PROVA ONLINE
(EXPERIMENTAL)

SAIR

PARTE OBJETIVA

MEDICINA INTERNA (10 QUESTÕES)

1) São achados úteis quando há suspeita de nefropatia hipertensiva:

A. raça negra
B. proteinúria
C. início da HÁS depois 45 anos
D. causa primária para a hipertensão
E. a detecção de microalbuminúria

    

 

2) Um paciente de 60 anos, em acompanhamento na oftalmologia por ceratoconjuntivite seca, em uso de colírios lubrificantes, é encaminhado ao clínico por apresentar dispnéia e sensação de boca seca. Na primeira avaliação, o ecocardiograma, o RX de tórax e a TCAR encontram-se normais. Uma gasometria arterial revela os seguintes achados: pH = 7,10 PO2 = 96 mmHg PCO2 = 20 mmHg HCO3 = 9,0 mEq/L SatO2 = 98%. Bioquímica: Na = 140 mEq/L K = 2,8 mEq/L Cl = 120 mEq/L Gli = 88 mg/dL Uréia = 30 mg/dL Creatinina = 1,1mg/dL. O exame de urina mostra um pH = 6,0, que não se modificou após administração de NH4Cl (cloreto de amônio). O motivo provável da dispnéia é:

A. Acidose tubular renal tipo II
B. Acidose tubular renal tipo I
C. Acidose lática
D. Hipertensão arterial pulmonar
E. Síndrome de Fanconi

    

 

3) O achado de hipocalemia, relação aldosterona/renina menor que 30 e potássio urinário em coleta de urina 24h maior que 30 mEq sugere:

A. hiperaldosteronismo secundário ao uso de diurético ou outras perdas extrarenais
B. hiperaldosteronismo primário
C. heperaldosteronismo secundário ao uso de amiloride
D. hiperparatireoidismo primário
E. nenhuma das alternativas anteriores

    

 

4) Associam os seguintes efeitos adversos (esquerda) com os farmacos correspondentes (direita):

DIREITA

ESQUERDA
I Hidroxido de magnésio  A náusea, constipação, hipercalcemia e efeito rebote
II Bicarbonato de sódio  B depleção do fosfato (hipofosfatemia) com osteomalácea
III Carbonato de cálcio  C    constipação, desidratação, diarréia, fadiga, letargia, depressão respiratória
IV Hidróxido de alumínio  D alcalose sistêmica, irritabilidade, excitabilidade neuromuscular e tetania

Em seguida, indiquem a sequência CORRETA:

A. I-A, II-D, III-C, IV-B
B. I-B, II-D, III-A, IV-C
C. I-D, II-A, III-C, IV-B
D. I-C, II-D, III-A, IV-B
E. I-B, II-D, III-C, IV-A

    

 

5) Em relação a paciente com doença auto-imune e em uso crônico de corticosteróides, submetido a cirurgia para tratamento de múltiplos traumas e que apresente, no pós-operatório, hipotensão súbita e severa, febre, confusão mental e dor abdominal, deve-se considerar a hipótese de:

A. cetoacidose diabética
B. choque cardiogênico
C. embolia pulmonar
D. infarto enteromesentérico
E. insuficiência supra-renal aguda.

    

 

6) Sobre o simportador tireoidiano de sodio-iodeto e VERDADE:

A. está presente somente no tecido da tireoide
B. é uma lipoproteina
C. encontra-se dentro das mitocondrias das celulas foliculares
D. e controlada pelo gene NIS (solute carrier family 5 [sodium iodide symporter], member 5)
E. tem ação antagonista ao pendrina

    

 

7) É um achado sempre confirmatório de anemia sideroblastica:

A. a coexistência paradoxal de hipocromia com ferro sérico alto
B. a hipocromia e a microcitose eritrocitaria
C. a presença de hemoglobinuria com ferro serico alto
D. mais de 15% de sideroblastos em anel na mielograma
E. anemia normocitica com esplenomegalia e hepatomegalia

    

 

8) O cancer de tireoide induzido pela medicação com lítio, nas maioria dos casos é:

A. folicular
B. papilífero
C. colunar
D. mesenquimal
E. infiltrativo

    

 

9) Elementos celulares que expressam receptores de remoção de resíduos para as lipoproteínas modificadas, o que lhes permite ingerir lipídios. Os lipidios, sendo modificadas induzem a expressão de numerosas moléculas de adesão, quimocinas, citocinas pró-inflamatórias e outros mediadores da inflamação. A definição pertence aos:

