"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

NÃO SOU CADASTRADO                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO
usuario: senha:

 

OBJETIVA: (383003 votos)..........87.96% das questões objetivas receberam votos.
A dor da apendicite pode ser descrita como:
A. cólica leve de quatro a seis horas, localizada na região periumbilical ou epigástrica
B. fortes dores em cólica no abdome, náuseas, vômitos e distensão abdominal
C. cólicas no abdômen, acompanhadas por distensão, febre e perda de apetite
D. dor na parte superior do abdômen (barriga) que pode se espalhar para as costas, distensão abdominal (barriga inchada), náusea, vômito, perda de apetite, febre e frequência cardíaca elevada
E. dor moderada, obstipação, distensão abdominal, ausência de sons intestinais e da eliminação de gases

  RATING: 0

A dor da apendicite pode ser descrita como:

A. cólica leve de quatro a seis horas, localizada na região periumbilical ou epigástrica
CORRETO: A dor é descrita, inicialmente, como cólica leve, com duração habitual de quatro a seis horas, localizada na região periumbilical ou epigástrica. À medida que a inflamação se propaga para a superfície do peritônio parietal, localiza-se no quadrante inferior direito. Em 50 a 60% das vezes surgem anorexia, náuseas e vômitos. Pode haver alteração do hábito intestinal, desde diarreia até constipação intestinal e queixas urinárias quando o apêndice localiza-se adjacente à bexiga. A temperatura em geral é normal ou ligeiramente aumentada (37,2 à 38°C).
B. fortes dores em cólica no abdome, náuseas, vômitos e distensão abdominal
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
C. cólicas no abdômen, acompanhadas por distensão, febre e perda de apetite
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
D. dor na parte superior do abdômen (barriga) que pode se espalhar para as costas, distensão abdominal (barriga inchada), náusea, vômito, perda de apetite, febre e frequência cardíaca elevada
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A
E. dor moderada, obstipação, distensão abdominal, ausência de sons intestinais e da eliminação de gases
INCORRETO : veja a resposta da alternativa A

Gabarito:  A

AVALIE ESSA QUESTÃO: (0)
DISCURSIVA: (87422 votos) ..........97.39% das questões discursivas receberam votos.
Respondam ás seguintes questões:

1) Que forma de contato sexual é considerada a mais perigosa para a transmissão do HIV? (0,125 pontos)

2) Que forma de ácido nucleico é detectada em um teste de PVL para o HIV? (0,125 pontos)

3) Qual é o principal receptor nas células hospedeiras ao qual o HIV se liga? (0,125 pontos)

4) Um anticorpo contra o capsídeo do HIV seria capaz de reagir com um provírus? (0,125 pontos)

RATING: 3

Respondam ás seguintes questões:

1) Que forma de contato sexual é considerada a mais perigosa para a transmissão do HIV? (0,125 pontos)

2) Que forma de ácido nucleico é detectada em um teste de PVL para o HIV? (0,125 pontos)

3) Qual é o principal receptor nas células hospedeiras ao qual o HIV se liga? (0,125 pontos)

4) Um anticorpo contra o capsídeo do HIV seria capaz de reagir com um provírus? (0,125 pontos)

1) Que forma de contato sexual é considerada a mais perigosa para a transmissão do HIV?

A forma mais perigosa de contato sexual seja a relação anal. A relação vaginal tem muito mais probabilidade de transmitir o HIV do homem para a mulher do que o contrário, e a transmissão de ambas as formas é muito maior quando lesões genitais estão presentes. Embora rara, a transmissão pode ocorrer pelo contato orogenital (0,125 p)

2) Que forma de ácido nucleico é detectada em um teste de PVL para o HIV?

Testes de PVL convencionais detectam o RNA viral e usam métodos como a PCR ou a hibridização de ácido nucleico. São de alto custo e necessitam de 2 a 3 dias para serem concluídos. (0,125 p)

3) Qual é o principal receptor nas células hospedeiras ao qual o HIV se liga?

O HIV deve percorrer os passos de fixação da célula-alvo. Isto depende da combinação da glicoproteína espicular (gp120) com os 65.000 receptores encontrados em cada célula T CD4+ auxiliar. Os macrófagos e os monócitos também carregam moléculas CD4. Certos co-receptores (chamados de CCR5 e CXCR4) também são necessários.Interessante é que muitas células que não expressam a molécula CD4 também podem se tornar infectadas. Ou seja, com certeza existem OUTROS receptores susceptíveis para o virus HIV. (0,125 p)

4) Um anticorpo contra o capsídeo do HIV seria capaz de reagir com um provírus?

