PROVA DE REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA DE MEDICO GRADUADO NO EXTERIOR

UMFT – 2006.

SAIR


1) Assinale a alternativa CORRETA Em relação aos materiais utilizados na síntese cirúrgica, podemos afirmar que:
(a) O nylon geralmente é um fio monofilamentado, com baixa memória, inabsorvível e muito utilizado para a sutura de pele.
(b) O categute simples é um fio cirúrgico de origem biológica, com baixa força tênsil, muito utilizado para ligadura de vasos no subcutâneo e que causa uma baixa reação tecidual.
(c) O ácido poligaláctico é um fio de sutura de origem biológica, que causa pouca reação tecidual, sua absorção é completada em torno de 60 dias e pela sua força tênsil pode ser utilizado em cirurgias ginecológicas, urológicas etc.
(d) O polipropileno é um fio de sutura de origem sintético, é monofilamentar, possui pouca reação tecidual e por ter pequeno coeficiente de atrito é um fio ideal para sutura intradérmica.
(e) O poliéster é um fio sintético, fabricado a partir da fibra de poliéster, monofilamentado, excelente para sutura vascular, aponeuroses e tendões, e com alta memória.

2) A causa mais comum de hemorragia maciça do trato gastrintestinal baixo é:
(a) Carcinoma
(b) Diverticulose
(c) Diverticulite
(d) Pólipos
(e) Colite ulcerativa

3) Em relação ao sangramento por varizes esofagianas podemos dizer:
(a) Manifesta-se por longo tempo por sangramento oculto.
(b) Embora profuso, o primeiro episódio de sangramento geralmente tem mortalidade baixa.
(c) O nível de comprometimento da função hepática não é importante no prognóstico do episódio de sangramento.
(d) As derivações porto-sistêmicas podem ser realizadas como tratamento no episódio agudo.
(e) A pressão do balão esofágico de tamponamento sobre a parede do esôfago deve ser de 150 mmHg por 48 horas.

4) Qual, dentre as condições abaixo, determina mais freqüentemente peritonite generalizada:
(a) Úlcera péptica perfurada.
(b) Apendicite perfurada.
(c) Diverticulite colônica perfurada.
(d) Câncer de cólon perfurado.
(e) Colecistite enfisematosa.

5) A colangite supurativa aguda é caracterizada por todos os seguintes achados, exceto:
(a) Icterícia.
(b) Confusão mental.
(c) Hipotensão.
(d) Amilase sérica elevada.
(e) Fosfatase sérica elevada.

6) Assinale a alternativa correta. Durante a ressuscitação de pacientes com choque hipovolêmico, a infusão de albumina, em adição a soluções cristalóides e sangue, tem qual dos seguintes efeitos:
(a) Aumenta a sobrevida do paciente.
(b) Não altera os níveis de albumina sérica.
(c) Aumenta a necessidade de suporte respiratório.
(d) Diminui a PO2.
(e) Diminui a pressão em cunha da artéria pulmonar.

7) Assinale a alternativa correta. Atualmente, para o tratamento cirúrgico eletivo do megacolon chagásico de grau importante, com comprometimento intenso do colon e do reto utiliza-se a (o):
(a) técnica de Hartmann
(b) fechamento distal do coto retal e colostomia no ângulo hepático do colon
(c) retosignoidectomia com anastomose primária coloretal, sem colostomia protetora
(d) anoesfincterotomia por via perineal
(e) abaixamento retrorretal do colon com anastomose colorretal retardada

8) Assinale a alternativa correta. A tríade clássica de sintomas relacionados à neoplasia de colon direito, constitui-se por:
(a) diarréia, anemia e massa palpável
(b) puxo, tenesmo e massa palpável
(c) diarréia, obstipação e elevação dos níveis de CEA
(d) sialorreia, diarréia e hematoquesia
(e) hematoquesia, melena e tenesmo

9) Assinale a alternativa correta. Nos casos de falha do tratamento clinico do íleo meconial ou nos casos de íleos meconiais complicados podem ser utilizados alguns tipos de tratamento cirúrgico para ressecção do segmento ileal comprometido, EXCETO:
(a) anastomose ileoileao terminoterminal tipo Swenson
(b) enterostomia distal
(c) enterostomia proximal tipo Santulli
(d) anastomose duodenojejunal tipo Bishop
(e) enterostomia tipo Mikulicz

10) Assinale a alternativa correta. Para a avaliação da extensão da área queimada em indivíduos adultos adota-se a regra de:
(a) Prune  & Belly
(b) Nuck & Stevens
(c) Duhamel & Haddad
(d) Lukes & Butler
(e) Lund  & Brodwer

11) Assinale a alternativa correta. Atualmente o tratamento de escolha para os aneurismas e dissecções aórticas do tipo B baseia-se:
(a) em tratamento clinico, com utilização de anti-hipertensivos e betabloqueadores
(b) na toracofrenolaparotomia e colocação de prótese no segmento acometido
(c) no implante de prótese de dacron, através de método endovascular
(d) na realização de enxertos recobertos com rapamicina, para evitar a trombose
(e) na cirurgia, por esternotomia, e correção do defeito utilizando-se técnica de Bentall-DeBonno.

12) Assinale a alternativa correta. Paciente com adenocarcinoma pulmonar em lobo inferior esquerdo; 4,3 cm de diâmetro; linfonodomegalia mediastinal para-traqueal direita (retrocaval), com linfonodo medindo cerca de 2,5 cm de diâmetro. Demais exames realizados não demonstram disseminação da doença. O estadiamento e a conduta correta seriam:
(a) Estágio II-A e lobectomia inferior esquerda
(b) Estágio IV e quimioterapia
(c) Estágio III-A e lobectomia seguida de quimio e radioterapia adjuvante
(d) Estágio III-B e mediastinoscopia com biópsia
(e) Estágio I e pneumonectomia esquerda

13) Dentre os fatores abaixo, qual deles é causa de crescimento intra-uterino retardado tipo I:
(a) Placenta prévia
(b) Gestação múltipla;
(c) Cardiopatia materna;
(d) Pré-eclâmpsia.
(e) Trissomia do 18;

14) A gestação gemelar monocoriônica e diamniótica ocorre quando a divisão do ovo acontece entre os seguintes dias da fecundação:
(a) Primeiro e terceiro dia;
(b) Quarto ao oitavo dia;
(c) Nono e décimo terceiro dia;
(d) Décimo ao décimo quinto dia;
(e) A partir do décimo quinto dia.