A. adipocitos
B. monócitos
C. fibroblastos
D. plasmócitos
E. endotelócitos

    

 

10) Um paciente asmatico precisa utilizar 1 vez por dia broncodilatador inalatório para aliviar a respiração. Sobre esse paciente também saberemos, provavelmente, que:

1. apresente disconforto ao subir escadas
2. o PEF esteja em 75% do previsto
3. na semana passada teve crise nas noites de segunda, quinta e sábado
4. o mês passado teve uma internação com grande risco de vida por causa de uma crise asmatica

São verdadeiras:

A. há uma afirmação correta
B. há duas afirmações corretas
C. há tres afirmações corretas
D. todas as afirmações sáo corretas
E. não há afirmação correta

    

 

CIRURGIA (10 QUESTÕES)

11) Paciente do sexo masculino, de 71 anos, foi admitido no Serviço de Pneumologia com história queixa principal de tosse e tremor no braço esquerdo. Referia tosse, hemiparesia esquerda, convulsões focais em MSE e perda ponderal com inicio aproximadamente há cinco meses. A tosse era intensa e associada á expectoração mucóide e a uma dor pleurítica ventilatório-dependente no hemitórax direito. Não apresentava febre ou dispnéia. Após dois meses, passou a apresentar paresia em MIE, prejudicando deambulação. Referia ainda vários episódios de convulsões focais no MSE, quase que diários, e perda ponderal de 7kg durante o mesmo período. O paciente apresentava no seu histórico médico hipertensão arterial sistémica, em tratamento irregular, tabagismo dos 15 aos 50 anos (fumava quatro cigarros/dia) e etilismo importante (1 litro de aguardente/dia). Ao exame físico apresentava-se com estado geral regular, eupneico, orientado, hipocorado, apresentando numerosos lipomas no tórax e abdómen com diferentes dimensões. Apresentava fácies acromegálica, pés e mãos grandes, macroglossia e fala arrastada. Sobre este caso e VERDADE que:

A. uma tomografia computerizada de sela turcica normal combinada com niveis altos de IGF (insuline-growth-factor) levantam uma forte suspeita de cancer broncopulmonar com sindrome paraneoplasico
B. os sintomas de acromegalia deste paciente sugerem muito provavel um adenocarcinoma de nao-pequenas celulas
C. o mais importante fator de risco por esse paciente foi o consumo diário de alcool forte
D. a sintomatologia neurologica e muito provavelmente causada pela compressão do simpatico cervical
E. a terapia de escolha e cirurgia com pneumectomia total direita

    

 

12) Para avaliar e monitorizar a reposição hidrica nos pacientes com pancreatite aguda e hipovolemia e CORRETO utilizar:

A. a diurése
B. o pulso periferico
C. a pressão arterial central
D. o hematócrito
E. gasometria arterial

    

 

13) O síndrome compartimental abdominal manifesta-se com as seguintes modificações, EXCETO:

A. hipoxemia
B. hipercarbia
C. diminuição do débito urinário
D. hipercaliemia
E. aumento do pico inspiratório de pressão

    

 

14) A modalidade doagnostica de primeira escolha no caso de suspeita de um câncer gástrico com base na história e no exame físico é:

A. a radiologia gastrintestinal com bário de duplo contraste
B. a USE (ultrasonografia endoscopica
C. a endoscopia superior flexível
D. a computer-tomografia (TC)
E. a laparoscopia

    

 

15) Sobre o tecido pancreatico ectópico e VERDADE:

A. surge durante o desenvolvimento embrionário, durante a fusão dos brotos pancreáticos direito e esquerdo
B. o sintoma mais frequentemente encontrado é a dor abdominal
C. no caso de localização submucosa a endoscopia e o padrão-ouro do diagnostico
D. o alto risco de displasia e cancer embrionario é a justificativa para a ressecção precoce
E. possivelmente está ligado a uma história de tabagismo ou alcoolismo inveterado

    

 

16) Um paciente de 22 anos foi atingido por uma pedra na parte lateral esquerda da cabeça durante uma briga à saída do estádio de futebol. Após descansar por alguns minutos e observar inchaço na região, dirigiu-se para sua casa. Três horas após passou a apresentar cefaléia de forte intensidade acompanhada de náuseas e vômito. Enquanto era levado ao hospital por seus familiares, foi progressivamente ficando sonolento. Ao exame de entrada o paciente estava comatoso, apresentava hemiparesia direita e anisocoria. O diagnóstico mais provável e sua respectiva etiologia são:

A. tumefação cerebral, lesão da artéria cerebral média
B. brain swelling, distúrbio da vasomotricidade cerebral
C. contusão frontal, lesão de veias em ponte
D. hematoma subdural sub-agudo, lesão de veias em ponte
E. hematoma extra-dural, lesão da artéria meníngea média

    

 

17) Um paciente do sexo masculino, de 60 anos, chega à emergência referindo dor epigástrica intensa que surgiu após sua última refeição, com aproximadamente uma hora de duração. Está visivelmente sudoreico, referido mal-estar e vômitos ocasionais. A conduta prioritária deve ser:

A. obter anamnese e exame físico completo para posterior definição dos procedimentos necessários
B. solicitar ECG imediatamente
C. solicitar rotina de abdome agudo
D. obter acesso venoso superficial, oxigênio suplementar e monitorização cardíaca
E. introduzir um cateter nasogástrico para alívio sintomático e obter acesso venoso para reposição eletrolítica.

    

 

18) Das lesões colorretais abaixo descritas, a que apresenta maior potencial de malignização é:

A. doença diverticular do colo
B. adenoma tubular
C. hamartomas do colo
D. doença de Crohn do colon
E. adenoma viloso.

    

 

19) As massas mediastínicas mais comuns são:

A. tumores neurogênicos
B. timomas
C. cistos primários
D. linfomas
E. tumores de células germinativas

    

 

20) No tratamento de um paciente com coronariopatia e níveis de triglicérides de 200 mg/dL e LDL colesterol de 142 mg/dL, pode-se afirmar que:

A. a dieta isolada é suficiente para o controle dos lípides séricos
B. o fenofibrato tem a capacidade de elevar os níveis de HDL colesterol e reduzir significativamente os níveis de LDL colesterol e triglicérides
C. as estatinas são mais efetivas no controle do LDL colesterol com pequena ação sobre os triglicérides
D. a associação de fibratos e estatinas é a melhor conduta, pois além de reduzir melhor o LDL colesterol, é isenta de efeitos colaterais cumulativos
E. o uso de estatinas é efetivo no controle do LDL colesterol, mas não tem nenhuma ação sobre os triglicérides

    

 

PEDIATRIA (10 QUESTÕES)

21) Quais crianças necessitam de entubação:

A. esforço respiratório excessivo
B. escore Glasgow abaixo de 10
C. exacerbação dos reflexos protetores da via aérea
D. qualquer recém nascido com Apgar menor de 7
E. prematuros

    

 

22) A doença cronica considerada como a mais frequente na infãncia é:

A. a anemia ferropriva
B. a intolerãncia ao gluten
C. a asma bronquica
D. a doença de refluxo gastroesofagico
E. a intolerãncia á proteina de leite de vaca

    

 

23) Pré-escolar de quatro anos de idade é atendido no pronto-socorro com história de febre de 40ºC há 12 horas, prostração, voz abafada, dificuldade respiratória progressiva e respiração ruidosa. Ao exame de entrada apresenta-se toxemiado, com estridor inspiratório e retrações torácicas, mantendo-se em posição tripóide. A conduta inicial é:

A. oferecer oxigênio e administrar corticosteróide endovenoso
B. oferecer oxigênio e realizar radiografia lateral de pescoço
C. oferecer oxigênio, promover intubação traqueal em centro cirúrgico e administrar antibiótico endovenoso
D. oferecer oxigênio, administrar corticosteróide endovenoso e inalação com epinefrina
E. oferecer oxigênio, administrar corticosteróide e antibiótico endovenoso e inalação com epinefrina

    

 

24) Um lactente de 40 dias, é levado ao ambulatório sem queixas. Ao exame apresenta estrabismo convergente discreto. Para que se possa considerar o estrabismo como conseqüência normal do crescimento, é de se esperar que ele desapareça até a idade aproximada, em meses de:

A. 1-2
B. 4-6
C. 10-12
D. 12-14
E. 14-18

    

 

25) Escolar de cinco anos de idade apresenta, há mais de 2 anos, quadro de agitação freqüente de mãos e pés, não consegue aguardar a sua vez de falar e de permanecer sentado durante as aulas no colégio. Insiste em escalar móveis de todas as casas que freqüenta. Corre em situações inapropriadas, interrompe as atividades dos colegas e emite respostas precipitadas. A droga mais indicada para tratamento deste paciente é:

A. fenobarbital
B. haloperidol
C. diazepam
D. metilfenidato
E. carbamazepina

    

 

26) ITU na criança pode cursar com ____________ sem outros sintomas. Podemos completar o espaço da afirmação com:

A. leucocitose
B. piuria
C. febre
D. vómito
E. cefaléia

    

 

27) Um adolescente saudável de 16 anos de idade chega ao seu consultório acompanhado dos pais, que estão preocupados com uma história de vários meses de comportamento instável por parte do rapaz. Às vezes ele tem mais energia, redução do apetite e menos necessidade de sono do que o habitual; em outras ocasiões ele dorme incessantemente e mostra-se letárgico. Seu rendimento escolar é insatisfatório. Na noite passada, chegou corado e agitado, com pupilas dilatadas e queixou-se de que "pessoas estavam lhe perseguindo". Os pais acrescentam que ocasionalmente ele falta à escola e relatam com certa relutância que o filho foi preso por furto há 2 semanas.Você sabe que ele goza da boa saúde e que anteriormente demonstrava ser excelente aluno. Hoje, ele tem aparência normal. Qual é o diagnóstico mais provável?

A. neurose
B. esquizofrenia
C. transtorno bipolar
D. tumor cerebral
E. uso abusivo de drogas

    

 

28) Em lactentes e crianças pequenas o disturbio metabolico que mais causa apneia é:

A. hipoglicemia
B. hipocalemia
C. hipertermia
D. acidose respiratoria
E. hipotireoidismo

    

 

29) Para o diagnóstico da Doença de Kawasaki usa-se a presença de febre por mais de cinco dias de duração e a presença de quatro dos cinco critérios maiores. Assinale entre as opções abaixo, aquela que apresenta quatro dos critérios maiores:

A. edema de mãos e pés, hiperemia da conjuntiva ocular, exantema, adenite cervical
B. descamação palmo plantar, esplenomegalia, adenomegalia cervical, petéquias
C. descamação peri-ungueal, adenomegalia, hepatomegalia, artralgia
D. aneurisma coronariano, trombocitose, PCR elevado, exantema
E. exantema polimorfo, piúria estéril, esplenomegalia, icterícia

    

 

30) A antibioticoterapia instituída para a otite média em lactentes de 12 a 24 meses deve prever a cobertura de:

A. Streptococcus pneumoniae e Streptococcus Beta hemolítico do grupo A
B. Haemophilus influenzae e Streptococcus Beta hemolítico do grupo A
C. Haemophilus influenzae e Streptococcus pneumoniae
D. Moraxella catarrhalis e Streptococcus pneumoniae
E. Moraxella catarrhalis e Staphylococcus aureus

    

 

OBSTETRICIA GINECOLOGIA (10 QUESTÕES)

31) A falha estrogenica no climatério NÃO causa:

A. espessamento do epitelio vaginal
B. favorece a invasão bacteriana na vagina
C. encurtamento do cervix
D. atrofia de utero
E. hiperemia da mucosa vaginal

    

 

32) Sobre os pólipos endometriais é CORRETO afirmar:

I) têm baixo potencial de malignidade
II) manifestam-se sintomatico preponderente na menopausa,durante a menacme as sintomas leves sendo mascarados pelo ciclo menstrual
III) a ocorrência na menacme resulta em diminuiçãode receptores estrogênicos e progesteronicos
IV) a sintoma mais comum , tanto na menacme quanto pós-menopausa é a dor hipogástrica

São verdadeiras:

A. I, II, III
B. I e II
C. I e III
D. III e IV
E. apenas II

    

 

33) Sobre a fisiologia do ciclo menstrual consideram as afirmações:

I) a membrana do Slavianski uma camada de células granulares que representa a estrutura originaria dos foliculos
II) o estado de ovogonia pode ser encontrado na puberdade quanto nas mulheres antes de menstruação
III) a evolução começa no momento que a secreção de LH abaixa até o nível mínimo
IV) caso que não aconteceu a fecundação a mulher elimina o ovocito II

São verdadeiras:

A. I, II, III
B. I, III, IV
C. II e IV
D. III e IV
E. todas

    

 

34) Entre os exames paraclinicos abaixo de maior utilidade para o diagnostico de descolamento de placenta é:

