USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 


370 USUARIOS INSCRITOS
120 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES
708 RECADOS DOS VISITANTES

NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5367 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2125 DE PEDIATRIA, 1202 DE CIRURGIA, 188 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA

77 QUESTÕES DISSERTATIVAS
128 CASOS CLINICOS

CUSTO DA ASSINATURA? ZERO REAIS E ZERO CENTAVOS POR MÊS!



OBJETIVA:
Um casal procura assistência médica num posto de saúde. O homem de 50 anos, marceneiro, apresenta há 3 anos sensação de tristeza quase todos os dias, além de falta de apetite, insônia e incapacidade de concentrar-se no trabalho, o que gerou a perda de muitos fregueses. A mulher, de 47 anos, vendedora, relata como únicas queixas não sentir interesse ou prazer, nos últimos 6 meses, em realizar nenhuma de suas atividades profissionais, sociais ou domésticas, além de comer demais, já tendo engordado 8 kg, e sentir fadiga intensa quase diariamente. O exame físico dos 2 pacientes não mostra alterações relevantes. O médico que os atendeu deve levantar a hipótese de que este homem e esta mulher apresentam, respectivamente:
A. distimia e depressão menor.
B. depressão menor e distimia.
C. depressão menor e depressão maior.
D. depressão maior e depressão menor.
E. distimia e depressão maior.

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
Quais são as etiologias comprovadas de cardiopatia congênita? (0,5 p)

CASO CLINICO:

Um menino de 16 anos de idade é levado ao pronto-socorro pelo EMS com uma temperatura de 42°C e atividade convulsiva. Ele foi transferido de um centro cirúrgico às 9 da manhã após extrações dentárias, para qual ele recebeu um breve anestésico geral e estava da sala de recuperação quando se tornou
febril e hemodinamicamente instável. O paciente apresenta ritmo cardíaco e pulso, porém mínimo esforço respiratório. Antes de sua chegada, ele estava entubado, e o acesso IV foi estabelecido. Uma dose de lorazepam foi administrada no menino antes do transporte. Ele apresenta um histórico de depressão, para a qual ele toma fenelzina, um inibidor da monoamina oxidase (MAO). Uso de drogas foi negado pelos seus pais.

O menino é irresponsivo no exame físico. Seus sinais vitais são: pressão sanguínea de 150/86, pulso de 140, frequência respiratória de 22 (ventilação manual), temperatura de 42,5°C. A auscultação do tórax revela sons respiratórios normais. O ritmo é de taquicardia sinusal, com ondas T apiculadas. Não há sopros cardíacos. Outra parte do exame físico que se mostra anormal é o exame neurológico. O menino permanece irresponsivo à dor ou voz. Ambas as pupilas apresentam um diâmetro de 4 mm, são simétricas e reativas à luz. O tônus muscular está aumentado com hiperreflexia generalizada e mioclonia. Os resultados da gasometria são: pH de 7,07, PCO2 de 74, P02 de 98, excesso de base (BE) de -8.

1) Apontem a principal suspeita diagnostica. (0,25 pontos)

2) Julgando pela gasometria, que disturbio hidroeletrolitico é mais provável? (0,25 pontos)