m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



820 USUARIOS INSCRITOS

166 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

712 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5813 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1276 DE CLINICA, 2513 DE PEDIATRIA, 1206 DE CIRURGIA, 201 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 339 DE SAUDE PUBLICA
98 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 135 CASOS CLINICOS


CLASSIFICAÇÃO I CONCURSO SETEMBRO 2019
VEJA A CLASSIFICAÇÃO INTEIRA AQUI
Pos. Nickname Pontuação Premio Provas
1.   LULALIVRE 308.00    300 R$  10
2.   YURIKANG 215.00      3
3.   TERRY_BUENO 113.00      5
4.   MO 109.00      5
5.   MARIA 89.00      4
6.   DAMIAN 68.00      4

"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    LULALIVRE 308.00 8.220 10
2.    MO 261.00 8.700 12
3.    YURIKANG 215.00 6.333 3

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDOS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA: (16684 votos)..........58.95% das questões objetivas receberam votos.
Você atende no ambulatório um escolar de 8 anos acompanhado pela mãe e a mesma traz uma carta da escola que relata um mau desempenho escolar associado a dificuldade de concentração e excesso de conversa. Segundo a professora a criança não consegue permanecer por mais de poucos minutos em sua cadeira, levantando-se constantemente. Este fato prejudica o bom andamento da aula. A mãe refere que em casa a criança fala excessivamente, não é capaz de se concentrar para fazer seu dever de casa, além de incomodar os irmãos e as visitas com sua constante agitação. Qual é sua principal hipótese diagnóstica e o tratamento farmacológico de primeira linha indicado, caso se confirme o diagnóstico?
A. Transtorno obsessivo compulsivo / Haloperidol
B. Autismo / Clorpromazina
C. Ausência / Ácido Valpróico
D. Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade / Ritalina
E. Epilepsia do lobo temporal / Carbamazepina

  RATING: 0

Você atende no ambulatório um escolar de 8 anos acompanhado pela mãe e a mesma traz uma carta da escola que relata um mau desempenho escolar associado a dificuldade de concentração e excesso de conversa. Segundo a professora a criança não consegue permanecer por mais de poucos minutos em sua cadeira, levantando-se constantemente. Este fato prejudica o bom andamento da aula. A mãe refere que em casa a criança fala excessivamente, não é capaz de se concentrar para fazer seu dever de casa, além de incomodar os irmãos e as visitas com sua constante agitação. Qual é sua principal hipótese diagnóstica e o tratamento farmacológico de primeira linha indicado, caso se confirme o diagnóstico?

A. Transtorno obsessivo compulsivo / Haloperidol
INCORRETO: veja a resposta da alternativa D
B. Autismo / Clorpromazina
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D
C. Ausência / Ácido Valpróico
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D
D. Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade / Ritalina
CORRETO : O Transtorno do déficit de atenção e hiperatividade deve ser a principal hipótese diante deste escolar que apresenta estas alterações de comportamento. O diagnóstico é confirmado através de um questionário (“check-list”) com a mãe e também na escola com o educador. Seis ou mais sintomas que persistem há pelo menos 6 meses confirmam o diagnóstico. É importante que estas alterações de conduta sejam observadas em 2 ambientes diferentes (Ex.:casa e escola). O tratamento de 1ª linha é feito com estimulantes como os metilfenidatos (Ex.: Ritalina).
E. Epilepsia do lobo temporal / Carbamazepina
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (0)
DISCURSIVA: (3828 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
1) Qual é a relação entre o ritmo cardiaco achado na parada cardiorespiratoria e a sobrevivência? - 0,1875 pontos
2) Quantos tipos de parada cardíaca tem a criança? - 0,125 pontos
3) Qual é a definição da parada cardiorespiratoria? - 0,1875 pontos

RATING: 3.15

1) Qual é a relação entre o ritmo cardiaco achado na parada cardiorespiratoria e a sobrevivência? - 0,1875 pontos
2) Quantos tipos de parada cardíaca tem a criança? - 0,125 pontos
3) Qual é a definição da parada cardiorespiratoria? - 0,1875 pontos

1) Qual é a relação entre o ritmo cardiaco achado na parada cardiorespiratoria e a sobrevivência?

