m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



1034 USUARIOS INSCRITOS

210 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

719 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6219 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1442 DE CLINICA, 2677 DE PEDIATRIA, 1260 DE CIRURGIA, 201 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 361 DE SAUDE PUBLICA
102 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 138 CASOS CLINICOS

"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    KATY 581.90 2.520 21
2.    MO 482.00 9.181 21
3.    TARGIGNIS 424.30 6.573 11

SITES RECOMENDADOS:

 

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDOS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA: (246050 votos)..........99.26% das questões objetivas receberam votos.
Em caso de glomerulonefrite pós-estreptococica NÃO e caracteristico:
A. depósitos eletrodensos, ou 'corcovas' na microscopia eletronica
B. leucocitose polimorfonuclear intraglomerular
C. rins simetricamente aumentados
D. glomerúlos pequenos e descorados
E. depósitos semelhantes a um 'céu estrelado' de imunoglobulina naimunoflurescência

  RATING: 3.09

Em caso de glomerulonefrite pós-estreptococica NÃO e caracteristico:

A. depósitos eletrodensos, ou 'corcovas' na microscopia eletronica
INCORRETO: À microscopia eletrônica, depósitos eletrodensos, ou 'corcovas', são observados no lado epitelial da MBG
B. leucocitose polimorfonuclear intraglomerular
INCORRETO : Leucócitos polimorfonucleares são comumente observados nos glomérulos durante a fase inicial da doença.
C. rins simetricamente aumentados
INCORRETO : Assim como pode ser observado na maioria das glomerulonefrites agudas, os rins apresentam-se simetricamente aumentados.
D. glomerúlos pequenos e descorados
CORRETO : À microscopia óptica, todos os glomérulos encontram-se AUMENTADOS e relativamente pálidos, apresentando proliferação das células mesangiais com aumento de matriz mesangial.
E. depósitos semelhantes a um 'céu estrelado' de imunoglobulina naimunoflurescência
INCORRETO : A microscopia por imunofluorescência evidencia: depósitos semelhantes a um 'céu estrelado' de imunoglobulina, complemento na membrana basal glomerular (MBG) e no mesângio.

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.09)
DISCURSIVA: (17119 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
A) Qual a definição da síndrome de dificuldade respiratória tipo I (SDR tipo I ou doença das membranas hialinas) ?
B) Qual é o quadro clínico da síndrome de dificuldade respiratória tipo I (SDR tipo I ou doença das membranas hialinas) ?

RATING: 3.01

A) Qual a definição da síndrome de dificuldade respiratória tipo I (SDR tipo I ou doença das membranas hialinas) ?
B) Qual é o quadro clínico da síndrome de dificuldade respiratória tipo I (SDR tipo I ou doença das membranas hialinas) ?

A) Dificuldade respiratória de grau variável (0,05 p) resultante do colapso alveolar (0,05 p) por défice de surfatante pulmonar (0,05 p), associada, na sua grande maioria, a um shunt intrapulmonar (shunt direito-esquerdo) (0,05 p), por aumento da resistência vascular pulmonar (0,05 p).

B) Clínica: Síndrome de dificuldade respiratória moderada a grave (0,05 p) associada a cianose central, (0,05 p) desde o nascimento ou 1as horas de vida (0,05 p), com agravamento além das 6 horas (0,05 p) e, nos casos não complicados, com melhoria a partir do 3º - 4º dias. (0,05 p)

FONTE:
SÍNDROME DE DIFICULDADE RESPIRATÓRIA TIPO I OU DOENÇA DAS MEMBRANAS HIALINAS

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.01)

CASO CLINICO: (23043 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.

Uma criança chega trazida pelos pais no atendimento do PS. Ela tem 9 anos, sexo F e apresentava aérea pervia mas com FR 34/min, batimentos de asa das narinas, esforço respiratorio evidente porém expansão toracica simetrica) saturação 90%, ausculta pulmonar normal. Perfusão capilar 3 segundos, pulso periferico fraco, PA é de 97/70 mm Hg, pulso central bom, FC 131/min e ausculta cardíaca com ritmo de galope. É consciente, mas apatica, dextro capilar 99% e os reflexos pupilares estão normais. Leve edema das extremidades. Sem petequias e sem urticarias.

1) Qual é a emergencia descrita acíma?.........0,1 pontos

2) Define pelo menos 3 achados clinicos que apoiam o seu diagnóstico.......0,3 pontos

3) Quais são as principai metas terapêuticas neste caso?...........0,1 pontos


RATING: 3.21

1) Qual é a emergencia descrita acíma?

A criança está em estado de choque cardiogênico hipotensivo. 0,1 p

2) Define pelo menos 3 achados clinicos que apoiam o seu diagnóstico.

Desconforto respiratorio, PA baixa para a idade, taquicardia. 0,3 p

3) Quais são as principai metas terapêuticas neste caso?

Melhorar o debito cardíaco e a função cardíaca aumentando a fração de ejeção ventricular. 0,1 p

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.21)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.