m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



1052 USUARIOS INSCRITOS

211 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

719 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
6238 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1449 DE CLINICA, 2689 DE PEDIATRIA, 1260 DE CIRURGIA, 201 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 361 DE SAUDE PUBLICA
103 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 138 CASOS CLINICOS

"HALL OF FAME" - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO GERAL AQUI:

Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    KATY 581.90 2.520 21
2.    MO 482.00 9.181 21
3.    TARGIGNIS 424.30 6.573 11

SITES RECOMENDADOS:

 

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDOS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA: (252227 votos)..........99.02% das questões objetivas receberam votos.
Analise as afirmações e responda a alternativa correta.

I. O tamponamento cardíaco em caso de trauma torácico é associado com pulso paradoxal, hipotensão arterial, diminuição da Pressão Venosa Central e aumento da pressão de pulso.
II. Em vítimas de trauma torácico o primeiro sinal de insuficiência respiratória é a confusão mental.
III. No caso de trauma torácico contuso com múltiplas fraturas de costelas e movimento paradoxal, estando o paciente estável hemodinamicamente e sem qualquer sinal de insuficiência respiratória, nenhum tratamento é necessário a princípio.
IV. No trauma torácico com pneumotórax aberto, a conduta no atendimento de urgência inicial deve ser a oclusão do ferimento com curativo de três faces.
Está(ão) correta(s) somente a(s) afirmativa(s):
A. I, II, III e IV
B. I, II e III
C. I e II
D. III e IV
E. I e IV

  RATING: 3.32

Analise as afirmações e responda a alternativa correta.
I. O tamponamento cardíaco em caso de trauma torácico é associado com pulso paradoxal, hipotensão arterial, diminuição da Pressão Venosa Central e aumento da pressão de pulso.
II. Em vítimas de trauma torácico o primeiro sinal de insuficiência respiratória é a confusão mental.
III. No caso de trauma torácico contuso com múltiplas fraturas de costelas e movimento paradoxal, estando o paciente estável hemodinamicamente e sem qualquer sinal de insuficiência respiratória, nenhum tratamento é necessário a princípio.
IV. No trauma torácico com pneumotórax aberto, a conduta no atendimento de urgência inicial deve ser a oclusão do ferimento com curativo de três faces.
Está(ão) correta(s) somente a(s) afirmativa(s):

A. I, II, III e IV
INCORRETO: veja a resposta da alternativa D
B. I, II e III
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D
C. I e II
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D
D. III e IV
CORRETO : Lesões torácicas que exigem acuação imediata, pois podem comprometer a vida do doente:
· Pneumotórax hipertensivo.
· Hemotórax maciço.
· Tamponamento cardíaco.
· Lesões dos grandes vasos.
· Rotura do diafragma.
· Fractura traqueobrônquica.

I. O tamponamento cardíaco em caso de trauma torácico é associado com pulso paradoxal, hipotensão arterial, diminuição da Pressão Venosa Central e aumento da pressão de pulso.
TAMPONAMENTO CARDÍACO SINAIS:
· Ingurgitamento jugular
· Choque
· TA normal ou diminuída
· Taquicardia
· Sons cardíacos apagados
· PVC aumentada
FALSO

II. Em vítimas de trauma torácico o primeiro sinal de insuficiência respiratória é a confusão mental
Nossa, da onde que eles tiraram isto? FALSO? Não, SEM SENTIDO!

III. No caso de trauma torácico contuso com múltiplas fraturas de costelas e movimento paradoxal, estando o paciente estável hemodinamicamente e sem qualquer sinal de insuficiência respiratória, nenhum tratamento é necessário a princípio.
O RETALHO COSTAL MÓVEL (VOLLET COSTAL) surge quando um segmento da parede torácica deixa de estar em sincronia com o resto da grelha costal em consequência da fractura de várias costelas. Este segmento vai sofrer um movimento paradoxal (para dentro durante a inspiração e para fora na expiração), característico desta lesão.
A gravidade desta situação não resulta apenas deste movimento paradoxal, mas sim da contusão pulmonar subjacente que condiciona má oxigenação tecidular.
Esta situação resulta usualmente de um traumatismo associado com fracturas múltiplas de costelas (fractura em 2 ou mais pontos). A hipóxia agrava-se com a diminuição e amplitude dos movimentos respiratórios, devido à dor, pelo que se deve:
· Administrar O2
· Analgesia eficaz
· Suporte ventilatório (se indicação)
VERDADEIRA

