USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 


370 USUARIOS INSCRITOS
120 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES
708 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5367 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2125 DE PEDIATRIA, 1202 DE CIRURGIA, 188 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA

77 QUESTÕES DISSERTATIVAS
128 CASOS CLINICOS

CUSTO DA ASSINATURA? ZERO REAIS E ZERO CENTAVOS POR MÊS!



OBJETIVA:
A criança com rinosssinusite pode manifestar as seguintes sintomas, EXCETO:
A. tosse e secreção nasal
B. febre de até 39º C, secreção nasal francamente purulenta e edema orbitário.
C. tosse que ocorre durante o dia e piora quando a criança encontra-se em posição supina
D. dor facial, cefaléia, edema e sensibilidade a percussão da face
E. febre, respiração com um odor desagradável, sensação de pressão em região frontal e diminuição do olfato

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
1) Defina a Síndrome da Resposta Inflamatória Sistêmica (SIRS) em pediatria. 0,3 pontos
2) Defina a sepse para a faixa etária pediátrica. 0,1 pontos
3) Defina a sepse grave em pacientes pediátricos. 0,1 pontos

CASO CLINICO:

Paciente do sexo masculino, 54 anos, com queixa de pirose retroesternal de longa data (há mais de 10 anos), com piora progressiva nos últimos 2 anos.

Vem apresentando regurgitação, principalmente no período noturno.

Teve emagrecimento de 2 kg nos últimos 12 meses (índice de massa corporal atual de 33 kg/m2).

Realizada endoscopia digestiva alta, observou-se ulceração esofágica, com friabilidade e presença de mucosa de aspecto róseo-avermelhado, circunferencial, com 4 cm de extensão, projetando proximalmente a partir da junção escamo-colunar. Foram realizadas biópsias da região da junção gastro-esofágica, cujo corte histológico é apresentado abaixo.

1) Qual o diagnóstico para esse paciente? - 0,1 pontos

2) Qual é o prognóstico para esse paciente? - 0,1 pontos

3) Qual é o planejamento terapêutico a ser instituído para esse paciente? - 0,3 pontos