USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 


370 USUARIOS INSCRITOS
120 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES
708 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5367 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2125 DE PEDIATRIA, 1202 DE CIRURGIA, 188 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA

77 QUESTÕES DISSERTATIVAS
128 CASOS CLINICOS

CUSTO DA ASSINATURA? ZERO REAIS E ZERO CENTAVOS POR MÊS!



OBJETIVA:
Um estudo foi realizado com o objetivo de verificar a influência da desnutrição materna sobre o peso da criança ao nascer, em uma amostra de 480 gestantes atendidas em maternidade pública. O estado nutricional dessas gestantes foi avaliado durante a gestação, utilizando a relação peso/altura associada à idade gestacional. Foram considerados como de baixo-peso os recém-nascidos que apresentam menos de 2500 gramas ao nascer. Esse estudo é classificado como estudo:
A. de coorte
B. de intervenção
C. de prevalência
D. caso-controle
E. ecológico

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
Cite a classificação do recém-nascido (RN) prematuro de acordo com o peso de nascimento, segundo critérios estabelecidos pela Organização Mundial de Saúde. (0,5 pontos)

CASO CLINICO:
O Sr. M. de O. S., natural do Espírito Santo, Brasil, procurou inicialmente atendimento no ambulatório de dermatologia do Hospital das Clínicas por apresentar múltiplas lesões pruriginosas (urticariformes) que apareciam de modo intermitente há mais ou menos um anos. As lesões apareciam e desapareciam em uma semana. Durante esse tempo ele tratava as lesões com ervas.
Não havia história da existência de algum fator desencadeante, alguma doença, ou uso de alguma droga por tempo prolongado. Os exames de sangue, velocidade de hemossedimentação, marcador imunológico para glicose 6 fosfato desidrogenase e raio X de tórax estavam normais.
Biopsia de pele mostrou uma epiderme não delimitada, um infiltrado perivascular de linfócitos e algumas células plasmáticas e mastócitos na derme e restos nucleares por entre elas.
Foi estabelecido o diagnostico de vasculite urticariforme, um tipo de vasculite incomum, mediada por imunocomplexos, caracterizada pelo aparecimento de lesões urticariformes dolorosas de duração prolongada, acompanhadas de febre, artralgias e cólica abdominal.
O paciente foi medicado com prednisolona 10 mg inicialmente e duas semanas depois associada com 0,5 mg de colchicina. Na ausência de uma resposta satisfatória foi medicado com dapsona 50 mg/dia. Após dois meses o paciente não mais compareceu ao ambulatório.
Depois 6 meses da ultima consulta, o sr. M. de O. S. retornou ao ambulatório apresentando lesões eczematosas nos membros inferiores e generalizada xerosis. A pele da face mostrava-se eritematosa, lustrosa, enrugada, edemaciada (face leonina). Ambos os nervos ulnar e o poplíteo esquerdo estavam espessados e endurecidos pela fibrose (sensibilidade preservada). Nódulos eritematosos (paniculite) foram encontrados dispersos nos braços e pernas. 1) Qual é o exame principal que precisa ser solicitado neste momento? (0,1 pontos)
2) A segunda biopsia da pele mostrou intensos infiltrados de macrófagos espumosos (macrófagos com inúmeros bacilos no seu interior) na derme e múltiplos bacilos ácido resistentes. Qual e o diagnostico mais provável, sendo os resultados da biopsia mencionados acima? (0,2 pontos)
3) O que é e qual seria a utilidade do teste Mitsuda realizado neste ultimo atendimento do paciente? (0,2 pontos)