m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

 


usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



583 USUARIOS INSCRITOS

99 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

710 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5488 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2241 DE PEDIATRIA, 1204 DE CIRURGIA, 191 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA
93 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 133 CASOS CLINICOS

 

 

 

 


LIDERES DAS PROVAS - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA AQUI:
Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    TARGIGNIS 137.00 7.829 7
2.    ROSA MARIA 127.00 7.257 7
3.    ANGELINA 119.00 6.800 7
SURPRESAS PARA OS ASSINANTES QUE ESTÃO USANDO A PLATAFORMA DE PROVAS ONLINE!
EM BREVE, NOSSO PATROCINADOR VAI OFERECER PREMIOS SUBSTANCIAIS EM DINHEIRO PARA OS USUARIOS COM AS MELHORES PONTUAÇÕES NAS PROVAS!

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDAS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA:
São quadros pulmonares comuns na criança com anemia falciforme, EXCETO:
A. Asma
B. Síndrome torácica aguda - STA
C. Pneumotórax espontâneo de repetição
D. Crises de sibilância
E. Hipertensão pulmonar

São quadros pulmonares comuns na criança com anemia falciforme, EXCETO:

A. Asma
INCORRETO: Na última década, vários estudos têm sugerido maior prevalência de asma entre os doentes falciformes do que naqueles sem esta doença. Os sinais e sintomas de asma podem sobrepor a outras complicações da DF, o que dificulta o diagnóstico.
B. Síndrome torácica aguda - STA
INCORRETO : A infecção está geralmente associada a STA em crianças e a vasoclusão é o fenômeno desencadeante em adultos, porém os dois mecanismos passam a estar presentes em todos os pacientes, após a instalação do quadro. A instalação do quadro pulmonar é, na maioria das vezes, abrupta.
C. Pneumotórax espontâneo de repetição
CORRETO : Não ocorre pneumotórax espontâneo comumente nas crianças com anemia falciforme
D. Crises de sibilância
INCORRETO : A presença de sibilância intermitente no exame deve conduzir à investigação para asma, mas nem sempre se pode confirmar o diagnóstico, já que diversos estudos têm demonstrado que a sibilância pode ocorrer nos doentes falciformes sem estar associado ao diagnóstico de asma.
E. Hipertensão pulmonar
INCORRETO : A hipertensão pulmonar é definida, hemodinamicamente, como a média da pressão da artéria pulmonar 25 mmHg em repouso com débito cardíaco normal. Ocorre em 6-10,4% dos adultos com doença falciforme. O cateterismo cardíaco direito deve ser realizado para diagnóstico e avaliar o prognóstico de pacientes com hipertensão pulmonar. O padrão hemodinâmico varia: pacientes podem apresentar aumento da pressão pré-capilar, o que caracteriza hipertensão arterial pulmonar ou pós-capilar (hipertensão venosa pulmonar) ou ambos.

Gabarito:  C

DISCURSIVA:
Em relação ao Sistema de Informação em Saúde no Brasil (SIS): A) Cite três dos principais problemas que afetam esse Sistema. (0,15 pontos) B) Cite três das principais fontes de dados utilizadas pelo SIS. (Valor: 0,15 pontos) C) Discuta a aplicação dos dados do SIS nas ações dos serviços de saúde e nas práticas de atenção à saúde. (0,2 pontos)

Em relação ao Sistema de Informação em Saúde no Brasil (SIS): A) Cite três dos principais problemas que afetam esse Sistema. (0,15 pontos) B) Cite três das principais fontes de dados utilizadas pelo SIS. (Valor: 0,15 pontos) C) Discuta a aplicação dos dados do SIS nas ações dos serviços de saúde e nas práticas de atenção à saúde. (0,2 pontos)

1) Principais problemas:
- falta de treinamento de pessoal (0,05 p)
- ausência de registros confiáveis (0,05 p)
- ausência de integração do SIS com as estruturas prestadoras de serviços (retroalimentação) (0,05 p)
2) Principais fontes de dados estruturas prestadoras de serviços de saúde:
- hospitais (0,05 p)
- policlínicas (0,05 p)
- rede básica (0,05 p)
- laboratórios clínicos (0,05 p)
- cartórios de registros (0,05 p)
3) As informações do SIS brasileiro são utilizadas na construção de indicadores de Saúde, baseadas na esfera clínica ligada à prestação de serviços no sentido individual, como exemplo:
* indicadores de mortalidade e morbidade (0,05 p)
* informações epidemiológicas, em que constam: (0,05 p)
- dados populacionais
- informações demográficas
- informações de caráter socioeconômico
- informações de caráter administrativo (recursos humanos, financeiros e de processo de trabalho dos serviços de saúde)

FONTE:
PROVA DE REVALIDAÇÃO U. F. M. T. 2010

CASO CLINICO:
A.L.S., 32 anos, masculino, lavrador, natural e residente cem Governador Valadares, casado. Relata que sua doença iniciou há 2 semanas, quando foi acometido repentinamente de violenta hematêmese, vomitando ± 2 litros de sangue vermelho rutilante e uma certa porção de sangue escuro coagulado, seguido de tonteira e sudorese. Internado imediatamente, tomou 2 litros de sangue. No dia seguinte ao internamento, surgiu-lhe melena , que durou de 3 a 4 dias. Sete dias após recebeu alta hospitalar. Já em bom estado de saúde e foi-lhe recomendado procurar recursos em Belo Horizonte para submeter-se a tratamento cirúrgico. Relata contacto permanente com águas naturais da região.
EXAME FÍSICO:
Paciente em bom estado de nutrição, mucosas hipocoradas, PA 120/70, pulso 72 pulsações/minuto, com hepatoesplenomegalia e circulação colateral abdominal tipo porta. O fígado era palpável a 3 dedos (5,5 cm) do rebordo costal direito, de consistência aumentada, liso indolor. Baço tipo III de Boyde. Ausência de ascite, edemas, aranhas vasculares.

1) Enumeram as causas prováveis da hematêmese.

2) Quais são os exames de laboratório que você vai pedir? Justifique.

3) Qual é a principal hipótese diagnóstica e porque?


1) CAUSAS DE HEMATÊMESE

Varizes de esôfago
- Lacerações de Mallory Weiss
- Esofagite erosiva
- Medicamentos como aspirina, AINES
- Câncer de esôfago

2) EXAMES NECESSÁRIOS:
Eletroforese de Proteínas (avaliar a função hepatica e fazer o escore Child-Plough)
- Tempo de Protrombina (avaliar a função hepatica, a coagulação e fazer o escore Child-Plough)
Transaminases (avaliar a função hepatica)
- Hemograma (geralmente universalmente solicitada, oferece importantes informações sobre eventuais processos patologicos)
- Exame parasitologico das fezes (a hipertensão portal pode ser de origem parasitária - S. mansoni??)

3) A PRINCIPAL HIPÓTESE DIAGNOSTICA:

HIPERTENSÃO PORTAL

Forte suspeita diagnóstica: Hipertensão portal por Esquistossomiase mansonica:
- não apresentando antecedentes de etilismo ou outras doenças cirógenas
- idade jóvem, contato com águas possivelmente contaminadas
- ausência de ascite, edemas, aranhas vasculares.  (hipertensão portal pre-sinusoidal?)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.