15) O edema de lábio anterior do colo uterino durante o trabalho de parto pode ser explicado por:
(a) assinclintismo anterior;
(b) assinclintismo intermediário;
(c) assinclitismo posterior;
(d) sinclitismo anterior;
(e) sinclitismo posterior.

16) A incompetência istmo cervical pode ser decorrente de diversas causas, EXCETO:
(a) Laceração cervical no parto operatório;
(b) Amputação cervical;
(c) Conização;
(d) Dilatação cervical para curetagem;
(e) Multiparidade.

17) A prenhez ectópica pode se encontrar em diversos sítios. Dentre os abaixo, o mais raro é:
(a) ovariana;
(b) cornual;
(c) ampolar proximal;
(d) intersticial;
(e) fimbrial.

18) As manifestações neurogênicas compreendem os sintomas mais comuns da síndrome de climatério. Dentre os sintomas abaixo, o mais freqüentes é o seguinte:
(a) sudorese;
(b) calafrios;
(c) ondas de calor;
(d) tonturas
(e) insônia.

19) Qual das alternativas abaixo representa contra-indicação absoluta para terapia tocolítica:
(a) Restrição de crescimento fetal;
(b) polidramnia;
(c) hipertensão arterial crônica;
(d) trabalho de parto com 4 cm de dilatação;
(e) corioamnionite.

20) Leia e analise as afirmações abaixo e marque a alternativa correta.

I. Na resposta imune primária ocorre a formação da imunoglobulina do tipo M, que não atravessa a placenta.

II. Na primeira consulta pré-natal devemos determinar o grupo sanguíneo ABO, sistema Rh e pesquisa de anticorpos pelo método de Coombs. Caso a gestante seja sangue O Rh negativo e Coombs Indireto Positivo preconiza-se a administração de imunoglobulina anti-Rh na 28ª semana e nas primeiras 72 horas pós-parto.

III. Indicações antenatais da globulina imune Rh (D) incluem procedimentos invasivos como biópsia de vilo, amniocentese, cordocentese, ameaça de abortamento e profilaxia na vigésima oitava semana de gestação.

a – ( )  I e II corretas.
b – ( )  I e III. corretas
c – ( )  II e III corretas
d – ( ) Nenhuma correta
e – ( ) Todas corretas.

21) A posição de Laborie-Duncan é utilizada durante o período expulsivo para ampliação do:
(a) Estreito superior;
(b) Estreito médio;
(c) Estreito inferior;
(d) Diâmetro transverso;
(e) Diâmetro antero-posterior.

22) O abortamento na legislação brasileira é permitido apenas na seguinte situação:
(a) Gestação resultante de estupro, desde que comprovado através do Boletim de Ocorrência Policial e anencefalia.
(b) Rubéola no primeiro trimestre; Gestação resultante de estupro, anencefalia;
(c) Cardiopatia materna; psicose materna;
(d) Malformação fetal;
(e) Gestação resultante de estupro e doenças graves com risco de vida para a mãe.

23) O dispositivo intra-uterino (DIU) é método anticoncepcional largamente utilizado atualmente. As situações abaixo representam contra-indicações absolutas, EXCETO:
(a) sangramento vaginal sem diagnóstico;
(b) doença inflamatória pélvica;
(c) câncer de colo uterino;
(d) nuliparidade;
(e) tuberculose pélvica.

24) Dentre as assertivas abaixo, assinale a INCORRETA:
(a) O folículo maduro rompe cerca de 36 h após o pico do LH;
(b) Na fase folicular o evento mais importante é a elevação do FSH e a queda do estradiol;
(c) A queda do estrógeno e progesterona após a regressão do corpo lúteo relaxa a retroalimentação negativa permitindo a elevação do LH e FSH precedendo a menstruação;
(d) Não havendo concepção o corpo lúteo começa a regredir 10-14 dias após a ovulação;
(e) A fase folicular se estende do primeiro dia da menstruação até o dia do pico do LH no meio do ciclo.

25) O uso de glicocorticóides sistêmicos produz alterações hematológicas 4 a 6 horas após a sua administração que desaparecem em 24h, se doses subseqüentes não forem administradas. São efeitos dos glicocorticóides:

(a) Eosinofilia;
(b) Monocitose;
(c) Linfocitose;
(d) Neutrofilia;
(e) Basofilia.

26) Homem de 80 anos procura atendimento médico com queixa de esforço para começar a urinar e sensação de esvaziamento incompleto da bexiga ao final da micção, há 5 anos. Os medicamentos indicados para controle de sintomas e redução do volume prostático são, respectivamente:

(a) finasterida e alfa bloqueador;
(b) alfa bloquedor e finasterida;
(c) beta bloqueador e finasterida;
(d) beta agonistas e finasterida;
(e) finasterida e beta bloquedor.

27) Mulher de 30 anos queixa-se de pirose, sensação de “globus” e tosse seca à noite iniciados há 2 meses. Das opções abaixo, a que indica endoscopia digestiva alta, precocemente, é:

(a) diarréia associada;
(b) história familiar de adenocarcinoma de esôfago;
(c) presença de disfagia;
(d) tabagismo;
(e) história familiar de H.pilory.

28) A doença reumática mais associada com a presença de fenômeno de Raynaud é:

(a) poliomiosite;
(b) lupus;
(c) artrite reumatóide;
(d) síndrome de sjogren;
(e) esclerodermia.

29) São recomendações sobre cuidados com os pés de pacientes diabéticos com neuropatia sensitiva de membros inferiores:

(a) deixar as unhas maiores do que o habitual;
(b) nunca andar descalço;
(c) não usar palmilhas nos sapatos;
(d) lavar com água quente;
(e) é contra-indicado aplicar produtos para lubrificação da pele.

30) Marque a alternativa que contém uma causa secundária de osteoporose:

(a) hipercortisolismo;
(b) hipotiroidismo;
(c) sarcoidose;
(d) uso de diuréticos tiazidicos;
(e) doença de Wilson.

