m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

 


usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



583 USUARIOS INSCRITOS

99 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

710 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5488 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2241 DE PEDIATRIA, 1204 DE CIRURGIA, 191 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA
93 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 133 CASOS CLINICOS

 

 

 

 


LIDERES DAS PROVAS - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA AQUI:
Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    TARGIGNIS 137.00 7.829 7
2.    ROSA MARIA 127.00 7.257 7
3.    ANGELINA 119.00 6.800 7
SURPRESAS PARA OS ASSINANTES QUE ESTÃO USANDO A PLATAFORMA DE PROVAS ONLINE!
EM BREVE, NOSSO PATROCINADOR VAI OFERECER PREMIOS SUBSTANCIAIS EM DINHEIRO PARA OS USUARIOS COM AS MELHORES PONTUAÇÕES NAS PROVAS!

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDAS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA:
Uma amostra de sangue de um paciente foi colhida as 23:00 horas e enviada ao laboratorio para ser medido o titulo serico de cortisol. O resultado mostrou um nivel de cortisol plasmatico de 11,5 μg/100 ml. Sobre este caso e CORRETO afirmar que:
A. provavelmente trata-se de um caso de síndrome de Cushing, o titulo sendo bem elevado no horario em qual, normalmente, o nivel plasmatico tem que ser abaixo de 7,5μg/100 ml
B. a amostra é inconclusiva já que para diagnosticar o síndrome de Cushing ou pseudo-Cushing o exame tem que ser completado com a análise do cortisol urinário
C. a amostra e inconclusiva, porque foi acolhida no horario errado - o ritmo circadiano de cortisol aumenta o titulo de cortisol em volta das 23:00 horas tanto para os hígidos quanto para os pacientes com hipersecreção cortisolica
D. trata-se, provavelmente, de um pseudo-Cushing, pois o valor do cortisol e alto, mais não há dados sobre os sintomas ou sinais do paciente
E. trata-se de um paciente com titulo de cortisol normal, pois o ritmo circadiano de cortisol aumenta as vezes ate 15-20 μg/100 ml o titulo deste hormonio em volta da meia-noite

Uma amostra de sangue de um paciente foi colhida as 23:00 horas e enviada ao laboratorio para ser medido o titulo serico de cortisol. O resultado mostrou um nivel de cortisol plasmatico de 11,5 μg/100 ml. Sobre este caso e CORRETO afirmar que:

A. provavelmente trata-se de um caso de síndrome de Cushing, o titulo sendo bem elevado no horario em qual, normalmente, o nivel plasmatico tem que ser abaixo de 7,5μg/100 ml
CORRETO: A verificação de níveis séricos de cortisol persistentemente elevados, com apenas mínimas variações diárias, é uma das a|terações mais precoces da síndrome de Cushing. Às 23h, apenas 3,4% dos pacientes com síndrome de Cushing apresentam valores de cortisol dentro da faixa normal; portanto, as determinações do cortisol a esta hora são mais sensíveis e específicas. Valores de cortisol sérico às 23h superiores a 7,5μg/dL são encontrados em 94% dos pacientes com síndrome de Cushing, mas não naqueles com pseudo-Cushing.
B. a amostra é inconclusiva já que para diagnosticar o síndrome de Cushing ou pseudo-Cushing o exame tem que ser completado com a análise do cortisol urinário
INCORRETO : não precisa desta complementaridade para dignosticar um Cushing - a respeito de pseudo-Cushing, o titulo de cortisol nem seria elevado
C. a amostra e inconclusiva, porque foi acolhida no horario errado - o ritmo circadiano de cortisol aumenta o titulo de cortisol em volta das 23:00 horas tanto para os hígidos quanto para os pacientes com hipersecreção cortisolica
INCORRETO : Isto acontece de manhã, as 9:00 horas - no caso, as 23:00 horas apenas 3,4% dos pacientes com síndrome de Cushing apresentam valores de cortisol dentro da faixa normal - a amostra foi recolhida no horario certo
D. trata-se, provavelmente, de um pseudo-Cushing, pois o valor do cortisol e alto, mais não há dados sobre os sintomas ou sinais do paciente
INCORRETO : se fosse um pseudo-Cushing o cortisol plasmatico não seria elevado. Valores de cortisol sérico às 23h superiores a 7,5μg/dL são encontrados em 94% dos pacientes com síndrome de Cushing, mas não naqueles com pseudo-Cushing.
E. trata-se de um paciente com titulo de cortisol normal, pois o ritmo circadiano de cortisol aumenta as vezes ate 15-20 μg/100 ml o titulo deste hormonio em volta da meia-noite
INCORRETO : o titulo não é nem de longe normal

