PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) Os crepitantes na ausculta de um paciente asmatico e sinal de:

A. excesso de muco nas vias áereas
B. obstrução grave
C. etiologia atopica
D. suprainfecção
E. os crepitantes poêm em duvida o diagnostico de asma

    

 

2) Aparece somente no sindrome de Cushing ACTH-dependente:

A. letargia
B. miopatia proximal
C. insónia
D. hirsutismo
E. hiperpigmentação

    

 

3) O quadro clínico da ventriculoencefalite com citomegalovirus é constituido de:

A. tremor, parestesias, uveite e scotoma central
B. letargia, confusão mental, febre e convulsões
C. vertigem, cefaléia forte, disturbios de termoregulação
D. afasia, febre, fotofobia e contratura espstica dos flexores´do antebraço
E. decorticação, contratura generalizada, "olhos de boneca", disturbios de deglutição

    

 

4) Na ausência de sintomas sugestivos e diante de hiperglicemia, hoje, o diagnóstico de diabete melito é feito quando a glicemia de jejum, em duas medidas em tempos diferentes, é superior ou igual a:

A. 126 mg/dL.
B. 120 mg/dL.
C. 118 mg/dL.
D. 115 mg/dL.
E. 100 mg/dL.

    

 

5) Em quais das etapas da história natural da AIDS ocorre replicação ativa do virus HIV:

A. Transmissão viral
B. Soroconversão
C. Infecção crônica assintomática
D. Infecção sintomática (AIDS)
E. todas acima enumeradas

    

 

6) O tratamento do diabetes mellitus tipo I inclui os componentes abaixo, EXCETO:

A. hidratação
B. insulinoterapia
C. automonitorização glicemica
D. orientação nutricional
E. exercício

    

 

7) São os alimentos mais ricos em folato:

A. espinafre e broccoli
B. carne frita
C. nozes e amendoim
D. leite e queijo
E. ovos

    

 

8) Constitui indicação de encaminhamento precoce para centro de transplante hepático um o paciente com hepatite B, mais:

A. aminotransferases (ALT e AST) acima de 500UI/L
B. alterações significativas de gamma-glutamiltransferase (GGT)
C. leucocitose e neutrofilia com desvio à esquerda
D. tempo de protrombina maior ou igual a 9 segundos
E. presença de crioglobulinemia

    

 

9) O que mais tem importãncia em possibilitar a infecção viral com HIV é:

A. a transcriptase reversa, a protease e a integrase
B. a camada constituída pela proteína P17
C. o envelope viral
D. o capsideo
E. o genoma tipo DNA

    

 

10) O esquema I é indicado para o tratamento de casos novos de todas as formas de tuberculose pulmonar e extrapulmonar, exceto meningite. O tempo de tratamento preconizado é de:

A. 2 meses.
B. 3 meses. .
C. 6 meses.
D. 8 meses.
E. 9 meses

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) É apropriado definir a acalásia como:

A. um disturbio motor da musculatura do esôfago
B. uma deglutição dificil, causada pela paralisia do nervo XII
C. um refluxo acido que prejudica o terço superior do esôfago
D. um calibre anormal congênito do esofago
E. uma posição anormal do esôfago que pode causar estagnação

    

 

12) Um gradiente transvalvular de 11 mm Hg indica:

A. válvula mitral normal
B. estenose mitral moderada
C. pressão atrial esquerda normalmente menor do que 15 mmHg
D. iminência de edema pulmonar aguda
E. area da valvula mitral de 1 cm2 ou menos

    

 

13) Considerando: 1) ventriculo direito 2) ventriculo esquerdo 3) os atrios ordena esses tres cavidades cardíacas pelo acometimento mais frequente nas traumas perfurantes de coração:

A. 1 - 2 - 3
B. 1 - 3 - 2
C. 2 - 1 - 3
D. 2 - 3 - 1
E. 3 - 2 - 1

    

 

14) Sobre o hemotorax e CORRETO afirmar:

A. e melhor visível na radiografia toracica em posição supina
B. o sangramento geralmente é auto-limitado
C. na maior parte dos casos e proveniente de grandes vasos pulmonares
D. geralmente precisa de toracotomia de emergência
E. volumes de até 150 mL são melhor identificados na radiografia em incidência frontal

    

 

15) O fluxo linfático centrípeto ocorre, principalmente:

A. pela contratilidade de cada linfático, individualmente
B. pela atividade muscular adjacente
C. pela pressão negativa secundária à respiração
D. pela transmissão da pulsação arterial
E. pelo mecanismo gravitacional

    

 

16) O paciente com isquemia grave mais avançada queixa-se de dor em repouso, o que e um sinal de mau pronostico. Os sintomas abaixo fazem parte do quadro clinico tambem, mais um deles não e especifico, podendo ser presente em pacientes idosos:

A. cãibras musculares noturnas da panturrilha
B. pendurar o membro afetado para fora da cama para alívio temporário dos sintomas
C. espessamento das unhas e rarefação de pêlos
D. evolução para perda tecidual
E. risco de infecção tecidual ou gangrena

    

 

17) Qual dos sintomas abaixo enumerados podem avisar sobre a iminência de expansão de um anuerisma aortico abdominal?