31) Assinale a alternativa correta. A Nefrite lúpica clínica é observada em cerca de 50% dos pacientes com LES e é caracterizada por alterações urinárias ou funcionais. A forma de nefrite lúpica mais comum é:

(a) glomerulonefrite seguimetar;
(b) glomerulonefrite membranosa;
(c) glomerulonefrite proliferativa focal;
(d) glomerulonefrite mesangial;
(e) glomerulonefrite proliferativa difusa.

32) Paciente portador de carcinoma pulmonar de pequenas células é trazido à emergência com quadro agudo de sonolência e desorientação. Os exames demonstraram Na Sérico=108. A reposição parenteral de Na deve ser no máximo de:

(a) 12 meq/l nas 24 horas;
(b) 5 meq/l nas 24 horas;
(c) 10 meq/l nas 24 horas;
(d) 20 meq/l nas 24 horas;
(e) 25 meq/l nas 24 horas.

33) Em um paciente suspeito de dengue, quais dos itens abaixo relacionados são sinais de agravamento para  dengue hemorrágica?

I. dor abdominal intensa
II. hipotensão postural
III. redução repentina do hematócrito
IV. oliguria

(a) Apenas II e III.
(b) Apenas III e IV.
(c) Apenas I, II e III.
(d) Apenas I, II e IV.
(e) I, II, III e IV.

34) Um senhor de 75 anos usa regularmente várias medicações diariamente. As drogas são usadas para tratar dores articulares, hipertensão arterial, diabete mélito, constipação intestinal e insônia. Nos últimos dias, o paciente aumentou por conta própria o benzodiazepínico usado para a insônia. Há quatro dias, os familiares notaram que ele mudou bruscamente o seu comportamento, tendo atitudes não usuais, como manifestar agressividade, alternadas com períodos de apatia, despindo-se na frente dos familiares, falando palavras de baixo calão e recusando alimentação. Os familiares resolveram suspender a medicação e levaram o paciente ao seu médico de família. Na consulta, o paciente já estava bem melhor, praticamente voltando ao seu comportamento usual. Diante deste quadro, o diagnóstico inicial mais provável, dentre os abaixo relacionados, é

(a) demência.
(b) crise hipertensiva.
(c) descompensação diabética.
(d) delirium.
(e) tumor cerebral.

35) A tuberculose é uma doença com alta prevalência e que tem grande importância na saúde pública. Tem pouca relação com a transmissão ou com a prevenção da tuberculose o seguinte fator:

(a) a luz ultravioleta

(b) o ar como veículo de propagação de germes

(c) a pressão negativa

(d) gotículas de Flugge

(e) máscara filtro N95

36) Mulher, diabética, usuária de insulina NPH humana antes do café da manhã e às 23h, apresenta, há uma semana, episódios de sudorese de madrugada, cefaléia e palpitação. Considere as  seguintes afirmações, tendo como referência o caso apresentado.

I. Trata-se de episódios de hiperglicemia. Recomenda-se ajustar as doses de insulina.
II. Trata-se de episódios de hipoglicemia. Recomenda- se reduzir a dose noturna de insulina.
III. Trata-se de efeito Somogyi.
Quais estão corretas?
(a) Apenas I.
(b) Apenas II.
(c) Apenas III.
(d) Apenas II e III.
(e) Apenas I e III.

37) Em relação às doenças exantemáticas da infância, associe corretamente a primeira coluna com a segunda e, em seguida, assinale a alternativa correta:

(a)

Rubéola

(   )

exantema morbiliforme mais acentuado ao final do 3° dia.

(b)

Varicela

(   )

exantema mais comum do lactente.

(c)

Sarampo

(   )

exantema máculo-vesicular com lesôes pleomórficas.

(d)

Escarlatina

(   )

exantema acompanhado por artralgias, precedido de período prodrômico

(e)

Exantema Súbito

(   )

exantema que poupa a região peri-labial.

(a) c; e; b; a; d
(b) e; a; c; d; b
(c) a; c; d; b; e
(d) e; c; b; d, a
(e) b; d; e; a; c.

38) Menina de 5 anos, previamente hígida, procura o Centro de Saúde com história de febre elevada e tosse há três dias. Ao exame físico apresenta-se acianótica, taquipneica (52 irpm), com discreta tiragem intercostal e xifoidiana e na ausculta murmúrio abolido em base direita e com estertores crepitantes no terço médio do pulmão direito. A radiografia de tórax mostrou derrame pleural de pequeno/médio volume acompanhada por condensação lobar à direita. A conduta, o antibiótico mais adequado e o agente etiológico são respectivamente:

(a) Tratamento no domicílio; Eritromicina e Micoplasma pneumoniae.

(b) Tratamento no domicílio; Amoxicilina via oral e Pneumococo.

(c) Internação; Penicilina Cristalina e Pneumococo.

(d) Internação; Oxacilina e Ceftriaxone e Staphylococcus aureus.

(e) Tratamento no domicílio; Oxacilina e Staphylococccus aureus.

 

39) Recém-nascido de termo, em bom estado geral, apresenta nas primeiras 48 horas de vida, máculas eritematosas, pápulas e pústulas disseminadas na face, tronco, membros superiores e inferiores. O esfregaço obtido de uma pústula revelou a presença de eosinófilos. O diagnóstico mais provável é:

(a) Eritema tóxico neonatal
(b) Miliária neonatal
(c) Melanose pustulosa transitória neonatal
(d) Herpes simples neonatal
(e) Impetigo neonatal

40) Em relação às infecções congênitas, relacione corretamente as patologias com as suas principais manifestações clínicas e marque a alternativa correta.

(1)

Lues

(   )

catarata, desnutrição intra-útero, mal- formaçõa cardíaca.

(2)

Toxoplasmose

(   )

calcificações peri-ventriculares, surdez.

(3)

Rubéola

(   )

periostite, lesões cutâneas e coriza serossanguinolenta.

(4)

Citomegalia

(   )

calcificações cerebrais difusas, corioretinite e microcefalia.

(a) 3; 2; 1; 4.

(b) 4; 3; 1; 2.

(c) 4; 3; 2; 1.

(d) 2; 4; 1; 3.

(e) 3; 4; 1; 2.

