USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 

215 USUARIOS INSCRITOS
64 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES
710 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5148 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1217 DE CLINICA, 1938 DE PEDIATRIA, 1201 DE CIRURGIA, 186 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 326 DE SAUDE PUBLICA

72 QUESTÕES DISSERTATIVAS
121 CASOS CLINICOS

CUSTO DA ASSINATURA? ZERO REAIS E ZERO CENTAVOS POR MÊS!

OBJETIVA:
No neonato, os patógenos mais comumente associados à pneumonia bacteriana entre as alternativas abaixo são:
A. estreptococos do grupo B e Escherichia coli
B. H. influenzae e Listeria monocytogenes
C. L. monocytogenes e estreptococos do grupo D
D. estreptococos do grupo D e estreptococos do grupo B
E. Chlamydia trachomatis

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
Sobre o diabetes mellitus tipo I respondam ás seguintes perguntas:

1. Quais são os defeitos metabolicos no diabetes mellitus? 0,2 p.

2. Qual é a finalidade da insulinoterapia intensiva? 0,2 p. 

3. Quais são os fatores etiologicos incluidos no triangulo etiologico do diabetes mellitus? 0,1 p

CASO CLINICO:
Uma mulher de 52 anos (IMC = 33 kg/m2), refere ter ficado ictérica por alguns dias, há cerca de um mês. Somado ao quadro houve vômitos alimentares e dor abdominal. Em sua história pregressa, episódios de dor em cólica no hipocôndrio direito após libações alimentares nos últimos 4 anos. Foi submetida à ultra-sonografia abdominal e, em seguida, ao seguinte exame (FIGURA):


Pergunta-se:
a) Qual o exame realizado? (0,05 pontos);
b) Há necessidade de profilaxia antibiótica para realização deste exame? Caso sua resposta seja SIM, cite um esquema que você prescreveria. (0,3 pontos);
c) Qual o diagnóstico? (0,05 pontos).
d) Qual o tratamento definitivo? (0,1 pontos).