IV. No trauma torácico com pneumotórax aberto, a conduta no atendimento de urgência inicial deve ser a oclusão do ferimento com curativo de três faces.
TRATAMENTO PNEUMOTORAX ABERTO
Limpar a ferida;
Colocar um plástico ou papel esterilizado das compressas sobre a ferida, fixando os 4 lados deixando um dos vértices livres, de forma a permitir a saídade ar durante a expiração, reduzindo o risco de converter um pneumotórax aberto num pneumotórax hipertensivo. Na expiração permite a saída de ar pelo lado do penso que se encontra sem adesivo.
VERDADEIRA

E. I e IV
INCORRETO : veja a resposta da alternativa D

Gabarito:  D

AVALIE ESSA QUESTÃO: (3.32)
DISCURSIVA: (17740 votos) ..........100% das questões discursivas receberam votos.
Enumera as etapas da conduta do profissional frente à presença de líquido tinto de mecônio fluido ou espesso que apresente, logo após o nascimento, movimentos respiratórios rítmicos e regulares, tônus muscular adequado e frequência cardíaca maior que 100 bpm. - 0,5 pontos.

RATING: 2.85

Enumera as etapas da conduta do profissional frente à presença de líquido tinto de mecônio fluido ou espesso que apresente, logo após o nascimento, movimentos respiratórios rítmicos e regulares, tônus muscular adequado e frequência cardíaca maior que 100 bpm. - 0,5 pontos.

Enumera as etapas da conduta do profissional frente à presença de líquido tinto de mecônio fluido ou espesso que apresente, logo após o nascimento, movimentos respiratórios rítmicos e regulares, tônus muscular adequado e frequência cardíaca maior que 100 bpm.
a. Levar o recém-nascido à mesa de reanimação; (0,0625 p)
b. Colocá-lo sob fonte de calor radiante; (0,0625 p)
c. Posicionar sua cabeça com uma leve extensão do pescoço; (0,0625 p)
d. Aspirar o excesso de secreções da boca e do nariz com sonda de aspiração traqueal nº 10; (0,0625 p)
e. Secar e desprezar os campos úmidos (0,0625 p) , verificando novamente a posição da cabeça; (0,0625 p)
f. Avaliar a frequência cardíaca e a respiração. (0,0625 p)
Se a avaliação resultar normal, o recém-nascido receberá os cuidados de rotina na sala de parto. (0,0625 p)

FONTE:
CADERNO DE ATENÇÃO À SAÚDE DA CRIANÇA RECÉM-NASCIDO DE RISCO

AVALIE ESSA QUESTÃO: (2.85)

CASO CLINICO: (23918 votos)..........100% dos casos clinicos receberam votos.
Homem branco, 20 anos, professor de natação, solteiro, referindo início dos sintomas há 10 dias, com ardência na orofaringe, obstrução nasal, febre baixa, cefaleia e mialgias. Procurou atendimento médico no Pronto Socorro municipal, tendo o diagnóstico de resfriado comum. Após 5 dias com persistência dos sintomas iniciais, passou a apresentar cefaleia frontal intensa, contínua, com irradiação retro-orbitária, piorando com a flexão da cabeça e não melhorando com analgésicos comuns. Houve piora da obstrução nasal, aparecimento de rinorreia amarelada, tosse seca e febre alta que cedia temporariamente com uso de dipirona. No décimo dia de doença, notou aparecimento de eritema e edema periorbitário, com grande piora do quadro clínico e febre alta contínua.
1) Qual o diagnóstico provável para o quadro clínico descrito até o décimo dia de evolução e qual exame poderia ser realizado pelo médico assistente, durante o exame físico, para confirmar o diagnóstico? (0,2 pontos)
2) Cite três hipóteses diagnósticas para os sinais e sintomas observados no décimo dia de evolução e qual exame deveria ser solicitado para confirmar o seu diagnóstico clínico e as possíveis complicações. (0,3 pontos)


RATING: 2.89

1) Qual o diagnóstico provável para o quadro clínico descrito até o décimo dia de evolução e qual exame poderia ser realizado pelo médico assistente, durante o exame físico, para confirmar o diagnóstico?
Rinossinusite aguda, diagnosticada clinicamente pela rinoscopia, pela presença de secreção mucupurulenta no meato médio. (0,2 p)
2) Cite três hipóteses diagnósticas para os sinais e sintomas observados no décimo dia de evolução e qual exame deveria ser solicitado para confirmar o seu diagnóstico clínico e as possíveis complicações.
Três das possíveis hipóteses:
- trombose do seio cavernoso (0,05 p) - tomografia computadorizada (exame ouro) (0,05 p)
- celulite retro-orbitária (0,05 p) - ressonância nuclear magnética (melhor para avaliação das partes moles, não sendo ideal na osteomielite) (0,05 p)
- meningite (0,05 p) - análise do liquor (0,05 p)

AVALIE ESSE CASO CLINICO: (2.89)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.