41) Alterações de desenvolvimento podem ser encontradas na cavidade bucais do recém-nato. De acordo com esses acontecimentos, assinale a resposta incorreta.

(a) A anquiloglossia (freio ligual curto) pode dificultar aleitamento materno do bebê.
(b) Nódulos de Bohn se apresentam como pequenas bolas branco-amareladas, localizadas geralmente na porção vestibular, palatina ou lingual dos rodetes gengivais.
(c) A discrepância de tamanho até 10 milímetros, entre os rodetes superior e inferior é um acontecimento normal entre os recém-natos.
(d) Dentes natais são geralmente da série normal (95%), entretanto, sua exodontia é indicada rotineiramente pelos odontopediatras.
(e) As pérolas de Epsten são pequenas bolas branco-amareladas localizadas no palato do bebê e podem ser confundidas com úlceras traumáticas e cistos da papila palatina.

42) Associe as vacina às reações adversas que as mesmas podem ocasionar e assinale, a seguir a alternativa correta:

(a)

Pólio Oral

(  )

Parotidite

(b)

MMR

(  )

Síndrome Hipotônica Hiporresponsiva

(c)

Febre Amarela

(  )

Encefalite

(d)

BCG

(  )

Paralisia Flácida

(e)

DPT

(  )

Abcesso Cutâneo

(f)

Rotavírus

(  )

Convulsão

(g)

Hepatite B

(  )

Linfadenite satélite

(a) e; b; c; g; d,e; d.
(b) e; f; e; a; d; e; d.
(c) b; e; c; a; d;e; d.
(d) e; f; c; g; d; c; d.
(e) b; f; c; a; g; c; d.

43) Mãe primípara, em aleitamento materno exclusivo, traz seu filho com uma semana de vida ao Centro de Saúde, no período da manhã, para consulta. Sua queixa principal é “meu bebê está vomitando sangue e com diarréia. Toda vez que mama dói muito meu peito e ele sempre faz um cocô amarelo aquoso e isto já aconteceu 4 vezes hoje, vomitou sangue uma vez”. O peso está o mesmo do nascimento, 3.300 g. Qual é a melhor conduta para este caso?

(a) Examinar as mamas da mãe, se encontrar fissuras no mamilo, manter o aleitamento materno, dar sais reidratante via oral e solicitar que a mãe retorne para nova consulta em 24 horas.
(b) Examinar as mamas da mãe, se encontrar fissuras no mamilo, trocar o leite para uma fórmula isenta de lactose e tranqüilizar a mãe.
(c) Não examinar as mamas da mãe, trocar o leite para fórmula Láctea e encaminhar a criança para o Gastroenterologista Pediátrico.
(d) Examinar as mamas da mãe, se encontrar fissuras no mamilo, suspender o aleitamento e dar fórmula Láctea isenta de lactose e sais reidratante via oral no intervalo das mamadas.
(e) Examinar as mamas da mãe, se encontrar fissuras no mamilo, manter o aleitamento, orientar a técnica de amamentação, ensinar a ordenha das mamas para esvaziamento e, se necessário, oferecer o leite na seringa, tranqüilizar a mãe para que não abandone o aleitamento materno.

44) Pais levam o filho de três anos ao Pronto Socorro com história de queda com suspeita de fratura de membro superior direito (braço). Ao exame nota-se criança apática, com hematomas no dorso e nádegas com formato retangular cerca de 3,0 cm x 15 cm, marcas de dedos no braço esquerdo e hematoma na face esquerda. Diante deste quadro qual a conduta mais adequada?

  1. Encaminhar para o ortopedista para avaliação da suspeita de fratura e tranqüilizar os pais da criança.
  2. Conversar em separado com os pais para tranqüilizá-los, solicitar raios-x do ombro direito, imobilizar o membro e prescrever antiinflamatório.
  3. Atender a criança tomando as medidas necessárias para o diagnóstico e tratamento da possível fratura e encaminhar os pais e a criança para o serviço social.
  4. Prestar atendimento médico a criança, solicitar raios-x do corpo inteiro, internar a criança para afastá-la dos pais e notificar ao Conselho Tutelar a suspeita de maus tratos.
  5. Conversar com os pais para tranqüilizá-los, solicitar raios-x do ombro direito, imobilizar o membro e liberar a criança para sua residência.

45) A adolescência é a fase mais complexa e dinâmica do ponto de vista físico e emocional na vida do ser humano. É nesta fase que ocorrem as várias mudanças no corpo que repercutem diretamente na evolução da personalidade. Nesse período há comportamentos que identificam os adolescentes com tendo uma adolescência normal. Marque a alternativa incorreta.

(a) Segundo o Estatuto da Criança e do Adolescente (Lei 8.069 de 13/07/1990) é adolescente aquela pessoa entre dez e vinte anos de idade.
(b) A puberdade é um fenômeno universal com um ritmo que, embora varie de indivíduo para indivíduo, de acordo com o crescimento e desenvolvimento, é previsível dentro de parâmetros próprios da espécie.
(c) A construção da identidade adulta implica numa série de perdas, como o corpo infantil, a condescendência com a condição de criança e os pais da infância, que eram mais protetores e menos exigentes, entre outras.
(d) Existe dificuldade de se configurar uma auto-imagem corporal em um corpo em constante transformação, da qual não tem controle.
(e) A puberdade refere-se ao processo de desenvolvimento orgânico, corporal, nos dando pouca informação sobre as mudanças comportamentais.

46) Lactente com 5 meses de vida é levado ao Centro de Saúde para consulta de rotina, sem queixas. Peso de nascimento 3.200 g, Comprimento 49 cm, Apgar 3 e 6 (1º e 5º minutos). História alimentar: Não mamou no seio materno, aleitamento artificial com Leite Ninho, suco de frutas, papa de frutas e água. Imunização: tomou BCG, Hepatite B (2 doses), anti-pólio (2 doses), DPT+Hib (2 doses), Rotavírus (2 doses). Desenvolvimento Neuropsicomotor: não firma a cabeça, olha para as pessoas, emite sons. Ao exame: Peso 6.400 kg, Comprimento: 64 cm. Assinale a alternativa correta:

(a) Apresentou anóxia neonatal grave e, provavelmente, seja a causa do retardo no seu desenvolvimento neuropsicomotor.