O sistema imune falha, então, a reconhecer o virus quando ele ainda está um provírus ou um vírus latente dentro das células. A fusão célula-célula, pela qual o vírus se move de uma célula infectada para uma célula adjacente é outra habilidade do vírus de permanecer indetectável pelo sistema imune. (0,125 p)

FONTE:
Tortora, Gerard J. Microbiologia [recurso eletrônico] / Gerard J. Tortora, Berdell R. Funke, Christine L. Case ; tradução: Aristóbolo Mendes da Silva ... [et al.] ; revisão técnica: Flávio Guimarães da Fonseca. – 10. ed. – Dados eletrônicos. – Porto Alegre : Artmed, 2012.

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3)

CASO CLINICO: (92373 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Paciente do sexo feminino 59 anos, chega ao PS com hemiparesia esquerda há 1 hora. História de diabetes e HAS, com tratamento irregular com uso de daonil e hidroclortiazida. PA = 160 x 100 mmHg, P = 72/min (irregular) Bulhas arrítmicas, sem sopros, ausculta pulmonar limpa Glasgow = 15, com hemiparesia completa á esquerda Dextro: 230 mg/ dL. Apresenta ainda o ECG abaixo:

1) Qual é a hipótese diagnóstica? - 0,125 pontos
2) Que alteração está presenta na eletrocardiograma?- 0,125 pontos
3) Qual é o primeiro exame a ser utilizado, na emergência ainda?- 0,125 pontos
4) Qual é a medicação mais utilizada para prevenir episódios similares?- 0,125 pontos


RATING: 2.5

1) Qual é a hipótese diagnóstica?
Acidente vascular cerebral.(0,125 p)
DISCUSSÃO: Paciente deu entrada no serviço com quadro de déficit neurológico localizatório (hemiparesia á esquerda) de aparecimento súbito situação na qual o AVC é a principal suspeita clínica, o déficit é dependente da região afetada e classicamente os pacientes apresentam quadros de hemiparesias em sua apresentação. Caso o paciente apresente regressão dos sintomas em menos de 24 horas este será um caso de ataque isquêmico transitório,mas a maioria dos déficits nestes casos apresenta reversão na primeira hora.
2) Que alteração está presenta na eletrocardiograma?
Fibrilação atrial.(0,125 p)
Discussão : ECG demonstra intervalo R-R irregular sem ondas P precedendo os complexos QRS caracterizando a presença de fibrilação atrial. 3) Qual é o primeiro exame a ser utilizado, na emergência ainda?
A tomografia de crânio sem contraste.(0,125 p)
Discussão: O paciente apresenta como principal hipótese diagnostica um quadro de AVC isquêmico.deve-se descartar com maior urgência a presença de sangramento.O AVC isquêmico apresenta-se com área hipoatenuante,porém nas primeiras horas pode estar normal ou com sinais de alterações sutis como leve apagamento de sulcos cerebrais e tênue hipoatenuação de gânglios da base. 4) Qual é a medicação mais utilizada para prevenir episódios similares?
Anticoagulação oral com warfarin. (0,125 p)
Discussão: O paciente apresenta provável fonte cárdio-embólica do AVC devido a fibrilação atria.O objetivo é manter o INR entre 2,0 e 3,0. A anticoagulação com warfarin deve ser realizada com warfarin em pacientes com FA caso apresentam as indicações abaixo:
- Idade maior que 75 anos (embora boa parte da literatura recomende anticoagulação á partir dos 65 anos)
- AVC prévio
- Doença reumática
- Insuficiência cardíaca
- HAS
- Diabetes mellitus (embora exista alguma controvérsia da anticoagulação nestes pacientes.se é ou não uma indicação definitiva de anticoagulação).

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.5)

 

1256 USUARIOS INSCRITOS

254 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

721 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
7375 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1782 DE CLINICA, 3423 DE PEDIATRIA, 1300 DE CIRURGIA, 232 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 387 DE SAUDE PUBLICA
115 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 140 CASOS CLINICOS

Todos os direitos reservados. 2020.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.