A. um exame de urina que mostra proteinuria (albuminuria)
B. área linear ou bicôncava, bem delimitada e sem eco na ultrassonografia
C. o teste do Kleihauer positivo
D. modificações do liquido amniótico na amnioscopia
E. prorrogação do Tempo Quick (protrombina) e Howell (tromboplastina)

    

 

35) No intúito de calcular a idade gestacional e ERRADO:

A. considerar a duração média da gestação de 280 dias (a partir da DUM)
B. considerar a duração média da gestação de 40 semanas (a partir da DUM)
C. acrescentar 7 dias para as multíparas ao 1º dia da DUM e adicionar 9 meses ao mês em que ocorreu a última menstruação
D. acrescentar 10 dias para as primigestas ao 1º dia da DUM e adicionar 9 meses ao mês em que ocorreu a última menstruação
E. sendo a data é o período da última menstruação desconhecidos considerar a DUM no começo do mês mais proximo do momento que a gravida percebeu a amenorreia

    

 

36) São sinais de pré-eclampsia grave, que requerem a imediata interrupção da gravidez:

I) diastólica acima de 110 mmHg
II) distúrbios visuais
III) desidrogenase láctica aumentada (LDH)
IV) vômitos

São verdadeiras:

A. I, II, III, IV
B. I, II, III
C. I, II
D. II e III
E. apenas IV

    

 

37) O acompanhamento da parturiente na sala de parto deve incluir:

I) ausculta do BCF de hora/hora
II) toque vaginal a cada 2h
III) procedimentos de avaliação materna
IV) ultrassonografia

São verdadeiras:

A. apenas I, II e III
B. apenas II e III
C. apenas III e IV
D. apenas I e IV
E. apenas I

    

 

38) Indica a definição da incontinência urinaria verdadeira:

A. incontinência com sensação de emergência (urgência) no caso de uma vesícula estável
B. o detrusor vesical tem contrações involuntários, que não podem ser inibidas voluntariamente.
C. perda de urina devida ao aumento da pressão intra-abdominal, sem a intervenção do músculo detrusor
D. retenção urinaria com sobrecarga subseqüente
E. incontinência devida ao mecanismo uretral esfincterian desviado (tipo fistulas, ureteras ectópicas, divertículos uretrais)

    

 

39) Sobre a conduta frente a uma pré-eclampsia e CORRETO afirmar que:

A. se já houver maturidade pulmonar fetal, a gravidez deverá ser interrompida
B. o prognostico e melhor quando a pré-eclâmpsia se desenvolve antes da maturidade fetal
C. se a pressão arterial for apenas moderadamente elevada a pré-eclampsia pode remitir-se espontaneamente
D. a conduta frente a pré-eclampsia é geralmente decidida com base na presença ou ausência do quadro convulsivo
E. nunca deve ser tentado ou indicado o parto via vaginal

    

 

40) Em caso de pré-eclampsia mal-tratada existe o maior risco de morte materna que acontece devido á:

A. trombose da veia renal
B. falência hepática
C. hemorragia cerebral
D. desidratação aguda
E. insuficiência cardíaca global

    

 

 

SAUDE PUBLICA (10 QUESTÕES)

41) Sobre a perda auditiva induzida pelo ruído (PAIR). podemos alirmar que:

A. o nível absoluto máximo de ruído suportável por qualquer pessoa é de 100dBA
B. quanto maior a intensidade do ruído e o tempo de exposição, maior será a probabilidade de lesão auditiva
C. a partir de 90dBA de ruído, a probabilidade de lesão auditiva independe do tempo de exposição
D. a intensidade do ruído é o único fator determinante a provocar lesão auditiva
E. o tempo de exposição ao ruído não interfere na lesão auditiva

    

 

42) A definição correta da morte materna:

A. a morte de uma mulher por causas obstétricas diretas ou indiretas mais de 42 dias mas menos de um ano após o término da gravidez
B. a morte da mulher durante a gestação ou dentro de um período de 42 dias após o término da gestação
C. a morte da mulher durante a gestação ou nas proximas 24 horas pós-parto
D. todos os casos de óbitos maternos, tanto por causas obstétricas diretas, como indiretas, que ocorreram em até 7 dias após o término da gestação.
E. as mortes por causas obstétricas (diretas ou indiretas) que ocorreram após 42 dias do término da gestação, bem como as mortes relacionadas com a gravidez

    

 

43) Sobre ensaios clínicos com mascaramento, é correto afirmar que:

A. condições graves e desfecho fatal não devem ser trabalhados com ensaios cegos
B. o ensaio é simples cego, quando apenas os pacientes participantes conhecem a distribuição dos grupos
C. a melhor maneira de proteção contra vícios das idéias preconcebidas do investigador e do participante é realizar o ensaio duplo cego
D. nos estudos triplos cegos, os patrocinadores ou financiadores da pesquisa intencionalmente ignoram a posição dos participantes de ensaio
E. todas as afirmações são falsas

    

 

44) Os dados abaixos são de um município brasileiro em 2000:

A Razão de Mortalidade Proporcional deste Município é:

A. muito boa, correspondendo 80%
B. razoável, muito semelhante ao índice nacional
C. ruim, pois está abaixo de 50%
D. muito boa, correspondendo a 45%
E. impossível de calcular

    

 

45) A União, os estados, o Distrito Federal e os municípios devem exercer, em seu âmbito administrativo, entre outras, as seguintes atribuições:

A. elaboração da proposta orçamentária do Sistema Único de Saúde-SUS, mesmo que sem conformidade com o plano de saúde;
B. participação de formulação da política e da execução das ações de saneamento básico e colaboração na proteção e recuperação do meio ambiente.
C. realização de pesquisas e estudos na área de saúde, desde que aprovados pelo Senado Federal.
D. acompanhamento, avaliação e divulgação do nível de saúde da população humana e de animais domésticos.
E. participação na formulação e na execução da política de formação e desenvolvimento de recursos humanos para a saúde e para a educação.

    

 

46) Das informações abaixo, a mais útil. sob o aspecto epidemiológico, para a tentativa de identificar possíveis fontes de infecção, é a:

A. data da primeira visita ao médico
B. data do inicio dos sintomas
C. data do diagnóstico
D. data da notificação do caso
E. data da confirmação do caso

    

 

47) Uma revisão sistematica que junta uma analise estatistica se chama:

A. estudo pareado
B. estudo primário
C. minianálise
D. metanálise
E. estudo quase-experimental

    

 

48) Sobre o programa de saúde da família, marque a INCORRETA:

A. Mediante a adscrição de clientela, as equipes Saúde da Família estabelecem vínculo com a população, possibilitando o compromisso e a co-responsabilidade destes profissionais com os usuários e a comunidade.
B. É entendida como uma estratégia de reorientação do modelo assistencial, operacionalizada mediante a implantação de equipes multiprofissionais em unidades básicas de saúde.
C. As equipes são compostas, no mínimo, por um médico de família, um enfermeiro, um auxiliar de enfermagem e 3 agentes comunitários de saúde. Porém pode contar ainda com um dentista.
D. Cabe ao Município definir e implantar o modelo de atenção básica em seu território; contratualizar o trabalho em atenção básica; e manter a rede de unidades básicas de saúde em funcionamento.
E. O programa de Saúde da Família tem produzido resultados positivos nos principais indicadores de saúde das populações assistidas, dentre eles podemos citar a redução da mortalidade infantil.

    

 

49) Sobre indicadores de saúde indique o item INCORRETO:

A. a qualidade de um indicador depende das propriedades dos componentes utilizados em sua formulação (freqüência de casos, tamanho da população em risco, etc.) e da precisão dos sistemas de informação (registro, coleta, transmissão dos dados, etc)
B. Taxa Bruta de Natalidade elevada está relacionada a baixas condições sócio-econômicas e a aspectos culturais da população
C. o grau de excelência de um indicador deve ser definido por sua validade (capacidade de medir o que se pretende) e confiabilidade (reproduzir os mesmos resultados quando aplicados em condições similares)
D. quando a Taxa de Mortalidade Infantil é alta o componente pós-neonatal é predominante. Quando baixa, o seu principal componente é a mortalidade neonatal
E. os indicadores de saúde refletem, de maneira geral, o nível de saúde da população, mas não podemos inferir deles noções acerca do nível sócio-econômico da população.

    

 

50) O método epidemiológico NÃO:

A. é adequado para o estudo e controle das doenças sexualmente transmissíveis
B. é inadequado para a avaliação e planejamento dos serviços de saúde.
C. é utilizado com sucesso na determinação da história natural das doenças não infecciosas
D. pode ser usado para estimar os riscos de adoecer de uma população exposta aos efeitos adversos.
E. tem sido empregado para o estudo de atitudes e de comportamento social em pesquisas sociológicas.

    

 

 

SAIR