(b) A alimentação necessita de complementação com Sulfato Ferroso 3-5 mg/kg/dia para a profilaxia da anemia ferropriva.

(c) O calendário vacinal está atrasado, deveria já ter recebido a segunda dose da BCG e a terceira dose da Hepatite B.

(d) O ganho de peso está insuficiente devido à ausência do aleitamento materno, deveria estar pesando 9 Kg.

(e) O crescimento está insuficiente, deveria estar medindo 74 cm.

47) Mãe leva seu filho de 10 meses de idade ao Pronto Socorro com história de febre, vômitos e diarréia intensos há 24 horas. Ofereceu o seio materno e soro oral, porém vomita tudo. Refere que a criança não está urinando. Ao exame, apresenta-se letárgico, taquicárdico, com olhos encovados e sem lágrimas, fontanela deprimida, extremidades frias, pulsos palpáveis, respiração rápida e profunda, saliva escassa e hálito cetônico. Foram realizados exames de urgência que mostraram:


Hemograma

GV: 2,8x103;Hb: 8,3g/dl; Ht: 25,8%; VCM: 67 mm3; HCM: 20pg; RDW:16
GB: 10.800 N: 30%; S: 30%, E:2%; B:0; L: 60%; M:8%
Plaquetas: 280.000/mm3

Eletrólitos

Na; 136 mEq/l; Ca: 9 mg/dl; K: 2,80 mEq/l

Glicemia

85 mg/dl

Gasometria Arterial

pH: 7,22; Pco2: 30; PO2: 90; Hco3-: 12, Sat: 90%; BE: - 8

Responda. Qual o diagnóstico e conduta corretos?

(a) Desidratação isonatrêmica grave, com sinais de acidose metabólica - hospitalização e hidratação parenteral
(b) Desidratação hiponatrêmica, com sinais de choque e acidose metabólica - hospitalização e uso de expansores plasmáticos
(c) Desidratação isonatrêmica moderada, sem sinais de choque, associada a hipopotassemia - hidratação oral
(d) Desidratação aguda com hiponatremia, hipopotassemia e acidose metabólica - hospitalização e hidratação venosa
(e) Desidratação isonatrêmica, com provável patologia respiratória - hidratação por gavagem sob vigilância por 6 horas

48) Ainda em relação ao enunciado da questão anterior, assinale a alternativa que melhor representa a interpretação dos exames laboratoriais apresentados:

(a) Anemia normocrômica normocítica com anisocitose; Hiponatremia e hipocalemia; Acidose metabólica descompensada
(b) Anemia normocrômica microcítica sem anisocitose; Normonatremia e hipocalemia; Acidose metabólica compensada
(c) Anemia hipocrômica normocítica com anisocitose; Normonatremia e hipercalemia; Acidose metabólica compensada.
(d) Anemia hipocrômica microcítica sem anisocitose; Normonatremia e hipocalemia; Acidose metabólica compensada.
(e) Anemia hipocrômica microcítica com anisocitose; Normonatremia e hipocalemia; Acidose metabólica descompensada.

49) Um paciente recebe de seu médico a informação de que apresenta um teste positivo para uma determinada doença. Se o médico pudesse fazer-lhe apenas uma pergunta, cuja resposta pudesse lhe auxiliar no diagnóstico final, isto é, para saber se realmente ele tem essa doença, qual deveria ser a característica dessa pergunta?

(a) Ter alta sensibilidade.
(b) Ter alta especificidade.
(c) Ter alto valor preditivo positivo.
(d) Ter alta prevalência.
(e) Ter alta incidência.

50) Segundo o Ministério da Saúde, a equipe mínima de Saúde da Família é constituída por:

(a) um médico, dois técnicos de enfermagem e um agente comunitário de saúde;
(b) um médico, um enfermeiro e quatro a seis agentes comunitários de saúde;
(c) um médico, um odontólogo, um enfermeiro e dois auxiliares de enfermagem;
(d) um médico, um a dois auxiliares de enfermagem e quatro a seis agentes comunitários de saúde;
(e) um médico, um enfermeiro, um a dois auxiliares de enfermagem e quatro a seis agentes de saúde.

51) Um médico da Rede Básica de Saúde é chamado para atender um caso de urgência na escola próxima à Unidade Básica de Saúde (UBS) onde trabalha. Ao chegar, vê uma jovem de 25 anos convulsionando, que, logo a seguir, perde a consciência. Fora atropelada por um automóvel que fugiu do local. Ele constata o óbito no mesmo instante em que chega a equipe do Serviço de Atenção Móvel de Urgência (SAMU). Considere as seguintes afirmações, tendo como referência a situação apresentada:

I) A declaração de óbito pode ser emitida tanto pelo SAMU, quanto pelo médico da UBS;

II) A declaração de óbito deve ser emitida pelo médico da UBS;

III) A declaração de óbito deve ser emitida pelo órgão da Secretaria de Justiça.

Quais estão corretas?
(a) Apenas I
(b) Apenas II
(c) Apenas III
(d) Apenas II e III
(e) I, II e III

52) Uma mulher de 49 anos apresenta-se com dor lombar no último mês e pergunta se seria recomendada uma cirurgia de coluna. O Médico gostaria de decidir com base na melhor evidência disponível. Ao realizar uma pesquisa bibliográfica, encontra apenas estudos realizados em homens. Os resultados desses estudos podem não ser aplicados à paciente em questão por ter ocorrido:

(a) erro aleatório.
(b) confundimento.
(c) viés de aferição.
(d) viés de seleção.
(e) dificuldade de realizar a validade externa (generalização).

53) O estudo de casos e controles:
I - é um delineamento muito usado quando se trata de doença rara.
II - seleciona os entrevistados em um grupo com e outro sem o fator de risco em estudo.
III - costuma ser um estudo mais barato do que os longitudinais.
Quais afirmações estão corretas?
(a) Apenas I
(b) Apenas I e II
(c) Apenas I e III
(d) Apenas II e III
(e) I, II e III

54) O conceito de integralidade previsto no Sistema Único de Saúde (SUS) compreende:

(a) conjunto articulado e contínuo das ações e serviços preventivos e curativos
(b) integração, em nível executivo, das ações de saúde e meio ambiente;
(c) igualdade de acesso aos serviços de saúde nos diversos níveis de assistência;
(d) cooperação do governo e sociedade, visando à cobertura assistencial e à qualidade de serviço;
(e) conjunto dos diversos recursos das várias esferas do governo, visando à cobertura assistencial.

