m  i  s  o  d  o  r


        SITE PREPARATORIO PARA RESIDÊNCIA MÉDICA, REVALIDA, CONCURSOS PUBLICOS E PROVAS DE TITULO

 


usuario: senha:


NÃO SOU CADASTRADO
                                                         NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO



583 USUARIOS INSCRITOS

99 PROVAS FEITAS POR ASSINANTES

710 RECADOS DOS VISITANTES


NOSSO BANCO DE PROVAS TEM:
5488 QUESTÕES OBJETIVAS, PRECISAMENTE:

1235 DE CLINICA, 2241 DE PEDIATRIA, 1204 DE CIRURGIA, 191 DE OBSTETRICA-GINECOLOGIA, 338 DE SAUDE PUBLICA
93 QUESTÕES DISSERTATIVAS E 133 CASOS CLINICOS

 

 

 

 


LIDERES DAS PROVAS - CONFIRA A CLASSIFICAÇÃO COMPLETA AQUI:
Pos.    Nickname Pontuação Media Nr. provas
1.    TARGIGNIS 137.00 7.829 7
2.    ROSA MARIA 127.00 7.257 7
3.    ANGELINA 119.00 6.800 7
SURPRESAS PARA OS ASSINANTES QUE ESTÃO USANDO A PLATAFORMA DE PROVAS ONLINE!
EM BREVE, NOSSO PATROCINADOR VAI OFERECER PREMIOS SUBSTANCIAIS EM DINHEIRO PARA OS USUARIOS COM AS MELHORES PONTUAÇÕES NAS PROVAS!

CONFIRA ALGUNS EXEMPLOS, ESCOLHIDAS PELO SISTEMA ALEATÓRIO:

OBJETIVA:
Assinale a alternativa INCORRETA. São doenças de notificação compulsória no Brasil:
A. tétano
B. sífilis congênita
C. tuberculose
D. varíola
E. brucelose

Assinale a alternativa INCORRETA. São doenças de notificação compulsória no Brasil:

A. tétano
INCORRETO: veja a resposta da alternativa E
B. sífilis congênita
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
C. tuberculose
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
D. varíola
INCORRETO : veja a resposta da alternativa E
E. brucelose
CORRETO : Segundo Portaria 1.943, de 18 de Outubro de 2001, tétano, sífilis congênita, tuberculose e varíola, alem de outras, estão presentes. No entanto, brucelose não se encontra na lista do Ministério da Saúde. A portaria reconhece em seu art. 6, que os gestores estaduais e os municipais do Sistema Único de Saúde poderão incluir outras doenças e agravos no elenco de doenças de notificação compulsória, em seu âmbito de competência, de acordo com o quadro epidemiológico local. Sendo assim não há o impedimento de inclusão da brucelose em listas estaduais e/ou municipais, no entanto na lista do ministério ela não está presente.

Gabarito:  E

DISCURSIVA:
Em relação à Pneumonia do lactente, descreva:
1) Diagnóstico (0,3 pontos)
2) Tratamento (0,2 pontos)

Em relação à Pneumonia do lactente, descreva:
1) Diagnóstico (0,3 pontos)
2) Tratamento (0,2 pontos)

1) Diagnóstico
Clínico (0,05 p)
Exame Físico (0,05 p)
História da doença (0,05 p)
Radiológico - Rx de tórax (0,05 p) com sinais de condensação pulmonar (0,05 p) ou infiltrado intersticial. (0,05 p)
2) Tratamento
Com antibióticos (0,05 p) – penicilina cristalina (0,05 p) ou ampicilina (0,05 p) ou amoxilina (0,05 p).

FONTE:
PROVA DE REVALIDAÇÃO U. F. M. T. 2010

CASO CLINICO:
Você recebe na Sala de Emergência um paciente de 46 anos, do sexo masculino, com queixa de fraqueza e dor no epigástrio há semanas. Ao exame físico você repara que há importante palidez cutâneo-mucosa e distensão das veias jugulares em posição ortostática. O pulso varia intensamente em amplitude conforme o paciente respira. A pressão arterial sistólica é de 120 mmHg na expiração, mas cai para 70 mmHg na inspiração. Ausculta pulmonar normal. Ausculta cardíaca rítmica, em 2 tempos. Ao examinar o abdome, você conclui que a dor queixada tem origem no fígado, órgão este que está bastante aumentado, tendo suas bordas rombas. Há edema de membros inferiores.
Você faz alguns exames, que mostram: Sangue: Hemoglobina de 5g/dL; Creatinina de 11,7 mg/dL. Rx de tórax apresenta aumento global da área cardíaca e pulmões limpos. 
(a) Qual o diagnóstico sindrômico da alteração circulatória? - 0,4 pontos.
(b) Qual a mais provável causa, considerando os dados fornecidos? - 0,1 pontos.




(a) Qual o diagnóstico sindrômico da alteração circulatória?

  • Tamponamento cardíaco por pericardite constrictiva 0,2 p
  • Tamponamento cardíaco por derrame pericárdico   0,2 p

(b) Qual a mais provável causa, considerando os dados fornecidos?

Insuficiência renal crônica. 0,1 p

Todos os direitos reservados. 2019.
O site misodor.com está online desde 04 de novembro de 2008
O nome, o logo e o site misodor são propriedade declarada do webmaster
Qualquer conteudo deste site pode ser integralmente ou parcialmente reproduzido, com a condição da menção da fonte.