A. hemoptisia repetida, dor celiaca, melena e hematémese
B. erosão da coluna vertebral, saciedade precoce e vómitos
C. dispneia aguda em ausência de clinica broncopulmonar, refluxo hepato-jugular, sindrome de ombro dolorido
D. dor toracica com hipotensão, espasmo da musculatura abdominal, desconforto toracico e cefaleia forte vesperal
E. dorsalgia, dor abdominal de forte intensidade com irradiação para as costas, hipersensibilidade à palpação

    

 

18) As massas mediastínicas mais comuns são:

A. tumores neurogênicos
B. timomas
C. cistos primários
D. linfomas
E. tumores de células germinativas

    

 

19) Na frente de um paciente com colangite provocada pelo calculo, após o diagnóstico ultrassonografico a decisão seguinte mais correta é:

A. laparotomia para desobstruir o coledoco
B. papilotomia endoscópica de urgência
C. inserção de dreno no coledoco
D. colangio ressonância
E. antibioticoterapia

    

 

20) A pneumopatia infecciosa é a complicação mais freqüente da contusão pulmonar:

A. na criança
B. no paciente idoso
C. nas vítimas de contusões pulmonares graves
D. em caso de fraturas de costelas,
E. em caso de traumatismos toracicos fechados

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) Durante consulta ambulatorial de uma criança com 12 meses de vida, portadora de síndrome de imunodeficiência adquirida, que, aos seis meses de idade, esteve internada devido a uma pneumonia por p. carinii, a mãe informa o contato há dois dias, com um primo com sarampo. Verificando o seu calendário de vacinação, verificamos que o paciente recebeu três doses da vacina tríplice bacteriana e uma dose da vacina contra o sarampo. O lactente vem tomando acertadamente as drogas para a doença de base e o seu CD4 é de 200/mm³. A recomendação necessária, quanto à imunização deste paciente, é indicar imediatamente a:

A. vacina oral contra a poliomielite
B. vacina inativada contra a poliomielite
C. vacina oral contra a poliomielite e BCG-ID
D. vacina oral contra a poliomielite e imunoglobulina
E. vacina inativada contra a poliomielite e imunoglobulina

    

 

22) Criança com 18 meses apresenta quadro de otite média aguda. Os agentes mais freqüentes são:

A. Moraxella catarrhalis e Escherichia coli
B. Streptococcus B-hemolítico do grupo A e fungos
C. Streptococcus pneumoniae e Haemophilus influenzae
D. Streptococcus pneumoniae e Escherichia coli
E. Haemophilus influenzae e Moraxella catarrhalis

    

 

23) Criança que se apresenta com tendência de manter as pernas recolhidas intermitentemente em direção ao tórax enquanto chora, vomita, tem fezes sanguinolentas e possui uma massa abdominal com o formato de salsicha e alteração do estado mental tem como principal suspeita diagnostica:

A. intussuscepção
B. peritonite
C. volvulus ileal
D. tumor de Wilms
E. megadolicocolon

    

 

24) Acerca do leite materno é INCORRETO afirmar:

A. comparado ao leite maduro, o colostro apresenta maior concentração de proteínas, minerais e imunoglobulinas
B. o conteúdo de gordura é maior no final da mamada do que no início e diminui à medida que avança o dia
C. no leite de transição, ocorre um aumento de lipídios e lactose em relação ao colostro
D. o maior componente protéico do leite materno é a a lactalbumina
E. a mastite não contra-indica a amamentação

    

 

25) Os seguintes fatores são considerados no desenvolvimento de recomendações e esquemas para administrações de vacina, EXCETO:

A. a epidemiologia da doença
B. o nível de saneamento da comunidade
C. a morbidade e mortalidade específicas para a idade
D. a imunogenicidade vacinai
E. gastos e idades das consultas médicas de rotina recomendadas

    

 

26) Em relação a situações em que há restrição ao aleitamento materno, é correto afirmar que:

A. se a mãe apresentar vesículas de varicela até dois dias após o parto, recomenda-se o afastamento do bebê até as lesões adquirirem forma de crosta
B. mães com hanseníase não devem fazer o aleitamento ao seio porque a transmissão da doença para o bebê depende do contato prolongado entre eles
C. o aleitamento ao seio está contraindicado no caso de infecção materna por herpes simples, mesmo sem lesões herpéticas ativas nos seios
D. a infecção pelo vírus da hepatite C contraindica o aleitamento ao seio pela possibilidade de contaminação via sangue materno
E. a amamentação é uma contraindicação relativa em caso de HIV materno

    

 

27) Se um paciente tiver história de abscessos estafilocócicos ou infecções por Gram-negativos de repetição mais provável que:

A. ha deficiência de linfócitos T
B. há deficiência de celulas B
C. há infecção com HIV
D. há agamaglobulinemia
E. há defeitos de destruição por células fagocitárias

    

 

28) Adolescente de 11 anos, sexo masculino, foi internado em unidade de terapia intensiva pediátrica por ter iniciado febre e mal-estar há 24 horas. Nas últimas 12 horas, passou a apresentar lesões purpúricas generalizadas e obnubilação mental, evoluindo com quadro de meningite e choque séptico, falecendo no terceiro dia após o início do quadro. As hemoculturas e a cultura de liquor foram positivas para Neisseria meningitidis, sorogrupo B. Na história patológica pregressa, não há relato de nenhum episódio de infecção grave ou necessidade de internação hospitalar. Em relação à história familiar, os pais relataram serem primos em primeiro grau e terem outros filhos: um menino de seis anos e uma menina de quatro anos, sem história de infecções graves. Os irmãos do paciente foram avaliados em serviço especializado de imunologia pediátrica, e foi estabelecido um diagnóstico de imunodeficiência no menino. Um dos tios paternos do paciente teve diagnóstico de artrite gonocócica aos 22 anos. Em relação a esse caso, a imunodeficiência mais provável é:

A. agamaglobulinemia ligada ao cromossomo X
B. deficiência de lectina ligante de manose (MBL)
C. deficiência de componentes do complemento (C5 a C9)
D. doença granulomatosa crônica, variante ligada ao cromossomo X
E. síndrome Chediak-Higashi

    

 

29) O antídoto a ser utilizado em casos de intoxicação por acetaminofen é:

A. a clorpromazina
B. a N-acetilcisteína
C. o diazepam.
D. a naloxona
E. o flumazenil

    

 

30) Na avaliação do desenvolvimento neuromotor das crianças menores de 1 ano de idade, a pesquisa dos reflexos primitivos revela:

A. assim como reflexo patelar, os reflexos primitivos são do tipo arco-reflexo
B. os reflexos primitivos são a expressão clínica do desenvolvimento quase completo do sistema piramidal
C. o desaparecimento dos reflexos primitivos dá-se em único sentido, com uma cronologia razoavelmente marcada, das extremidades para o centro (centrípeto)
D. os reflexos primitivos vão desaparecendo no sentido crânio-caudal, à medida em que se mielinizam as vias piramidais
E. nenhuma das alternativas anteriores está correta

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) Doença hipertensiva vascular crônica grave (DHVC) na gestante tem sinais clinicos como:

I) eletrocardiograma com evidências de hipertrofia ventricular esquerda
II) escotomas
III) pressão arterial ≥ 150/100 mmHg
IV) descolamento de retina

São verdadeiras:

A. I, II, III, IV
B. I, II, III
C. I, II
D. I e III
E. apenas I

    

 

32) A principal ação dos anovulatórios orais é impedir a ovulação através do mecanismo de:

A. aumento da esteroidogênese do estroma ovariano
B. inibição do pico de gonadotropinas no meio do ciclo
C. manutenção dos níveis hormonais, exceto dos níveis de prolactina
D. bloqueio da produção de hormônio luteinizante na 1ª fase menstrual
E. aumento de gonadotropinas hipofisárias com conseqüente bloqueio de hormônio folículo-estimulante

    

 

33) Em casos menos graves de pré-eclampsia, o retardamento do parto pode ser adotado para se obter maior maturidade fetal. Tal conduta deve ser considerada nas seguintes situações, EXCETO:

A. a pré-eclâmpsia se desenvolver depois da 32ª semana
B. a hipertensão for discreta/moderada
C. as funções renal e hepática forem estáveis
D. não houver distúrbios da coagulação
E. não houver sofrimento fetal

    

 

34) A gravidez prossegue em caso de:

A. irregularidade do blastômero
B. anencefalia
C. agenesias serias (tipo acardia)
D. falta de blastoceles
E. conceptos nodulares

    

 

35) Sobre a hidralazina e VERDADE:

A. atua diretamente sobre a contratilidade miocardica
B. pode causar queda de pressão arterial via hipotálamo
C. não causa taquicardia
D. interfere no sistema angina-angiotensina
E. para agir, precisa de endotélio vascular hígido

    

 

36) Pode causar osteoporose a medicação prolongada com:

I. warfarina
II. glucocorticóides
III. tiroxina
IV. gabapentina

São verdadeiras:

A. I, II, III, IV
B. I, II, III
C. II, III
D. III, IV
E. I, IV

    

 

37) Uma grávida está sendo considerada em trabalho de parto se as seguintes condiçoes forem cumpridas:

I) existem contrações uterinas ritmicas cuja frequência e pelo menos 2-5 em 10 minutos
II) quando as contrações Braxton-Hicks viram percebíveis e doloridas
III) os movimentos uterinos podem produzir dilatação do orifício do colo
IV) a pressão intrauterina passa de 50 mm Hg

São verdadeiras:

A. apenas I, II e III
B. apenas I e II
C. apenas I e III
D. apenas II e III
E. apenas II e IV

    

 

38) Na menopausa as modificações do trato reprodutivo tem como causa principal:

A. o alto nível de dihidroepiandrosterona
B. o baixo nivel de estrona
C. o alto nível de progesterona
D. o alto nível de androstenediona
E. nenhuma das respostas acíma

    

 

39) Sobre o tipo II de crescimento intrauterino retardado é CORRETO afirmar que:

I) o prognostico desfavorável reside em inexistência de um tratamento eficaz
II) mecanismos de adaptação da circulação fetal são acionados no sentido de poupar órgãos mais nobres
III) é a mais frequente forma de CIUR
IV) o perímetro cefálico é nitidamente abaixo do esperado

São verdadeiras:

A. apenas II
B. I, II e III
C. III e IV
D. I e IV
E. II e III

    

 

40) A tuberculose uterina pode ser confirmada com:

A. histerosalpingografia
B. tomografia computerizada de abdômen
C. ultrassonografia transvaginal
D. tomografia com emissão de positrons
E. punção biópsia

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) Escolha a associação mais provável de riscos ocupacionais entre as atividades de trabalho relacionadas na coluna A aos agentes etiológicos de doenças ocupacionais relacionados na coluna B:

A. A2-B1. A3-B3. A4-B1. A5-B1. A1-B1
B. A4-B3. A5-B2. A1-B3. A2-B4. A5-B5
C. A1-B2, A2-B1, A3-B5. A4-B3. A5-B4
D. A3-B4, A4-B4, A5-B2, A1-B2, A2-B3
E. A5-B5. A1-B5. A2-B4, A3-B5. A4-B2

    

 

42) É correto afirmar que:

A. toda pessoa tem o direito de obter informações e esclarecimentos sobre assuntos pertinentes às ações e aos serviços de saúde, desde que faça um requerimento formal explicitando os motivos de sua solicitação.
B. as ações e os serviços de saúde abrangem o meio ambiente, os locais públicos e de trabalho, e os produtos, os procedimentos, os processos, os métodos e as técnicas relacionados à saúde.
C. o Código de Saúde e o Código Sanitário no estado de São Paulo não abrangem as ações e serviços de saúde da iniciativa privada.
D. eventuais danos causados ao indivíduo ou à coletividade por um agente público são de responsabilidade de seu conselho regional de classe.
E. os planos de saúde dos estados e dos municípios devem ser de conhecimento dos respectivos conselhos de saúde, que antes de aprová-los, devem realizar um plebiscito.

    

 

43) As pneumoconioses são causadas por:

A. inalação de poeiras de origem mineral e outros tipos de poeiras
B. inalação de vapores de niquel
C. inalação de vapores de enxofre
D. sobrecarga de trabalho
E. inalação de vapores de cádmio

    

 

44) Segundo o Ministério da Saúde, de 2002 a 2004, houve redução da mortalidade infantil de 9,9% no país. Entre os estados que tiveram taxa de mortalidade infantil menor que a média nacional estão São Paulo, Santa Catarina, Rio de Janeiro e Rio Grande do Sul. Você conclui que:

A. os dados nesses estados são mais fidedignos do que em outros.
B. os hospitais de maior complexidade devem ser mais numerosos e de melhor qualidade nesses estados.
C. as condições de vida, o acesso e a qualidade das ações e serviços de saúde devem ser melhores nesses estados.
D. a taxa de mortalidade proporcional por doenças infecciosas certamente é menor também nesses estados.
E. os coeficientes de letalidade das meningites, diarréias, câncer de pâncreas e tuberculose devem ser menores nesses estados.