55) A Lei Orgânica de Saúde dispõe sobre as condições para a promoção, proteção e recuperação da saúde, e a organização e o funcionamento dos serviços correspondentes no Sistema Único de Saúde. É de competência da direção municipal do Sistema Único de Saúde:

(a) formular, avaliar e apoiar políticas de alimentação e nutrição;
(b) controlar e fiscalizar os procedimentos dos serviços privados de saúde;
(c) acompanhar, controlar e avaliar as redes hierarquizadas do Sistema Único de Saúde;
(d) estabelecer normas e executar a vigilância sanitária de portos, aeroportos e fronteiras;
(e) acompanhar, avaliar e divulgar os indicadores de morbidade e mortalidade no âmbito da unidade federada.

56) A Norma Operacional da Assistência à Saúde – NOAS-SUS 01/2001 – tem por finalidade:

(a) ampliar as responsabilidades dos municípios na Atenção Básica e definir o processo de regionalização da assistência;
(b) ampliar as responsabilidades dos estados na Atenção Hospitalar e definir o processo de regionalização da assistência;
(c) ampliar as responsabilidades do nível federal na Atenção Hospitalar e definir o processo de centralização da assistência hospitalar de alta complexidade;
(d) instituir a estratégia de saúde da família no nível estadual;
(e) desestimular os consórcios intermunicipais de saúde.

57) Uma doença com um baixo índice de incidência e um alto índice de prevalência provavelmente tem
(a) Baixo risco relativo.
(b) Alto risco atribuível na população.
(c) Alto índice de ataque.
(d) Longa duração.
(e) Alta magnitude e baixa transcendência.

58) Segundo a Norma Operacional Básica 96, o Piso de Atenção Básica (PAB) é:

(a) um conjunto de ações de saúde consideradas básicas no nível de atenção primária;
(b) um montante financeiro definido por um valor per capita multiplicado pela população do município;
(c) um conjunto de ações de saúde considerado suficiente para ser oferecido à população;
(d) um montante financeiro definido por um valor per capita multiplicado pela população de cada estado e por este redistribuído aos municípios;
(e) o pagamento direto aos prestadores de atendimentos ambulatoriais do SUS.

59) O Controle Social na saúde é um direito conquistado na Constituição de 1988, e propõe a gestão participativa nas políticas públicas de saúde. Com a promulgação da Lei Orgânica 8.142/90, foram considerados espaços obrigatórios para o exercício do controle social os seguintes órgãos:

(a) Conferências de Saúde e Ministério Público;
(b) Conselhos Profissionais e Conselhos de Saúde;
(c) Ministério Público e Órgãos de Defesa do Consumidor;
(d) Conselhos de Saúde e Conferência de Saúde;
(e) Órgãos de Defesa do Consumidor e Ministério Público.

60) O administrador de uma Clínica que atende a toda população de uma cidade de porte médio decidiu avaliar a prevalência das doenças e agravos aos qual o serviço deve prestar atendimento. Foram entrevistadas 450 famílias residentes nos prédios próximos à Clínica, para não precisar gastar tempo e dinheiro com maiores deslocamentos. Apesar da intenção de, com estes resultados, planejar o número de atendimentos e de profissionais necessários para prestar um serviço adequado à população, ele cometeu um erro que comprometeu o resultado final da pesquisa. Este erro deve ter sido
(a) um erro do tipo alfa.
(b) um viés de seleção.
(c) um erro do tipo beta.
(d) um viés de confusão.
(e) um erro aleatório simples

 Gabarito /2006

 

 

 

 

PEDIATRIA

37

A

 

 

CLÍNICA CIRÚRGICA

1

D

 

38

C

 

 

2

B

 

39

A

 

 

3

B

 

40

E

 

 

4

A

 

41

D

 

 

5

D

 

42

C

 

 

6

B

 

43

E

 

 

7

E

 

44

D

 

 

8

A

 

45

A

 

 

9

D

 

46

A

 

 

10

E

 

47

A

 

 

11

C

 

48

E

 

 

12

D

 

SAÚDE COLETIVA

49

C

 

 

GINECOLOGIA E OBSTETRICIA

13

E

 

50

E

 

 

14

B

 

51

C

 

 

15

C

 

52

E

 

 

16

E

 

53

C

 

 

17

A

 

54

A

 

 

18

C

 

55

B

 

 

19

E

 

56

A

 

 

20

B

 

57

D

 

 

21

C

 

58

B

 

 

22

E

 

59

D

 

 

23

D

 

60

B

 

 

24

B

 

 

 

 

 

 

CLINICA MÉDICA

25

D

 

PROVA

 

 

26

B

 

 

 

27

C

 

 

 

28

E

 

 

 

29

B

 

 

 

30

A

 

A

 

 

31

E

 

 

 

32

A

 

 

 

33

D

 

 

 

34

D

 

 

 

35

D

 

 

 

 

 

 

36

B

 

 

 

 

 

QUESTÕES DISCURSIVAS – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA


01

Paciente de 38 anos com vida sexual ativa, tabagista e portadora de hipertensão arterial crônica, procurou o ginecologista desejando iniciar método anticoncepcional que não sejam métodos comportamentais ou de barreira.

  1. Descreva os métodos anticoncepcionais mais indicados para esta paciente (0,2).
  2. Descreva os métodos anticoncepcionais contra-indicados para esta paciente, justificando contra-indicação para cada um deles (0,2).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUESTÕES DISCURSIVAS – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA 2006


02

Gestante de 15 semanas retornou ao pré-natal trazendo exames realizados de rotina, cujo resultado para HIV está positivo (confirmado). Descreva a conduta adequada para esta paciente:

  1. Na assistência ao seu pré-natal (0,2)
  2. Na assistência ao seu parto e puerpério (0,1)
  3. Cite os critérios para a realização de cesariana eletiva na paciente (0,1).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – PEDIATRIA 2006


01

1-Com relação ao aleitamento materno:
a)- Comente as vantagens do aleitamento materno com relação a: (0,3)

  • Composição de ácidos graxos (0,1),
  • Fatores antimicrobianos (0,1)
  • Fatores imunomoduladores.(0,1)

b)-Diferencie o leite materno e o leite de vaca em relação a composição protéica e de carbohidratos (0,1).

