento da acidose e da disfunção renal
C. a regra básica é evitar a sobrecarga de cloro no paciente crítico, pois ele tem efeitos nocivos sobre a função renal
D. o valor que define a sobrecarga de volume é o aumento peso de pelo menos 20% em consequência da infusão
E. pelo risco de sobrecarga é importante utilizar o maior volume na fase de manutenção e evitar as sobrecarga na primeira fase de reposição

  RATING: 2.98

Sobre a reposição volúmica com cristaloides nos pacientes críticos é CORRETA a afirmação:

A. os cristaloides ricos em cloro, como o soro fisiológico estão de grande utilidade no choque séptico, especialmente quando há problema renal
INCORRETO: Pelo contrário, cloro é um importante vasoconstrictor renal e pode causar varias disfunções, inclusive acidose e insuficiência renal aguda. Nestes casos, o Ringer lactato é bem melhor.
B. as soluções equilibradas, como Plasmalyte, são associadas com aumento da mortalidade do paciente séptico, pelo aumento da acidose e da disfunção renal
INCORRETO : Estudos recentes associam as soluções equilibradas com menos acidose, menos disfunções renais e mortalidade mais baixa, justamente pela falta de cloro na composição
C. a regra básica é evitar a sobrecarga de cloro no paciente crítico, pois ele tem efeitos nocivos sobre a função renal
CORRETO : O cloro foi estudado muito e as pesquisas mostraram desde 1983 que o cloro em excesso faz mal para os rins, aumentando a acidose, prejudicando a excreção e aumentando a mortalidade dos pacientes críticos.
D. o valor que define a sobrecarga de volume é o aumento peso de pelo menos 20% em consequência da infusão
INCORRETO : Na verdade, esse valor é de 10% e não de 20%.
E. pelo risco de sobrecarga é importante utilizar o maior volume na fase de manutenção e evitar as sobrecarga na primeira fase de reposição
INCORRETO : Pelo contrário os Guidelines aconselham reduzir o volume justamente na fase de manutenção, na fase de ressuscitação volúmica, como precisamos tirar o paciente do choque é necessário uma infusão de até 30 ml por quilo.

Gabarito:  C

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.98)
DISCURSIVA: (87412 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
Enumeram os alvos terapêuticos da 1ª hora na ressuscitação de crianças com sepse grave e choque séptico. (0,5 pontos).

RATING: 2.36

Enumeram os alvos terapêuticos da 1ª hora na ressuscitação de crianças com sepse grave e choque séptico. (0,5 pontos).

Tempo de enchimento capilar ≤ 2 segundos 0,05 p
Pressão arterial sistólica normal para a faixa etária. 0,05 p
Avaliação de pulso ausência de diferença entre pulso central e periférico. 0,05 p
Presença de diurese >1 mL/kg/h. 0,05 p

Extremidades aquecidas. 0,05 p
Estado neurológico normal 0,05 p
Estado mental normal. 0,05 p
Saturação venosa central SvcO2 ≥ 70%. 0,05 p
Índice cardíaco 3,3-6,0 L/min/m2 0,05 p .
Pressão de perfusão normal para a faixa etária 0,05 p

FONTE:
INSTITUTO LATINO AMERICANO DE SEPSE - CAMPANHA DE SOBREVIVÊNCIA A SEPSE PROTOCOLO CLÍNICO PEDIÁTRICO

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.36)

CASO CLINICO: (92370 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Um infante do sexo masculino de 8 meses de idade é levado ao pronto-socorro pela sua avó após ter começado a apresentar movimentos mioclônicos de seus braços e pernas aproximadamente 20 minutos antes de sua chegada ao hospital. A enfermeira relata que na triagem o infante teve um movimento mioclônico intermitente dos braços e pernas e parecia sonolento. O histórico não é informativo. A avó relata que ela forneceu somente fórmula infantil ao infante nos últimos 5 dias. Ela tem cuidado dele, enquanto a mãe está viajando. A revisão dos sintomas é negativa para doença do trato respiratório superior, febre, vômito, diarreia ou alteração nos hábitos alimentares.
No exame físico, os sinais vitais são normais. Ele não apresenta movimentos mioclônicos óbvios, porém apresenta tônus muscular reduzido. Suas pupilas são de 3 mm e respondem lentamente à luz bilateralmente. A fontanela anterior é macia. O exame cardiorrespiratório do infante é normal.
Questiona-se:
1) Se a criança começa a ter convulsões generalizadas no pronto-socorro, qual é a primeira intervenção correta que deve ser instituída?
2) Após o controle das convulsões o lactente pode receber alta? Comenta a sua decisão.


RATING: 3

1) Se a criança começa a ter convulsões generalizadas no pronto-socorro, qual é a primeira intervenção correta que deve ser instituída? (0,1 p)
De modo geral, deve-se garantir que o paciente tenha uma via aérea patente e estável e um estado hemodinâmico apropriado antes de proceder à próxima etapa do tratamento.

2) Após o controle das convulsões o lactente pode receber alta? Comenta a sua decisão. (0,4 p)
Em um paciente com convulsões, é importante obter a concentração sérica de glicose e eletrólitos para iniciar a avaliação aguda. Atividade convulsiva generalizada em um infante de 8 meses de idade é relativamente comum, havendo um grande número de possíveis explicações. Desarranjos metabólicos estão entre as causas mais comuns de convulsões nesta faixa etária. Embora hipomagnesemia possa causar convulsões, a hipoglicemia, hipocalcemia e hiponatremia são os três distúrbios metabólicos mais frequentemente associados às convulsões.

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.