m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

 


usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



583 USUARIOS INSCRITOS

99 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

710 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5488 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2241 DE PEDIATRIA, 1204 DE CIRURGIA, 191 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA
93 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 133 CASOS CLINICOS

 

 

 

 


LIDERES DAS PROVAS - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA AQUI:
Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    TARGIGNIS 137.00 7.829 7
2.    ROSA MARIA 127.00 7.257 7
3.    ANGELINA 119.00 6.800 7
SURPRESAS PARA OS ASSINANTES QUE ESTÃO USANDO A PLATAFORMA DE PROVAS ONLINE!
EM BREVE, NOSSO PATROCINADOR VAI OFERECER PREMIOS SUBSTANCIAIS EM DINHEIRO PARA OS USUARIOS COM AS MELHORES PONTUAÇÕES NAS PROVAS!

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDAS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA:
Sobre a ferritina pode afirmar-se:
A. é constituida de grumos insolúveis de ferro
B. quase sempre é encontrada nos lisossomos, principalmente, dos histiócitos e das células de Kupffer no fígado
C. comunica com a superfície intracelular do enterócito por meio de seis canais
D. é inibida pela ação quelante da cisteina
E. é a principal proteína responsável pelo transporte do ferro do lúmen intestinal para o interior dos enterócitos

Sobre a ferritina pode afirmar-se:

A. é constituida de grumos insolúveis de ferro
INCORRETO: O ferro liberado ou assume suas funções metabólicas, ou agrega-se em grumos. Esses grumos coalescem num aglomerado dentro dos lisossomos denominados hemossiderina
B. quase sempre é encontrada nos lisossomos, principalmente, dos histiócitos e das células de Kupffer no fígado
INCORRETO : essa também é característica da hemosiderrina e não da ferritina. Hemossiderina é uma outra proteína de armazenamento de ferro quase sempre encontrada nos lisossomos, principalmente, dos histiócitos e das células de Kupffer no fígado
C. comunica com a superfície intracelular do enterócito por meio de seis canais
CORRETO : A ferritina é constituída de uma proteína denominada apoferritina e pelo ferro. A apoferritina é uma proteína esférica de peso molecular aproximado de 450.000 dáltons, que se comunica com a superfície intracelular do enterócito por meio de seis canais, pelos quais o ferro pode entrar (e depositar-se como mi-crocristais de óxido férrico) ou sair
D. é inibida pela ação quelante da cisteina
INCORRETO : pelo contrário, a mobilização do ferro da ferritina requer a ação de agentes quelantes e redutores como ácido ascórbico, glutationa e cisteína, que penetram no interior da molécula pelos canais da ferritina, atingindo o seu núcleo, no qual reduzem o ferro para a sua forma ferrosa
E. é a principal proteína responsável pelo transporte do ferro do lúmen intestinal para o interior dos enterócitos
INCORRETO : A DMT1 (Transportadora de Metal Divalente-1), localiza-se na superfície apical dos enterócitos duodenais e, até o momento, é considerada a principal proteína responsável pelo transporte do ferro do lúmen intestinal para o interior dos enterócitos e do endossomo do eritroblasto para o citoplasma

Gabarito:  C

DISCURSIVA:
Enumeram as quatro manobras clinicas provocativas para avaliação de um paciente com sindrome de desfiladeiro toracico (0,5 pontos)

Enumeram as quatro manobras clinicas provocativas para avaliação de um paciente com sindrome de desfiladeiro toracico (0,5 pontos)

Foram descritas quatro manobras clínicas provocativas para avaliação de um paciente com suspeita de SDT. A perda ou a redução no pulso radial ou da reprodução dos sintomas neurais sugere um teste positivo.

(1) O teste de Adson (escaleno) provoca um estreitamento do espaço entre os escalenos anterior e médio, resultando em compressão da artéria subclávia e do plexo braquial. O paciente é instruído a inspirar maximamente e parar de respirar enquanto o seu pescoço é estendido completamente e a cabeça é girada na direção do lado afetado.Redução ou perda do pulso radial ipsilateral sugere compressão. (0,125 p)

(2) O teste de Halstead (costoclavicular) é usado para estreitar o espaço costoclavicular entre a primeira costela e a clavícula, deste modo causando compressão neurovascular. O paciente é instruído a colocar os seus ombros em uma posição de militar (recuados para trás e para baixo). Esta manobra causará modificações no pulso radial, se houver presente compressão de uma ou de ambas as artérias subclávias. (0,125 p)

(3) O teste de Wright (hiperabdução) leva a uma compressão das estruturas neurovasculares na região subcoracóide pelo tendão do peitoral, pela cabeça do úmero ou pelo processo coracóide. Para realizar esse teste, o braço do paciente é hiperabduzido 180 graus. Suspeita-se de compressão mediante redução ou perda do pulso radial. (0,125 p)

(4) O teste de Roos é realizado solicitando-se que o paciente abduza do seu braço 90 graus com uma rotação externa do ombro. Mantendo esta posição corporal, o teste de Roos modificado é realizado abrindo-se e fechando-se a mão rapidamente durante 3 minutos em uma tentativa de reproduzir os sintomas. (0,125 p)

FONTE:
http://www.misodor.com/PAREDETORACICAEPLEURA.html

CASO CLINICO:
Um homem de 52 anos dá entrada na Emergência referindo dor subesternal de início há cerca de 2 horas, em queimação, após esforço físico. Mesmo após ter repousado por alguns minutos a dor persistiu e resolveu então procurar o setor de Emergência. É tabagista, dislipidêmico e hipertenso, fazendo uso de atorvastatina e atenolol, 50 mg/dia. Exame físico: PA = 90 x 60 mmHg, FC = 60 bpm; lúcido, orientado, acianótico, anictérico, cabeça e pescoço sem alterações; RCR e presença de B4, pulmões limpos, abdome sem visceromegalias e membros nada digno de nota. O ECG foi realizado:

a) Qual o diagnóstico?
b) Cite os principais fatores de risco para doença cardiovascular apresentados pelo paciente.
c) Descreva o tratamento adequado para o caso.
d) Cite uma droga proscrita frente a esse caso.


a) Qual o diagnóstico?
IAM com supra de ST inferior (0,0625 p) e de ventrículo direito.(0,0625 p)
b) Cite os principais fatores de risco para doença cardiovascular apresentados pelo paciente:
Tabagismo (0,0625 p), dislipidemia (0,0625 p) e hipertensão arterial.(0,0625 p)
c) Descreva o tratamento adequado para o caso:
Infusão de SF 0,9% (0,0625 p) e trombólise ou angioplastia primária (0,0625 p).
d) Cite uma classe de remédios prescrita frente a esse caso:
Nitratos. (0,0625 p)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.