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – PEDIATRIA


02

Mãe leva ao Centro de Saúde seu filho de 5 anos com a queixa de que ele não está crescendo, é bem menor que os primos de sua idade. A mãe refere ter feito 6 consultas de pré-natal e que não apresentou nenhuma intercorrência durante a gestação. Todas as suas sorologias foram negativas e fez uso de sulfato ferroso desde o 3º, mês. Informa que a criança nasceu de parto normal, a termo, no hospital e que a criança chorou logo ao nascer. Queda do coto umbilical com 15 dias. Ao exame físico constatou-se criança pouco comunicativa, corada, hidratada, eupneica e afebril. Peso de 25 Kg e Estatura de 95 cm. Solicitada avaliação da idade mental que evidenciou compatibilidade com 2 anos. O Rx para avaliação da idade óssea mostrou idade compatível com 18 meses. Sabendo que a idade peso é de 8 anos e a idade estatura é de 3 anos, responda as seguintes questões:
a)- Construa o Auxograma desta criança (0,3).
b)- Qual a principal hipótese diagnóstica para o caso (0,1)?

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

QUESTÕES DISCURSIVAS – CLÍNICA CIRÚRGICA- 2006

01

Cite 10 (dez) critérios de inoperabilidade para o câncer de pulmão (0,04 cada um)

1

 

2

 

3

 

4

 

5

 

6

 

7

 

8

 

9

 

10

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – CLÍNICA CIRÚRGICA


02

Em relação à síndrome de compressão da veia cava superior (SCVCS) responda (valor total 0,4):

    • Quais são cinco sinais clínicos identificáveis no paciente com SCVCS? (0,1)
    • Cite quatro métodos utilizados para diagnóstico definitivo (0,1)
    • Qual o tratamento adequado, baseado no diagnóstico (0,1)
    • Cite quatro cuidados anestésico-cirúrgicos que devem ser tomados, caso o paciente necessite submeter-se a algum procedimento operatório. (0,1)

a)

 

 

b)

 

 

c)

 

 

d)

 

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – CLÍNICA MÉDICA- 2006


01

Dona Sebastiana, 55 anos, procura atendimento na Unidade Básica de Saúde com queixa de cefaléia occipital, tontura, fraqueza, polidipsia e poliuria. Ao exame: Peso 85kg, Estatura 158 cm, PA: 160/110 mmHg, FC: 88 bpm. Traz com ela os seguintes exames realizados há dois dias: Triglicérides 600 mg/dl; Colesterol total 400 mg/dl, glicemia de jejum 180 mg/dl, Uréia 60 mg/dl, Creatinina 1,2 mg/dl.
a) Quais são os principais diagnósticos de dona Sebastiana? (0,1)
b) Descreva o melhor plano terapêutico para dona Sebastiana. (0,2)
c) Descreva as possíveis complicações que dona Sebastian está sujeita caso não seja tratada adequadamente. (0,1)

a)

 

 

b)

 

 

 

c)

 

 

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – CLÍNICA MÉDICA 2006


02

João Gomes, 32 anos, trabalhador braçal rural procura atendimento na Unidade Básica de Saúde com história de que enquanto dava ração para os porcos foi mordido por um deles na região do antebraço esquerdo. Isto aconteceu há dois dias. Desconhece sua situação vacinal. Ao exame: Encontra-se em bom estado geral, febril (39º C), consciente. Presença de lesão corto-contusa, em número de duas, profunda, com secreção purulenta. Fez tratamento com folha de couve. Pede-se:

  • Quais os riscos a que o João está correndo em relação a sua saúde?
  • Faça uma proposta de prevenção/tratamento para cada um desses riscos.

a)

 

 

b)

 

 

 

 

 

 

QUESTÕES DISCURSIVAS – SAÚDE COLETIVA 2006

01

Para avaliar associação entre uso de hormônios sexuais femininos e tumores cerebrais autores suecos (Wigertz A, Lonn S, Mathiesen T, Ahlbom A, Hall P, Feychting M. Am J Epidemiol. 2006) identificaram todas as mulheres de idade entre 20-69 anos que tiveram esse diagnóstico (n=293) entre 2000-2002 em 4 regiões do país. Mulheres sem esse diagnóstico (n=323) foram selecionadas nas mesmas regiões para comparação dos resultados. Os dados foram analisados por regressão logística, ajustados por idade, local de residência, escolaridade e paridade. A razão de chance calculada para tumor cerebral e uso de hormônio foi de 1,7 (IC95% 1.1-2,8). Quando o sub-grupo de mulheres que usaram hormônios sexuais de ação prolongada (implante subdérmico, injetável ou dispositivos intra-uterinos de liberação de hormônio) foi analisado separadamente a razão de chance foi de 2,7 (IC95% : 0,9-7,5). Pergunta-se:

  • Qual o tipo de delineamento do estudo epidemiológico? (0,1)
  • Quais as limitações a que estão submetidos os resultados obtidos com este delineamento de estudo? (0,1)
  • Interprete os resultados do estudo apresentados. (0,1)
  • Justifique a diferença de precisão entre as duas medidas de associação apresentadas. (0,1)

a)

 

b)

 

c)

 

 

d)

 

 


QUESTÕES DISCURSIVAS – SAÚDE COLETIVA 2006


02

Uma adolescente desconfia estar grávida. Ela comprou um produto para testar gravidez na farmácia e encontrou, na bula, os seguintes dados:

 

Resultado do teste

Condição Real

Total

Grávida

Não Grávida

 

Positivo

253

24

277

Negativo

8

93

101

Total

261

117

378

Ajude a adolescente a responder as suas perguntas.