Gabarito:  A

DISCURSIVA:
I) Quais são as principais caracteristicas da icterícia fisiológica na população de termo? 0,26 pontos
II) Defina a bilirrubinemia significante, a bilirrubinemia grave e a bilirrubinemia extrema. 0,24 pontos.

I) Quais são as principais caracteristicas da icterícia fisiológica na população de termo? 0,26 pontos
II) Defina a bilirrubinemia significante, a bilirrubinemia grave e a bilirrubinemia extrema. 0,24 pontos.

I) A hiperbilirrubinemia indireta denominada “fisiológica” caracteriza-se na população de termo por:
- início tardio (após 24 horas) (0,1 p)
- pico entre o 3º e 4º dias de vida (0,08 p)
- bilirrubinemia total (BT) máxima de 12 mg/dL (0,08 p)
II) Graus de hiperbilirrubinemia: a) hiperbilirrubinemia significante: BT > 17 mg/dL (0,08 p)
b) hiperbilirrubinemia grave: BT > 25 mg/dL (0,08 p)
c) hiperbilirrubinemia extrema: BT > 30 mg/dL (0,08 p)

FONTE:
A ICTERÍCIA GRAVE DO RECÉM NASCIDO

CASO CLINICO:
Uma paciente do sexo feminino, de 26 anos, relata que começou a ter febre (38-39oC) e queda do estado geral há 7 dias. Vem apresentando cansaço aos esforços há cerca de 2 meses. Refere também o aparecimento de “hematomas na pele” e gengivorragia. Ao exame, encontra-se prostrada, febril, hipocorada +3/+4, anictérica, tireóide impalpável, sem adenopatia cervical, axilar ou inguinal, RCR 2T BNF sem sopros, MVUA, sem ruídos adventícios, abdome flácido, sem massas ou megalias, membros inferiores apresentando algumas petéquias. Laboratório: Bioquímica normal; hemograma disposto abaixo:

Hb 7,5g/dL
Hct 24%
VCM 100fL
HCM 32pg
CHCM 34g/dL
RDW 9%

Leucócitos 600/mm3
basófilos 0%
eosinófilos 0%
mielócitos 0%
metamielócitos 0%

bastões 5%
segmentados 30%
linfócitos 60%
monócitos 5%
Plaquetas 17.000/mm3

Pergunta-se:
a) Qual a hipótese diagnóstica mais provável? (0,0625 pontos)
b) Como confirmar o diagnóstico? (0,0625 pontos)
c) Qual o tratamento de suporte? (0,3125 p)
d) Qual o tratamento específico mais indicado? (0,625 p)


a) Qual a hipótese diagnóstica mais provável?
Anemia aplásica. (0,0625 p)
b) Como confirmar o diagnóstico?
Biópsia de medula óssea (0,0625 p)
c) Qual o tratamento de suporte? Iniciar Cefepime venoso (0,0625 p), após coleta de hemoculturas (0,0625 p)
Reposição de concentrado de plaquetas (0,0625 p)
NÃO transfundir hemácias (0,0625 p) (aumenta o risco de rejeição ao transplante de células-tronco (0,0625 p)
d) Qual o tratamento específico mais indicado?
Transplante alogênico de células-tronco (medula óssea) (0,625 p)

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.