m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



1052 USUARIOS INSCRITOS

211 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

719 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6238 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1449 DE CLINICA, 2689 DE PEDIATRIA, 1260 DE CIRURGIA, 201 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 361 DE SAUDE PUBLICA
103 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 138 CASOS CLINICOS

"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    KATY 581.90 2.520 21
2.    MO 482.00 9.181 21
3.    TARGIGNIS 424.30 6.573 11

SITES RECOMENDADOS:

 

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDOS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA: (252227 votos)..........99.02% das questões objetivas receberam votos.
Criança sexo feminino, 06 anos, originaria de Nordeste aonde viveu numa comunidade isolada chega no consultorio com exantema máculo-papular e puntiforme difuso na face, couro cabeludo e pescoço, febre baixa e linfadenopatia retro-auricular, occipital e cervical posterior. A tia, que acompanha a menina relata que não sabe nada sobre os antecedentes vacinais. O exantema surgiu 3 dias atrás. Sobre esse caso é CORRETO afirmar que:
A. o agente etiologico é um adenovirus
B. o diagnóstico de rubéola pode ser excluido já que esta doença foi quase erradicada no Brasil
C. a coleta de amostras de sangue é necessária para identificar as imunoglobulinas IgG e IgM
D. o tratamento consta em administrar eritromicina ou tetraciclina
E. a criança deve ser internada no UTI, porque nesta idade há um alto indice de complicações neurologicas e hemorragicas

  RATING: 2.74

Criança sexo feminino, 06 anos, originaria de Nordeste aonde viveu numa comunidade isolada chega no consultorio com exantema máculo-papular e puntiforme difuso na face, couro cabeludo e pescoço, febre baixa e linfadenopatia retro-auricular, occipital e cervical posterior. A tia, que acompanha a menina relata que não sabe nada sobre os antecedentes vacinais. O exantema surgiu 3 dias atrás. Sobre esse caso é CORRETO afirmar que:

A. o agente etiologico é um adenovirus
INCORRETO: O quadro clinico sugere rubéola, e, neste caso trata-se de um togavírus com genoma de RNA unicatenar (simples) de sentido positivo (serve de mRNA para sintese proteica directamente). Possui um capsídeo icosaédrico e um envelope bilípidico.
B. o diagnóstico de rubéola pode ser excluido já que esta doença foi quase erradicada no Brasil
INCORRETO : Pelo contrário, o mais provável diagnóstico é mesmo de rubéola, pela sintomatologia, antecedentes de imunização (ou melhor, a falta deles). A doença ainda não foi erradicada no Brasil, apesar de existir uma esquema vacinal bem acompanhada no territorio nacional
C. a coleta de amostras de sangue é necessária para identificar as imunoglobulinas IgG e IgM
CORRETO : As amostras de sangue dos casos suspeitos devem ser colhidas, sempre que possível, no primeiro atendimento ao paciente. Amostras oportunas são aquelas coletadas entre o 1º e o 28º dias do aparecimento do exantema ou do início dos sintomas. As amostras coletadas após o 28º dia são consideradas tardias, mas, mesmo assim, devem ser enviadas ao laboratório.
D. o tratamento consta em administrar eritromicina ou tetraciclina
INCORRETO : Mais uma vez: a principal suspeita é a rubéola, que é uma doença causada por togavirus - então, não adianta nada administrar antibiotico. Não há tratamento específico para a rubéola. Os sinais e sintomas apresentados devem ser tratados de acordo com a sintomatologia e terapêutica adequada.
E. a criança deve ser internada no UTI, porque nesta idade há um alto indice de complicações neurologicas e hemorragicas
INCORRETO : Apesar de raras, complicações podem ocorrer com maior frequência em adultos, destacando-se: artrite ou artralgia, encefalites (1 para 5 mil casos) e manifestações hemorrágicas (1 para 3 mil casos).

Gabarito:  C

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.74)
DISCURSIVA: (17740 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
Indicam os exames OBRIGATORIOS de rotina em todos os politraumatizados (0,5 p).

RATING: 2.98

Indicam os exames OBRIGATORIOS de rotina em todos os politraumatizados (0,5 p).

Ht, Hb
• Grupo sangüíneo e Fator Rh
• Amilase
• Radiografia de tórax AP
• Radiografia de bacia AP
• Radiografia de coluna cervical
• ECG
• ßHCG na mulher em idade fértil
• Ultra-som do abdome total
1) Ht  (0,05 p)
2) Hb (0,05 p)
3) Grupo sangüíneo e Fator Rh (0,05 p)
4) Amilase (0,05 p)
5) Radiografia de tórax AP (0,05 p)
6) Radiografia de bacia AP (0,05 p)
7) Radiografia de coluna cervical (0,05 p)
8) ECG (0,05 p)
9) ßHCG na mulher em idade fértil (0,05 p)
10) Ultra-som do abdome total (0,05 p)

FONTE:
Protocolos da Unidade de Emergencia Serie A. Normas e Manuais Tecnicos Braslia DF 2002 Ministerio da Saude

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.98)

CASO CLINICO: (23918 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Uma mulher de 52 anos (IMC = 33 kg/m2), refere ter ficado ictérica por alguns dias, há cerca de um mês. Somado ao quadro houve vômitos alimentares e dor abdominal. Em sua história pregressa, episódios de dor em cólica no hipocôndrio direito após libações alimentares nos últimos 4 anos. Foi submetida à ultra-sonografia abdominal e, em seguida, ao seguinte exame (FIGURA):


Pergunta-se:
a) Qual o exame realizado? (0,05 pontos);
b) Há necessidade de profilaxia antibiótica para realização deste exame? Caso sua resposta seja SIM, cite um esquema que você prescreveria. (0,3 pontos);
c) Qual o diagnóstico? (0,05 pontos).
d) Qual o tratamento definitivo? (0,1 pontos).


RATING: 3.01

a) Qual o exame realizado?
Colangiopancreatografia retrógrada endoscópica (CPRE).(0,05 p);
b) Há necessidade de profilaxia antibiótica para realização deste exame? Caso sua resposta seja SIM, cite um esquema que você prescreveria.
Sim, prescreveria.(0,05 p) Ampicilina (2,0 g IV) (0,05 p) e gentamicina (80 mg IV)(0,05 p), 30 minutos antes do procedimento (0,05 p). Ou Ciprofloxacina, 750 mg, VO(0,05 p), 2 horas antes.(0,05 p)
c) Qual o diagnóstico?
Coledocolitíase.(0,05 p)
d) Qual o tratamento definitivo?
Papilotomia endoscópica seguida de extração dos cálculos.(0,05 p) Colecistectomia na mesma internação.(0,05 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.01)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.