USUARIO
SENHA
NÃO SOU CADASTRADO
NÃO LEMBRO A SENHA/USUÁRIO

 

OBJETIVA:
Qual das seguintes modificações pode ser considerada a principal causa da incontinência urinária:
A. distensão uretral prolongada causada de residuo urinário que aumenta progressivamente em tempo
B. formação de múltiplos cistoceles parietais da bexiga, que modificam a elasticidade do orgão
C. aumento da pressão intraabdominal causada por ptose de orgãos
D. a junção cisto-ureteral fica fora do abdômen
E. a atrofia do epitelio uretral, junto com a atrofia do musculo estriado

RECOMENDAÇÃO PARA RESUMOS: NOVAPEDIATRIA.COM.BR
DISCURSIVA:
A 1ª hora de atendimento ao paciente pediatrico em choque séptico tem alto impacto em morbi-mortalidade. Para isso, é recomendado o atendimento sistematizado, em sala de emergência.

1) Quais são, conforme o protocolo, os patrâmetros que devem ser monitorizados? 0,3 pontos

2) Após a monitorização quais são os principios basicos de atendimento? 0,2 pontos



CASO CLINICO:
Um homem de 52 anos dá entrada na Emergência referindo dor subesternal de início há cerca de 2 horas, em queimação, após esforço físico. Mesmo após ter repousado por alguns minutos a dor persistiu e resolveu então procurar o setor de Emergência. É tabagista, dislipidêmico e hipertenso, fazendo uso de atorvastatina e atenolol, 50 mg/dia. Exame físico: PA = 90 x 60 mmHg, FC = 60 bpm; lúcido, orientado, acianótico, anictérico, cabeça e pescoço sem alterações; RCR e presença de B4, pulmões limpos, abdome sem visceromegalias e membros nada digno de nota. O ECG foi realizado:

a) Qual o diagnóstico?
b) Cite os principais fatores de risco para doença cardiovascular apresentados pelo paciente.
c) Descreva o tratamento adequado para o caso.
d) Cite uma droga proscrita frente a esse caso.