    

 

45) "O sistema está montado na lógica da promoção à saúde – prevenção/atenção primária e atenção e secundária e terciária." Esse texto simboliza qual principio do SUS:

A. equidade
B. descentralização
C. regionalização
D. hierarquização
E. integralidade

    

 

46) São dispositivos da Lei Orgânica do Sistema Único de Saúde - SUS (Lei 8080/90), EXCETO:

A. a saúde é um direito fundamental do ser humano;
B. é dever do Estado garantir a saúde através da formulação de políticas que visem à redução de riscos de doenças e de outros agravos;
C. é dever do Estado assegurar acesso universal e igualitário às ações e aos serviços de saúde para sua promoção, proteção e recuperação;
D. o dever do Estado não exclui o das pessoas, da família, das empresas e da sociedade;
E. a iniciativa privada poderá participar do Sistema Único de Saúde (SUS), em caráter prioritário.

    

 

47) Criança nascida de parto normal aos 7 meses, aproximadamente, após gestação sem intercorrências. A mãe apresentou descolamento prematuro de placenta, chegando ao hospital em choque. A criança faleceu 1 hora após o nascimento. Com relação ao preenchimento da declaração de óbito da criança, pode-se afirmar que a causa básica e a terminal são, respectivamente:

A. descolamento prematuro de placenta e choque hemorrágico
B. descolamento prematuro de placenta e anóxia
C. anóxia e descolamento prematuro de placenta
D. anóxia e choque hemorrágico
E. anóxia e anóxia neonatal

    

 

48) Escolha a associação mais provável cie riscos ocupacionais entre as atividades de trabalho relacionadas na coluna A aos agentes etiológicos de doenças ocupacionais relacionados na coluna B.
A - Atividades Ocupacionais

B - Agente de doença ocupacional

A - Uso de solventes orgânicos
B - Galvanoplastia
C - Manipulação de sangue em Hospital
D - Fabricação de Termômetros
E - Radiologia e Radioterapia

1 - Hidrargirismo
2 - Síndrome da Imuno Deficiência Adquirida - AIDS
3 - Malformações Congênitas
4 - Aplasia de medula óssea
5 - Asfixia pelo gás cianídrico

A. A4; B5; C2; D1; E3
B. A1; B3: C5; D4; E2
C. A5; B4; C3; D2; E1
D. A2; B1; C4; D3; E5
E. A3; B2; C1; D5; E4

    

 

49) Uma paciente de 81 anos, hipertensa, diabética e com DPOC por tabagismo. Dá entrada no pronto socorro com quadro de dor na perna direita após queda da própria altura. Exames complementares diagnosticaram fratura de colo de fêmur direito. A cirurgia para correção da fratura foi realizada um dia após a queda, e ocorreu sem intercorrências. No terceiro dia de pós- operatório, evoluiu com dispnéia aguda, hipoxemia e instabilidade hemodinâmica, vindo a falecer no quarto dia de internação hospitalar. O preenchimento correto da parte um da declaração de óbito será (de cima para baixo):

A. TEP; Pós-operatório de cirurgia de colo de fêmur direito; Fratura de colo de fêmur direito; queda da própria altura.
B. Insuficiência respiratória aguda; DPOC descompensado; Pós-operatório de cirurgia de colo de fêmur direito; Fratura de colo de fêmur direito
C. Insuficiência respiratória aguda; Pós-operatório de cirurgia de colo de fêmur direito; Fratura de colo de fêmur direito; queda da própria altura
D. Queda da própria altura; Fratura de colo de fêmur direito; Pós-operatório de cirurgia de colo de fêmur direito; TEP
E. Pós-operatório de cirurgia de colo de fêmur direito; Fratura de colo de fêmur direito; queda da própria altura; DPOC

    

 

50) Estudos epidemiológicos devem ser sempre avaliados em relação à sua validade, sendo correto afirmar que:

A. se um estudo é qualificado como tendo validade externa, se assume que a informação gerada por este, se estenda a outras localidades
B. o termo acurácia não pode ser empregado como sinônimo de validade quando empregado no contexto de um processo de aferição
C. a validade de um estudo pode estar afetada se o processo de mensuração dos eventos é repetido várias vezes
D. a validade interna de um estudo diz respeito ao grau com que se encontra livre de erros aleatórios
E. utilizando a densidade da incidência podemos aumentar a validade do teste

    

 

 

SAIR