USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 

OBJETIVA:
O uso de isoxsuprina para inibir o parto prematuro e limitado pelo/pela:
A. absorção baixa
B. ineficiência se o trabalho de parto já começou
C. alto percentagem de gravidas que apresentam tolerãncia baixa a este remédio
D. alta toxicidade se for associado com corticoterapia necessaria á maturação do pulmão fetal
E. alto preço de custo

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
Os recém-nascidos não constituem um grupo homogêneo; a classificação permite definir grupos de riscos de morbimortalidade peri e neonatal para ações preventivas e terapêuticas. Os critérios utilizados são: peso ao nascer (PN), idade gestacional (IG), relação peso/idade gestacional e estado nutricional.
1) Classifiquem os recém-nascidos quanto ao peso ao nascer.
2) Classifiquem os recém-nascidos quanto á idade gestacional
3) Classifiquem os recém-nascidos quanto á relação peso/idade gestacional
4) Classifiquem os recém-nascidos quanto ao estado nutricional.

CASO CLINICO:
Criança de 5 anos e 8 meses, conhecido com anemia falciforme apresentou um quadro leve de estado gripal, com febrícula (38,1°C) e sintomas não-específicos (rinorréia, tosse leve, dor abdominal) que persistiu um dia inteiro. A noite, durante o jantar apresenta, de repente, desmaio de alguns minutos enquanto estava tomando a refeição, com volta rápida. Asustados, os pais levam a criança no PS aonde o pediatra o atende e constata que a PA estava muito baixa (80/50 mm Hg), em seguida sendo hidratado com 1000 ml SF 0,9% i. v. Mesmo com a infusão, a criança apresenta diurese muito baixa, então, o plantonista decide solicitar a internação urgente do paciente.

1) Qual é a principal suspeita diagnóstica neste caso?   0,2 p

2) Qual é a explicação da oliguria do paciente?   0,1 p  

3) Quais são os principais agentes etiologicos implicados na atual complicação?   0,2 p