Um ritmo de apresentação chocável (FV ou TVSP) confere mais chances da pessoa ser ressuscitada. (0,0625 p)

Os ritmos não-chocáveis (por exemplo, assistolia) não passa duma sobrevivência de 7% a 24%. (0,0625 p)

No mesmo tempo se uma FV/TVSP se desenvolve como um ritmo secundário durante uma tentativa de ressuscitação (isto é, não como o ritmo da PCR inicial) em crianças hospitalizadas, a sobrevivência é menor do que a observada em PCRs com ritmos não chocáveis (0,0625 p)

2) Quantos tipos de parada cardíaca tem a criança?

Há dois tipos de parada cardíaca em criança:

  1. Parada hipóxica (0,0625 p)
  2. Parada cardíaca súbita (0,0625 p)

3) Qual é a definição da parada cardiorespiratoria?

O processo em si é uma cessação da circulação sanguínea. (0,0625 p) Ou seja, a ausência ou ineficácia da atividade mecânica cardíaca. (0,0625 p) Não há pulso detectável neste momento. (0,0625 p)

FONTE:
MISODOR.COM - URGÊNCIAS PEDIATRICAS (CIRCULATION)

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.15)

CASO CLINICO: (5407 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Criança de 5 anos e 8 meses, conhecido com anemia falciforme apresentou um quadro leve de estado gripal, com febrícula (38,1°C) e sintomas não-específicos (rinorréia, tosse leve, dor abdominal) que persistiu um dia inteiro. A noite, durante o jantar apresenta, de repente, desmaio de alguns minutos enquanto estava tomando a refeição, com volta rápida. Asustados, os pais levam a criança no PS aonde o pediatra o atende e constata que a PA estava muito baixa (80/50 mm Hg), em seguida sendo hidratado com 1000 ml SF 0,9% i. v. Mesmo com a infusão, a criança apresenta diurese muito baixa, então, o plantonista decide solicitar a internação urgente do paciente.

1) Qual é a principal suspeita diagnóstica neste caso?   0,2 p

2) Qual é a explicação da oliguria do paciente?   0,1 p  

3) Quais são os principais agentes etiologicos implicados na atual complicação?   0,2 p




RATING: 2.83

1) Qual é a principal suspeita diagnóstica neste caso?   0,2 p

Observa-se, na primeira infância, uma esplenomegalia decorrente da congestão na polpa vermelha pelo seqüestro de eritrócitos falcizados nos cordões esplênicos e sinusóides, que evolui com a formação de trombose e infartos, culminando com a atrofia e fibrose do órgão. Este fenômeno, denominado de auto-esplenectomia, ocorre geralmente até os 5 anos de idade. A esplenectomia aumenta o risco de morte por infecção fulminante.  Como conseqüência da asplenia, haverá uma maior susceptibilidade a infecções por organismos encapsulados , ou seja, a infecção fulminante é a principal suspeita

2) Qual é a explicação da oliguria do paciente?   0,1 p  

Geralmente, há evolução rápida para choque séptico, com hipotensão arterial, anúria e coagulação intravascular disseminada, com necrose renal cortical ou necrose tubular aguda, necrose hepática e acúmulo de fluidos nas cavidades serosas.

3) Quais são os principais agentes etiologicos implicados na atual complicação?   0,2 p

Os principais agentes etiológicos associados a episódios de infecção bacteriana invasiva nos indivíduos com anemia falciforme, em ordem decrescente de freqüência, são:

  • Streptococos pneumoniae,
  • Salmonella spp,
  • Hib,
  • Escherichia coli
  • Klebsiella spp

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.83)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.