m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



1034 USUARIOS INSCRITOS

210 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

719 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6219 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1442 DE CLINICA, 2677 DE PEDIATRIA, 1260 DE CIRURGIA, 201 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 361 DE SAUDE PUBLICA
102 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 138 CASOS CLINICOS

"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    KATY 581.90 2.520 21
2.    MO 482.00 9.181 21
3.    TARGIGNIS 424.30 6.573 11

SITES RECOMENDADOS:

 

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDOS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA: (246009 votos)..........99.26% das questões objetivas receberam votos.
Caracteriza-se por apresentar esteatorreia grave:
A. Alergia à proteína do leite de vaca
B. Doença celíaca
C. Síndrome do intestino irritável
D. Enteropatia ambiental
E. Fibrose cistica

  RATING: 3.19

Caracteriza-se por apresentar esteatorreia grave:

A. Alergia à proteína do leite de vaca
INCORRETO: veja a resposta da alternativa E
B. Doença celíaca
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
C. Síndrome do intestino irritável
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
D. Enteropatia ambiental
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
E. Fibrose cistica
CORRETO : Insuficiência pancreática é a manifestação gastrointestinal mais comum na fibrose cística. Aproximadamente 85% dos pacientes apresentam comprometimento em graus variáveis da função pancreática no decorrer da vida. Estima-se que dois terços dos lactentes apresentam insuficiência pancreática ao nascer. A má-absorção intestinal na fibrose cística é multifatorial. A deficiência de enzimas pancreáticas é o fator predominante e decorre da obstrução dos ductos pancreáticos e da destruição progressiva do pâncreas por fibrose. Em consequência, ocorre má-absorção dos nutrientes e comprometimento do estado nutricional. A má-absorção das gorduras leva a esteatorreia (caracterizada por fezes volumosas, frequentes, fétidas e oleosas), flatulência, distensão abdominal e deficiência de vitaminas lipossolúveis. As manifestações clínicas tornam-se aparentes quando há destruição de mais de 90% do pâncreas exócrino.

Gabarito:  E

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.19)
DISCURSIVA: (17116 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
O pectus excavatum, (também chamado de tórax em funil) é a deformidade torácica mais comum, ocorrendo em 1 a cada 400 crianças.  A maioria dos pacientes com pectus excavatum è assintomática no momento da apresentação; no entanto, alguns indivíduos relatam sintomas que sugerem impacto cardiovascular e impacto pulmonar (redução na reserva respiratória, dor ao longo das cartilagens costais com o exercício, palpitações ou sopros, sobretudo na presença de um prolapso da válvula mitral).

1) Como verificamos o impacto pulmonar desse defeito? (0,3 p)

2) Como verificamos o impacto cardiovascular do mesmo? (0,2 p)



RATING: 2.99

O pectus excavatum, (também chamado de tórax em funil) é a deformidade torácica mais comum, ocorrendo em 1 a cada 400 crianças.  A maioria dos pacientes com pectus excavatum è assintomática no momento da apresentação; no entanto, alguns indivíduos relatam sintomas que sugerem impacto cardiovascular e impacto pulmonar (redução na reserva respiratória, dor ao longo das cartilagens costais com o exercício, palpitações ou sopros, sobretudo na presença de um prolapso da válvula mitral).

1) Como verificamos o impacto pulmonar desse defeito? (0,3 p)

2) Como verificamos o impacto cardiovascular do mesmo? (0,2 p)

Em casos graves, foram documentados um volume de ejeção e um débito cardíaco reduzidos, conjuntamente com um padrão restritivo (capacidade respiratória máxima diminuída) no teste de função pulmonar.

1) O impacto pulmonar:

A avaliação da função pulmonar basal pode ser obtida com:

  1. testes de função pulmonar (0,1 p)
  2. estudos radiológicos ou fisiológicos de exercício (0,1 p)
  3. cintilografias de ventilação-perfusão (0,1 p)

2) O impacto cardiovascular:

A avaliação cardiovascular pode ser realizada utilizando-se:

  1. ecocardiografia (0,1 p)
  2. angiografia. (0,1p)

FONTE:
http://www.misodor.com/PAREDETORACICAEPLEURA.html

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.99)

CASO CLINICO: (23034 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Paciente do sexo feminino, 52 anos, lavadeira, vem à consulta queixando sensações de “alfinetadas e agulhadas na mão direita, em face palmar do I, II e III dedos, iniciadas há 12 meses.
Relata piora nos últimos cinco meses e conta que, frequentemente, acorda à noite por causa desses sintomas. Está preocupada porque nos últimos dois meses, ao tentar segurar pequenos objetos nas mãos, tem deixado que eles caiam ao chão.
1) Defina a região anatômica conhecida como túnel do carpo. (0,1 pontos)
2) Quais são as 10 estruturas que passam pelo túnel de carpo?(0,2 pontos)
3) Quais são os testes especiais usados no diagnóstico da síndrome de túnel de carpo?(0,2 pontos)


RATING: 3.03

1) Defina a região anatômica conhecida como túnel do carpo.
Túnel do carpo é um canal formado por pequenos ossos situados no punho, que lhe servem de base (0,05 p), e um ligamento transverso, que compõe o teto do túnel. (0,05 p)

2) Quais são as 10 estruturas que passam pelo túnel de carpo?
Por esse canal, passam o nervo mediano (0,05 p) e nove tendões responsáveis pela flexão dos dedos:
Os tendões são:
- flexor profundo dos dedos (4 tendões) (0,05 p)
- flexor superficial dos dedos (4 tendões) (0,05 p)
- flexor longo do polegar (1 tendão) (0,05 p)

3) Quais são os testes especiais usados no diagnóstico?
• Sinal de Tinel: o teste é positivo se o paciente percebe parestesia durante a percussão manual da face palmar do punho no nível do nervo mediano. (0,05 p)
• Sinal de Phalen: o teste é positivo se ao curso de uma flexão ativa máxima do punho durante um minuto (cotovelo estendido) aparecer parestesia no território do nervo mediano; nota-se um atraso do aparecimento dos sintomas em segundos. (0,05 p)
• Teste de Paley e McMurphy: o sinal é positivo se a pressão manual próximo do nervo mediano entre 1 cm e 2 cm proximais da dobra de flexão do punho desencadear dor ou parestesia. (0,05 p)
• Teste de compressão em flexão do punho:61 uma pressão a dois dedos é efetuada sobre a região mediana do túnel do carpo, o punho flexionado a 60◦, cotovelo estendido,antebraço em supinação. O teste é positivo se aparecer parestesia no território do nervo mediano. (0,05 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (3.03)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.