  • A garota pergunta: “Se o teste disser que estou grávida, qual é a probabilidade de que eu esteja realmente grávida”? (0,2)
  • A garota então pergunta: “Se eu realmente não estiver grávida, qual é a probabilidade de que o teste evidenciará esse fato”? (0,2)

a)

 

 

 

b)

 

 

 

 

UNIVERSIDADE FEDERAL DE MATO GROSSO
FACULDADE DE CIÊNCIAS MÉDICAS
REVALIDAÇÃO DE DIPLOMA DE MÉDICO GRADUADO NO EXTERIOR 2006
PROVA ESCRITA REALIZADA EM 03/09/2006
QUESTÕES DISCURSIVAS – PEDIATRIA
01 RESPOSTAS:

aI) Tem grande influência no desenvolvimento cerebral (cerca de 25% do parênquima cerebral é constituído por ácidos graxos poliinsaturados de cadeia longa), em especial o ácido aracdônico e o docosa-hexanóico. Estes ácidos graxos estão em grande quantidade no leite materno e são gorduras imprescindíveis para o perfeito desenvolvimento das conexões cerebrais.

aII) Possui diversos fatores de proteção antimicrobianos destacando-se: IgA secretora, lactoferrina, lisozimas, Linfócitos B e T, neutrófilos, macrófagos, fração C3 do complemento, lactoferrina, dentre outros; que atuam em diferentes momentos e em diferentes sítios, visando a destruição de microorganismos.

aIII) Apresenta inúmeros fatores imunomoduladores como interleucina 1 e 6 e Interferon a e g, que atuam sobre a produção de outras interleucinas, sobre a quimiotaxia e ativação de macrófagos, bem como na diferenciação e potencialização dos linfócitos B e na estimulação da atividade fagocitária. 

b)

 

Leite materno

Leite de vaca

Proteínas

1,1

3,3

Lactose

7,0

4,8

Quanto às proteínas, no leite humano a caseína constitui 36% das proteínas e forma um coágulo frouxo e poroso, sendo de fácil digestão. Já no leite de vaca a caseína corresponde a 82% das proteínas e forma um coágulo mais firme, por isto o leite de vaca deve ser diluído;

A lactose por estar presente em maior quantidade no leite materno, leva a maior concentração de lactobacilos no intestino das crianças amamentadas ao seio, chegando a quase totalidade das bactérias constituidoras da flora intestinal, ficando as  enterobactérias com menos de 1%.

02 RESPOSTAS:
1

 

b) Auxograma típico de hipotireoidismo.

 

QUESTÕES DISCURSIVAS – GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA

01 RESPOSTAS:

 

02RESPOSTAS:

  1. Solicitar exames: contagem de carga viral, contagem de linfócitos CD4 e CD8, trimestralmente e hemograma e enzimas hepáticas mensalmente. Prescrever AZT, na dose de 600mg por dia, até o parto. Orientar para uso de condom. Não realizar procedimentos diagnósticos invasivos. Notificar a doença. 
  2. Prescrever AZT por via endovenosa, na dose de 2mg/Kg de peso, na primeira hora e 1mg/Kg de peso nas horas subseqüentes ao parto. No puerpério inibir a lactaçãocom Carbegolina via oral.
  3. Cesariana eletiva se carga viral desconhecida ao final da gestação ou se maior que 1.000 cópias/ml, em exame realizado após 34 semanas.

QUESTÕES DISCURSIVAS – CLÍNICA CIRÚRGICA

01

01

Derrame pleural neoplásico

02

Mestastases à distância

03

Paralisia do nervo laríngeo recurrente esquerdo

04

Infiltração vertebral que ultrapassa o forame costotransverso

05

Infiltração da parede da aorta alem da camada adventícia

06

Infiltração extensa e além da camada muscular do esôfago

07

Infiltração extensa da veia cava superior

08

Infiltração do coração, geralmente do átrio esquerdo

09

Infiltração mediastinal maciça, geralmente por invasão da cápsula dos linfonodos

10

Infiltração da carina e dos brônquios principais bilateral e simultaneamente

02 RESPOSTAS:

 

 

 

QUESTÕES DISCURSIVAS - CLÍNICA MÉDICA

RESPOSTAS:

a)

b)

c)

QUESTÃO 2

a)

b)

Informar o paciente sobre os riscos, esclarecer e estimular a prevenção de novos acidentes com a orientação sobre o uso de equipamentos de prevenção individual, bem como buscar orientações sobre higiene e segurança no ambiente de trabalho. Orientar a lavar novos ferimentos, imediatamente, com água corrente, sabão ou outro detergente. A seguir, devem ser utilizados anti-sépticos que inativem o vírus da raiva (polivinilpirrolidona-iodo, por exemplo, o polvidine ou gluconato de clorexidine ou álcool-iodado). Essas substâncias deverão ser utilizadas uma única vez. Posteriormente, lavar a região com solução fisiológica;

Como não a situação vacinal é ignorada, proceder a profilaxia do tétano acidental com administração de Vacina antitetânica (total de 3 doses com intervalo mínimo de 30 dias cada uma) e Soro antitetânico (Heterólogo) 5.000 UI via intramuscular ou Imunoglobulina humana antitetânica (homólogo) 250 UI intramuscular em dose única em local diverso da vacina .

Profilaxia para raiva. Como se trata de animal de produção e acidente considerado grave, iniciar tratamento com soro antirrábico homólogo ou heterólogo e vacina antirrábica. O soro antirrábico homólogo, deve ser utilizado na dose de 20 UI/Kg e o soro antirrábico heterólogo deve ser administrado na dose de 40 UI/Kg, em dose única, infiltrando-se a maior dose possível no local do ferimento, caso não seja possível infiltrar toda a dose o restante deverá ser aplicado na região glútea. Ao usar o soro heterólogo, pré-medicar o paciente com anti-histamínicos H1 e H2, além de corticóides para prevenção de reações de hipersensibilidade imediata. As vacinas antirrábicas indicadas são as de cultivo celular ou Fluenzalida-Palacios, de acordo com calendário vacinal recomendado.

Limpeza e debridamento com retirada de material necrótico. Iniciar antibióticoterapia, com cobertura de amplo espectro, as opções aceitáveis são: Amoxicilina + Ácido clavulânico, Oxacilina, Cefalosporina de 1ª geração ou cefoxitina..

QUESTÕES DISCURSIVAS – SAÚDE COLETIVA

Grande probabilidade de viés de informação;

02 RESPOSTAS: